Petróleo


O petróleo é encontrado no fundo dos oceanos, bem como no solo, em rochas sedimentares. Petróleo, do latim petroleum, é a união das palavras petrus (pedra) e oleum (óleo) que significa literalmente óleo de pedra.

Dentre os primeiros colocados na produção de petróleo a nível mundial estão a Rússia, a Arábia Saudita e os Estados Unidos; o Brasil também representa um papel bastante significativo nesse setor, ocupando ao longo dos anos, por volta da décima colocação.

Composição Química

O petróleo é uma substância natural composta por vários componentes orgânicos, especialmente, hidrocarbonetos, ou seja, moléculas de carbono e hidrogênio.

Em estado natural, o petróleo é composto por: base parafínica, base naftênica e base aromática, porém, a predominância de alguma dessas substâncias encontradas na composição do petróleo varia conforme a sua procedência, de modo que o petróleo pode ser classificado em: parafínico, naftênico, misto - mistura de parafínico e naftênico ou aromático.

Após refino - processo de limpeza que transforma o estado natural do petróleo, surgem os seus derivados, dos quais falaremos mais adiante.

O petróleo é oleoso, inflamável e, pelo fato de apresentar uma cor escura e ser uma das principais fontes de energia a nível mundial, é conhecido como ouro negro.

Quer entender ainda mais? Leia também:

Origem do Petróleo

O petróleo é produzido pela pressão da água, donde os fitoplânctons se transformam em petróleo, num processo que demora anos. Nesse sentido, é importante destacar que, segundo estudiosos, uma jazida de petróleo pode levar entre dez e quatrocentos milhões de anos para se constituir.

Muitas teorias giram em torno de sua origem, contudo, a mais aceita é de que o petróleo é oriundo da sedimentação de matéria orgânica (animal e vegetal) depositada no fundo dos mares e oceanos, durante milhões de anos.

A descoberta do primeiro poço de petróleo ocorreu nos Estados Unidos, no ano de 1859, enquanto que no Brasil, foi descoberto na Bahia, em 1939. Todavia, pesquisadores afirmam que a substância já era utilizados por povos antigos da Mesopotâmia, Egito, Pérsia e China para fins de pavimentação, iluminação, lubrificantes, dentre outros.

Saiba mais, leia também:

Derivados do Petróleo

O petróleo é matéria prima de muitos combustíveis, produtos, óleos, a saber: gasolina, gás liquefeito de petróleo (GLP), gás natural, querosene, óleo diesel, nafta petroquímica, solventes, asfalto, dentre outros. Vejamos alguns:

Gasolina

A gasolina é um dos subprodutos do petróleo utilizada, em sua maioria, como combustível para veículos. É um produto líquido, volátil e inflamável, composta por mais de 400 hidrocarbonetos. São classificadas em gasolina comum, aditivada e premium, diferenciadas pela qualidade e melhor aproveitamento.

Gás Liquefeito de Petróleo (GLP)

Popularmente conhecido como o gás de cozinha, o GLP além de ser utilizado como combustível doméstico, é também produto de alguns combustíveis industriais e aerossóis. É composto de hidrocarbonetos, propano, butano, propeno e buteno e encontrado em temperatura ambiente no estado gasoso.

Querosene

Chamado popularmente de óleo de parafina, o querosene é produzido pelo processo de destilação de petróleo, sendo um produto intermediário entre a gasolina e o óleo diesel. Composto de hidrocarbonetos é utilizado como combustível doméstico (iluminação) e de aviação, solventes, produto de limpeza, dentre outros.

Óleo Diesel

Subproduto do petróleo, o óleo diesel é uma substância inflamável, viscosa, volátil e tóxica, composta, em grande parte de hidrocarbonetos. É utilizado como combustível industrial, de veículos e embarcações marítimas, além de ser empregado na produção de energia elétrica.

Nafta Petroquímica

A nafta petroquímica é um composto proveniente do petróleo, de aspecto incolor e utilizada principalmente, como matéria-prima básica para a produção de plástico, borracha, solventes e combustível.

Asfalto

Derivado do petróleo por meio do processo de evaporação ou destilação, o asfalto é uma substância sólida, escura, constituída de hidrocarbonetos, no qual o betume corresponde ao elemento ativo do asfalto o que lhe confere a propriedade impermeabilizante e aglutinante. É utilizado desde a antiguidade e, atualmente o asfalto é empregado na pavimentação de estradas, como impermeabilizante, fabricação de tintas e baterias eletroquímicas, dentre outros.

Leia também sobre o Acetileno.

Exploração e extração do Petróleo

O processo é iniciado com a prospecção, com o conhecimento do terreno. Somente após um estudo detalhado é feita a perfuração e através de bombas de extração o óleo é sugado das jazidas. Se a pressão do gás é suficiente para expelir a substância, não se inclui as bombas de sucção, colocando-se apenas uma tubulação para a extração do petróleo bruto.

No mar, são utilizadas bombas em plataformas marítimas de vários tipos - que diferem de acordo com a profundidade dos poços, com o seu posicionamento, entre outros.

Por conseguinte, a substância é levada para as refinarias, a fim de separá-lo em vários componentes, que por sua vez serão transformados em vários produtos derivados do petróleo.

Petróleo no Brasil

A primeira descoberta de Petróleo no Brasil ocorreu nas proximidades da capital baiana, Salvador, no ano de 1939, próximo ao Recôncavo Baiano. Entretanto, a primeira sondagem em busca de petróleo no país, foi realizada no interior do estado de São Paulo, na cidade de Bofete, no final do século XIX, por iniciativa Eugênio Ferreira de Camargo, sendo que o resultado demonstrou o insucesso do trabalho, ao jorrar somente água sulfurosa.

Pouco antes da descoberta de petróleo nas terras brasileiras, em 1932, foi instalada a primeira refinaria de petróleo do país, denominada Refinaria Rio-grandense de Petróleo, em Uruguaiana (RS), a qual utilizava petróleo importado de outros países.

A Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro, é a principal região petrolífera do país desde 1976, ano em que a Petrobras confirma a presença de petróleo na região. Nessa região se localiza a cidade de Macaé, principal produtora de petróleo do Brasil e, por isso, conhecida como Capital Nacional do Petróleo.

A Petrobras e o Pré-Sal

A Petrobras, criada em 1953, no governo de Getúlio Vargas, é uma empresa brasileira com atuação na área petroleira e está entre as maiores empresas petrolíferas do mundo.

Para saber mais leia também o artigo: A História da Petrobras.

O Pré-sal, descoberto em 2007, corresponde a uma camada de rochas com potencial acúmulo de petróleo que se estende abaixo de uma camada de sal. Localizada a 7 mil metros abaixo do nível do mar é encontrada em grande parte no litoral brasileiro, numa área correspondente a 200 quilômetros de largura e 800 quilômetros de extensão, abrangendo, assim, desde o estado do Espírito Santo até Santa Catarina.

A produção do Pré-Sal, recorde do desempenho da Petrobras, pode beneficiar significativamente o Brasil, cuja expectativa de crescimento torna o país o maior produtor mundial de petróleo.