Matéria

Carolina Batista

Matéria é tudo aquilo que tem massa e ocupa um lugar no espaço, ou seja, a matéria apresenta volume e massa. São exemplos de matéria: as árvores, as estrelas, o ar, uma cadeira, uma bicicleta, etc.

A matéria é formada a partir da combinação de elementos químicos, iguais ou diferentes, que são constituídos de partículas: prótons, elétrons e nêutrons.

A combinação dessas três partículas formam os átomos, que ao se unirem por ligações químicas, constituem a diversidade de materiais que conhecemos.

Diferença entre matéria, corpo e objeto

Uma parte limitada da matéria é um corpo. Quando um corpo recebe uma função específica passa a ser um objeto.

Exemplo:

tabela linha com célula com Árvore com chave inferior abaixo fim da célula seta para a direita célula com pilha Pedaço espaço de espaço madeira com chave inferior abaixo fim da célula seta para a direita célula com Cadeira com chave inferior abaixo fim da célula blank linha com Matéria blank Corpo blank Objeto blank fim da tabela

Composição da matéria: substâncias e misturas

Os diferentes tipos de materiais que existem são decorrentes das diferentes formas de organização dos átomos na matéria. A matéria pode se apresentar como uma substância ou uma mistura.

Substâncias

As substâncias puras são formadas por apenas uma espécie química e, por isso, sua composição e propriedades são fixas. Esse tipo de matéria pode ser classificada como simples ou composta.

Uma substância pura é simples quando é constituída de apenas um elemento químico, por exemplo, o oxigênio (O2) do ar que respiramos e o metal ferro (Fe).

Quando pelo menos dois elementos se unem através de uma ligação química, caracteriza-se como uma substância composta, como a água (H2O) e o gás carbônico (CO2).

Veja também: Substâncias Simples e Compostas

Misturas

Quando as substâncias puras se unem, forma-se uma mistura, pois elas mantêm suas propriedades individuais.

As misturas podem ser homogêneas e apresentar apenas uma fase, como o soro fisiológico (mistura de água e cloreto de sódio, NaCl), ou heterogêneas, em que mais de uma fase pode ser vista, como o leite (as partículas encontram-se suspensas no líquido).

Veja também: Misturas Homogêneas e Heterogêneas

Propriedades da matéria: gerais e específicas

As propriedades da matéria englobam as características comuns a todos os materiais e as peculiaridades que os diferenciam.

Propriedades Gerais da Matéria
As propriedades gerais são aquelas que se aplicam a qualquer matéria, independente da sua constituição.
  • Massa
  • Volume
  • Inércia
  • Impenetrabilidade
  • Divisibilidade
  • Compressibilidade
  • Elasticidade
  • Indestrutibilidade
  • Extensão
  • Descontinuidade

Veja também: Propriedades Gerais da Matéria

Propriedades Específicas da Matéria
As propriedades específicas são características exclusivas de determinada matéria e, por isso, pode ser vista como uma diferença das demais.
Químicas Físicas
  • Combustível
  • Oxidante
  • Corrosivo
  • Explosivo
  • Ponto de fusão
  • Ponto de ebulição
  • Solubilidade
  • Magnetismo
Organolépticas Funcionais
  • Cor
  • Sabor
  • Odor
  • Textura
  • Ácidos
  • Bases
  • Sais
  • Óxidos

Veja também: Propriedades da Matéria

Relação entre matéria e energia

A energia é utilizada para transformar ou movimentar a matéria. Portanto, aquilo que no universo não é classificado como matéria, trata-se de energia.

São exemplos de energia: energia química, energia elétrica, energia térmica, energia nuclear e energia mecânica.

A matéria se apresenta em três estados físicos: sólido, líquido e gasoso e pode sofrer uma transformação física ou química mediante uma energia aplicada.

Uma transformação física da matéria ocorre quando há passagem de um estado físico para outro, pois não há mudança em sua composição.

Por exemplo: se adicionarmos energia térmica a um cubo de gelo, o calor fará a água passar do estado sólido para o líquido.

Uma transformação química da matéria faz com que duas substâncias reajam e formem um novo material. Isso ocorre através das reações químicas, com absorção ou liberação de energia.

Por exemplo: dois gases, hidrogênio (H2) e oxigênio (O2), podem se unir e gerar a substância água (H2O).

Saiba mais sobre as transformações físicas e químicas da matéria.

Carolina Batista
Carolina Batista
Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011) e Bacharelada em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018).