Biomassa

Lana Magalhães

Biomassa é toda matéria orgânica, de origem vegetal ou animal, utilizada na produção de energia.

Ela é obtida através da decomposição de uma variedade de recursos renováveis, como plantas, madeira, resíduos agrícolas, restos de alimentos, excrementos e até do lixo.

O Brasil possui situação privilegiada para produção de biomassa em larga escala, pois existem extensas áreas cultiváveis e condições climáticas favoráveis ao longo do ano.

Vantagens e Desvantagens da Biomassa

Por ser uma fonte de energia renovável, por meio da intervenção humana adequada, a biomassa é uma alternativa viável para a substituição dos combustíveis fósseis e poluentes, como o petróleo e o carvão, por exemplo.

Além disso, a biomassa é comumente utilizada em usinas termelétricas para gerar eletricidade. No Brasil, cerca de 9% da energia elétrica produzida é gerada a partir de biomassa.

Em resumo, as suas vantagens incluem:

  • Alternativa de energia renovável;
  • Baixo custo;
  • Baixa emissão de gases poluentes;
  • Produzida a partir de uma grande variedade de materiais.

Apesar de suas vantagens, a produção de biomassa por comprometer a conservação das florestas e originar novas áreas desmatadas. Existe ainda a dificuldade logística de armazenar os seus resíduos sólidos.

Dentre as principais desvantagens da biomassa podemos citar:

  • Eficiência reduzida;
  • Biocombustíveis líquidos podem emitir enxofre e contribuir com o fenômeno da chuva ácida
  • Pode resultar em impactos ambientais em florestas;
  • Elevado custo financeiros de equipamentos;
  • A queima da biomassa é relacionada com aumento de casos de doenças respiratórias;
  • Dificuldade de armazenar a biomassa sólida.

Fontes de Biomassa

A renovação da biomassa ocorre através do ciclo do carbono. A queima de biomassa ou de seus derivados, liberam o CO2 na atmosfera. As plantas, através da fotossíntese, transformam esse CO2 em hidratos de carbono, resultando na liberação de oxigênio.

Ciclo de biomassa
Ciclo de produção de biomassa

Entre os principais produtos agrícolas usados como fonte energética alternativa geradora da biomassa encontra-se a cana de açúcar, que é aproveitada para a produção de álcool.

O bagaço da cana de açúcar, a casca do arroz, da castanha e do coco também são utilizados para gerar energia para as caldeiras. No Brasil, o bagaço da cana de açúcar é o principal recurso potencial para geração de energia elétrica.

A mandioca, os amidos, os óleos vegetais (dendê, babaçu, mamona etc.) e a celulose, entre muitos outros materiais, que podem ser utilizados para a produção de combustíveis para os motores.

Os dejetos urbanos, industriais e agropecuários são matérias orgânicas que podem ser transformadas em biogás, usado da produção de energia nas residências, na indústria, nos motores, com alto poder calorífico, semelhante ao gás natural.

A queima da madeira ainda é bastante usada na indústria, para geração de energia. As indústrias são as principais consumidoras de energia da biomassa no Brasil.

O aproveitamento da biomassa ocorre por três procedimentos principais:

  • Combustão direta: podem ainda envolver outros processos físicos como secagem, corte e quebra.
  • Processos termoquímicos: gaseificação, pirólise, liquefação e transesterificação;
  • Processos biológicos: digestão anaeróbia e fermentação.

Produtos derivados da biomassa

Os principais produtos derivados da biomassa são:

Biogás

O biogás é um gás metano obtido juntamente com o dióxido de carbono, resultado da decomposição de materiais como resíduos alimentares, esgoto e excrementos. Ele é obtido em digestores.

Etanol

O etanol é extraído do caldo da cana de açúcar, da beterraba e do milho. No caso da cana de açúcar, cerca de 28% do material é transformado em bagaço e pode ser aproveitado para geração de energia.

Etanol celulósico

O etanol celulósico é obtido por dois processos. Em um deles a biomassa é formada basicamente por moléculas de celulose, é submetida ao processo de hidrólise enzimática. O outro é formado pela gaseificação, fermentação e destilação.

Biodiesel

O biodiesel é obtido de óleos vegetais como a mamona, o dendê, a soja etc. É um produto natural e biodegradável com baixo teor poluente, usado como combustível e na produção de energia.

Carvão vegetal

O carvão vegetal é resultado da carbonização da lenha. Nesse caso, para evitar impactos ambientais é importante conhecer a origem da madeira, pois boa parte dela é originária de matas nativas.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.