Transformações físicas e químicas

Carolina Batista

As transformações que ocorrem nos materiais são classificadas em químicas e físicas.

As transformações físicas, embora sejam perceptíveis pela mudança na aparência do material, ocorrem de maneira mais passageira, não alterando intimamente a natureza da substância.

Já as transformações químicas são tão intensas que alteram a composição do material, fazendo com que a transformação produza uma substância quimicamente diferente do que se tinha no início.

Uma transformação física é diferente de uma transformação química porque: em uma transformação química novas substâncias são formadas, já a transformação física altera a forma do material, mas sua composição é a mesma.

Transformações físicas

Quando alteramos o tamanho ou a forma do material ele sofre uma mudança, mas não pode ser transformado em outro.

Olhando microscopicamente, percebemos que os átomos, íons ou moléculas passam por uma agitação ou reordenação, mas eles não são alterados.

Podemos observar isso nas mudanças de estado físico.

estados físicos da matéria

Observe que:

  • Sólido: as partículas permanecem em posições fixas, por isso o volume e forma são bem definidos.
  • Líquido: as partículas se movimentam com mais liberdade e, por isso, o líquido tem volume específico, mas a forma varia conforme o recipiente.
  • Gasoso: as partículas se movimentam em todas as direções e com grande velocidade, preenchendo todo o recipiente, por isso o volume e forma são variáveis.

O exemplo mais comum que temos para as transformações físicas são os estados físicos da água.

estados físicos da água

Ao aquecermos a água ela vaporiza, se congelarmos a água ela solidifica, e quando a colocamos na temperatura ambiente ela retorna ao estado líquido.

A água em diferentes estados tem suas moléculas rearranjadas, mas a sua composição é a mesma. Por isso, temos uma transformação física.

Transformações químicas

Novas substâncias são criadas quando a matéria passa por uma transformação química. Reagentes são transformados em produtos por meio de reações.

As reações fazem com que ligações químicas sejam quebradas ou formadas, mas os átomos que participam da reação são os mesmos, só que rearranjados.

Percebemos a ocorrência de uma transformação química por aparecimento de luz, surgimento de bolhas de um gás, formação de partículas sólidas, mudança de cor e percepção de cheiro.

Vejamos esse exemplo:

reação sódio e água

O sódio é um metal alcalino e, como característica dessa família, reage violentamente com a água.

2 Na com parêntese esquerdo reto s parêntese direito espaço subscrito fim do subscrito mais espaço 2 reto H com 2 subscrito reto O com parêntese esquerdo reto l parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço seta para a direita 2 NaOH com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço reto H com 2 subscrito com parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito

A reação entre sódio e água origina o hidróxido do metal e libera gás hidrogênio.

Mistura ou transformação química?

Nem sempre quando misturamos duas substâncias ocorre uma transformação.

Por exemplo, quando misturamos ferro e enxofre obtemos uma mistura de cor diferente das substâncias, se observadas separadamente.

Ao utilizar um ímã, conseguimos atrair o ferro e separá-lo do enxofre, devido o seu magnetismo. Ou seja, misturamos os dois, mas eles não perderam suas propriedades iniciais.

separação magnética

Entretanto, se misturarmos ferro e enxofre em uma proporção definida de 7g e 4g respectivamente, e colocarmos sob aquecimento, uma substância de cor preta é formada, trata-se do sulfeto ferroso.

Fe espaço mais espaço reto S espaço seta para a direita espaço FeS

Dessa forma, o ferro não pode mais ser separado, pois foi transformado em outra substância.

Chegamos a conclusão que: uma mistura é um fenômeno físico, já uma reação é um fenômeno químico.

Fenômenos físicos e químicos

As transformações que os materiais sofrem ao passar por alguma alteração também são chamadas de fenômenos físicos e químicos.

Vejamos esses dois exemplos:

Água e açúcar

O açúcar é um composto covalente e quando dissolvido em água as moléculas se dispersam, mas não alteram a sua identidade. Trata-se de um fenômeno físico.

Açúcar e água

Água e sal

Quando colocamos sal em água, os íons se dissociam, como demonstra a equação química:

NaCl com parêntese esquerdo reto s parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço espaço seta para a direita com reto H com 2 subscrito reto O sobrescrito espaço espaço espaço espaço Na à potência de mais com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço Cl à potência de menos com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito

Por se tratar de um composto iônico e solúvel em água, o cloreto de sódio sofre uma alteração, rompendo-se em seus íons. Trata-se de um fenômeno químico.

sal e água

Os cátions e ânions são solvatados quando o polo negativo da água envolve os íons de sódio (cátions) e o polo positivo da água envolve os íons cloreto (ânions).

Tanto a natureza quanto o ser humano são capazes de transformar os materiais. Naturalmente, a fruta apodrece e o ferro enferruja. Mas também, provocamos transformações quando fervemos a água ou assamos uma carne. Esses são exemplos de fenômenos materiais que presenciamos no nosso dia a dia.

Quiz - Transformações físicas e químicas

Agora que você já sabe diferenciar as transformações físicas e químicas, teste seus conhecimentos no Quiz a seguir:

Carolina Batista
Carolina Batista
Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011) e Bacharelada em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018).