Minerais

Carolina Batista
Carolina Batista
Professora de Química

Os minerais são substâncias sólidas homogêneas e geralmente de origem inorgânica, formadas por um ou mais elementos químicos, comumente encontrados na natureza. Rochas e solos são exemplos de materiais que apresentam minerais em sua constituição.

As principais características dos minerais são:

  • Estrutura sólida e cristalina;
  • Composição química definida;
  • Arranjo atômico ordenado.

A mineralogia é o ramo da ciência dedicado ao estudo dos minerais. Esses compostos possuem propriedades distintas, que são resultado da sua composição e estrutura química bem definidas. São exemplos de minerais: quartzo, feldspato e calcita.

Os minerais se formam na natureza por cristalização, recristalização ou ainda por reações químicas. A ocorrência dessas substâncias é influenciada pelas condições de temperatura, pressão e ambiente químico.

Exemplos de minerais

Os minerais podem ser formados por átomos de apenas um elemento químico ou por diferentes elementos. Os átomos se arranjam e formam combinações com proporções determinadas e formas geométricas definidas. Confira a seguir os principais exemplos.

Elementos nativos

São minerais formados por um único elemento químico em um estado não ionizado. São exemplos: enxofre, prata, ouro e carbono.

O enxofre (S) é um mineral formado por átomos unidos por ligações covalentes em uma estrutura octaédrica (S8). Apresenta cor amarela ou amarela-esverdeada e pode ser encontrado em vulcões ativos ou extintos.

Enxofre
Enxofre

A grafita é constituída de átomos de carbono (C) ligados em uma rede hexagonal. Essa forma natural de carbono cristalino apresenta brilho metálico e cor de acinzentada a metálica. Pode ser encontrada em rochas metamórficas e ígneas.

Carbono grafita
Grafita

Sulfetos

Os sulfetos são formados basicamente pelo ânion sulfeto (S2-) e cátions de metais. São exemplos: galena e pirita.

A galena é um mineral de sulfeto de chumbo (PbS), formado por 86,6% de chumbo (Pb) e 13,4% de enxofre (S). Apresenta brilho metálico e aparência prateada por causa da sua cor cinza-chumbo. Pode ser encontrado em rochas sedimentares e metamórficas.

Galena minério de chumbo
Galena

A pirita é um mineral de dissulfeto de ferro (FeS2), formado por 53,4% de enxofre (S) e 46,6% ferro (Fe). Por causa da sua aparência, com brilho metálico e cor amarelo-latão, ela é conhecida como ouro dos tolos. É comumente encontrada em rochas sedimentares, mas pode fazer parte de rochas ígneas e depósitos metamórficos.

Pirita: o ouro dos tolos
Pirita

Sulfatos

Os sulfatos são formados basicamente pelo ânion sulfato (S O com 4 subscrito à potência de 2 minus sign) e cátions de metais. São exemplos: barita e anidrita.

A barita é um mineral de sulfato de bário (BaSO4), formado por 34,4% de trióxido de enxofre (SO3) e 65,7% de óxido de chumbo (PbO). Sua aparência é de um brilho vítreo e uma cor esbranquiçada. Pode ser encontrada em rochas sedimentares e veios de calcário.

Barita
Barita (reprodução: Wikimedia Commons)

A anidrita é um mineral de sulfato de cálcio (CaSO4), formado por cálcio (Ca) e sulfato. Sua aparência é de uma massa clara, que vai do branco ao cinza, semelhante ao gesso. Pode ser encontrada em veios hidrotermais e revestindo formações salinas.

Anidrita
Anidrita (reprodução: Rob Lavinsky, iRocks.com)

Silicatos

São minerais que apresentam espécies químicas formadas pelos elementos oxigênio (O) e silício (Si), como SiO2 e SiO5, combinadas com outros elementos químicos. São exemplos: quartzo e cianita.

O quartzo, formado por dióxido de silício (SiO2), é um dos minerais mais conhecidos e utilizados. Esse material é de cor esbranquiçada e brilho vítreo, mas pela presença de impurezas pode também apresentar outras cores.

Quartzo
Quartzo

A cianita (Al2SiO5), formada por 62,92 % de óxido de alumínio Al2O3 e 37,08 % dióxido de silício (SiO2), é extraída de rochas aluminosas e utilizada na confecção de porcelanas refratárias. Esse mineral apresenta aparência transparente e diversas cores, como azul, cinza e verde.

Cianita
Cianita

Saiba mais sobre os metais.

Classificação dos minerais

Quanto à composição, os minerais são classificados em metálicos e não metálicos. Os minerais metálicos apresentam metais, como ferro, magnésio e alumínio em sua composição, e por isso são bons condutores de eletricidade e calor.

Os minerais não metálicos apresentam apenas elementos químicos não metálicos em sua composição. Por exemplo, o diamante é constituído do elemento químico carbono.

O agregado de um mais minerais formam as rochas. Esses minerais são classificados em:

  • Mineral essencial: geralmente é encontrado em maior quantidade e caracteriza o tipo de rocha.
  • Mineral acessório: caracterizam condições especiais de cristalização.
  • Mineral secundário: unem-se às rochas depois de formada.

Os minerais estratégicos são aqueles utilizados em indústrias e explorados economicamente como matéria-prima para produção de bens de consumo.

Saiba mais sobre o Reino Mineral e sobre os Tipos de Rochas.

Os minerais na alimentação

Os alimentos são classificados de acordo com sua origem em vegetal, animal e mineral. Os minerais mais conhecidos estão na forma de sais. Os sais minerais importantes para o funcionamento do nosso organismo são:

  • Cálcio
  • Ferro
  • Magnésio
  • Fósforo
  • Potássio
  • Sódio
  • Zinco
  • Manganês

Leia também sobre alimentos de origem mineral.

Carolina Batista
Carolina Batista
Bacharela em Química Tecnológica e Industrial pela Universidade Federal de Alagoas (2018) e Técnica em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (2011).