Acádios

Juliana Bezerra

Os acádios representam um dos povos da antiguidade que habitaram a região da Mesopotâmia.

Note que diversas civilizações se desenvolveram na região do Crescente Fértil, entre os rios Tigre e Eufrates.

Assim, além dos acádios, habitaram o local os sumérios, assírios, caldeus, hititas e amonitas.

História: Resumo

Os sumérios foram os primeiros povos antigos a habitarem a região da Mesopotâmia. Depois deles, chegaram os acádios cerca de 2550 a.C., provavelmente do norte da Síria.

Os acádios estavam em busca de terras férteis e receberam esse nome devido a cidade mais importante do império: Acad. A capital do império ficou conhecida como Acádia (atual Iraque).

Sob a liderança do Rei Sargão I (2334-2279 a.C.), os acádios, um povo semita e seminômade, dominaram os sumérios conquistando a região da Mesopotâmia entre 2550 a.C. e 2300 a.C..

Anos mais tarde, o rei acádio unificou as cidades-estados sumérias, criando assim, o “Primeiro Império Mesopotâmico” (desde o Golfo Pérsico até o norte da Mesopotâmia) que também ficou conhecido pelo nome: civilização sumério-acadiana.

Entretanto, revoltas internas e diversas invasões estrangeiras inviabilizaram a permanência do Império Acádio, que depois de dois séculos, acabou desaparecendo por volta de 2100 a.C.. Assim, eles foram dominados pelos Guti, povo originário dos montes Zagros (fronteira entre o Irã e o Iraque).

Principais Características

Cultura

A cultura dos acádios está baseada na construção das cidades, com a presença de imponentes templos e palácios. No geral, a arte acadiana contemplava os deuses e os animais. A escrita desse povo era cuneiforme, os quais transcreveram diversas obras literárias dos sumérios.

Religião

A religião da maior parte dos povos da Mesopotâmia era baseada no politeísmo, ou seja, culto de diversos deuses. Curioso notar que, mesmo após a morte do rei ele era cultuado como um Deus. Assim, os acádios acreditavam que o rei era um representante direto dos deuses.

Política

O rei era a figura que controlava a maior pare dos assuntos jurídicos e políticos do império. Sob um estado centralizado, os acádios lutavam pela permanência do império com diversas campanhas militares, e que ficou enfraquecido após a morte do rei.

Economia

A base da economia da acádia era a agricultura, favorecida pelas cheias dos rios tigre e Eufrates, na qual enriquecia o solo da região. Na época não existia moeda e, portanto, alguns produtos eram utilizados como moeda de troca, por exemplo, os metais e a cevada.

Saiba mais sobre o tema lendo os artigos:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.