Romantismo no Brasil

Daniela Diana

O Romantismo no Brasil teve como marco inicial a publicação do livro de poemas de Gonçalves de Magalhães (1811-1882), intitulado "Suspiros poéticos e saudades", em 1836.

Além dessa obra, a Revista Niterói, publicada nesse mesmo ano em Paris, também foi precursora do movimento romântico na Brasil.

Esse período é caracterizado por manifestações culturais, artísticas e literárias iniciadas na Europa no século XVIII.

Principais Características

Iracema
Iracema (1884) de José Maria de Medeiros (1849-1925)

As principais caraterísticas da literatura romântica no Brasil são:

  • Rompimento com a tradição clássica;
  • Amor platônico, idealismo;
  • Idealização da mulher;
  • Subjetivismo e egocentrismo;;
  • Indianismo (tema do índio);
  • Nacionalismo e ufanismo;
  • Culto à natureza;
  • Sentimentalismo exacerbado;
  • Maior liberdade formal;
  • Religiosidade;
  • Evasão e escapismo.

Gerações Românticas

O Romantismo no Brasil está dividido em três fases:

1ª Fase Romântica

As características da primeira geração romântica é o Nacionalismo e o Indianismo.

Aqui os escritores exploram temas como: natureza, sentimentalismo, religiosidade, ufanismo, nacionalismo.

Nesse sentido, o indianismo, expressa uma das buscas aos temas nacionais, visto que o Brasil havia conquistado sua independência pouco antes, em 1822.

Interessante notar que nessa fase, os autores buscam um retorno ao passado histórico bem como ao medievalismo.

Nesse momento, merecem destaque os autores:

Leia mais:

Iracema de José de Alencar
Canção do Exílio de Gonçalves Dias

2ª Fase Romântica

Conhecida como a geração do “Mal do Século” ou “Ultrarromântica”, a segunda geração romântica foi profundamente influenciada pela poesia do inglês George Gordon Byron, (1788-1824). Por isso, é muitas vezes chamada de geração “Byroniana”.

Marcada por aspectos negativos, a poesia desse período romântico é permeada dos temas: egocentrismo, negativismo, pessimismo, dúvida, desilusão, boêmia, exaltação da morte e fuga da realidade.

No Brasil, os principais escritores dessa geração foram:

3ª Fase romântica

Chamada de “Geração Condoreira”, a terceira geração romântica é caracterizada pela poesia libertária e social.

Com isso, o período está associado ao condor, águia da cordilheira dos Andes, com o intuito de revelar sua mais importante característica: a liberdade.

Vale lembrar que essa geração sofreu muita influencia do escritor francês Victor-Marie Hugo (1802-1885), daí ser conhecida também como geração “Hugoana”.

No Brasil, seus principais representantes foram:

Leia mais:

O Navio Negreiro de Castro Alves
Poesia Social

Curiosidade

A prosa romântica brasileira foi marcada pelos estilos dos textos, não por gerações, como aconteceu com a poesia. Alguns estilos que se destacaram são:

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.