Povos da Mesopotâmia

Juliana Bezerra

Os povos da Mesopotâmia foram constituídos por dois grupos principais, os sumérios e os acádios há cerca de 3 mil anos a.C.

No entanto, também fazem parte da civilização mesopotâmica os amoritas, caldeus, hebreus e hititas.

A partir deles se formaram os reinos que se aglutinaram nos impérios que ficaram conhecidos como Primeiro Império Babilônico e Segundo Império Babilônico.

Sumérios

Povo sumério
Exemplo de selo sumério com a escrita cuneiforme

Os sumérios eram os responsáveis pelos primeiros templos e por palácios monumentais. Também foram os responsáveis pelas primeiras cidades-estado e partiu desse povo a elaboração da escrita no período compreendido entre 3,1 mil e 3 mil anos a.C.

Os registros apontam sinais da escrita pictográfica, que utiliza desenhos em lugar de símbolos fonéticos e pode ser lida em qualquer idioma. Por exemplo, um pictograma de uma flecha vai representar sempre o mesmo.

Mais tarde, os sinais foram adaptados para representar os sons fonéticos. Embora não tenham sido os primeiros a buscar a representação gráfica das palavras e sons, os sumérios influenciaram de maneira significativa a escrita atual.

A língua suméria é considerada um aglutinador de linguagem e não tem relação com qualquer outro idioma. Estudiosos apontam uma relação da língua suméria com os idiomas falados no norte da Índia, mas as comprovações ainda são base de pesquisa.

Entre as muitas invenções dos sumérios estão os selos cilíndricos, confeccionados em argila molhada e usados para identificar envelopes, cerâmicas e tijolos. A invenção demonstra a clara necessidade de organização dentro das grandes cidades.

Os selos traziam a necessidade de confirmação de encomendas e o controle do crescimento geográfico e econômico dos centros urbanos.

A origem dos sumérios é desconhecida. Esse povo não foi o primeiro a habitar a Mesopotâmia e não estava lá há 4 mil anos a.C. A agricultura, por exemplo, não foi descoberta por eles, mas adaptada, bem como as técnicas de domesticação de animais.

Embora não a tenham inventado, os sumérios foram os primeiros a utilizar instrumentos confeccionados em metal para o manuseio agrícola. Igualmente, aperfeiçoaram técnicas de plantio, como o arado e aprenderam a trabalhar o couro.

Acádios

Império Acádio
A constituição do Império Acádio provocou a unificação de várias cidades-estado na Mesopotâmia

Os acádios eram um povo seminômade que vivia no oriente da Mesopotâmia. Seus movimentos migratórios eram definidos pela busca de pastos para seus animais e pelas estações do ano.

Os principais registros escritos em relação aos acadianos, que eram analfabetos, foram deixados pelos sumérios. A presença dos acadianos na Mesopotâmia ocorre em consonância com os sumérios.

Os sumérios, contudo, foram dominados pelos acadianos, que conquistaram a Mesopotâmia entre 2550 a.C. e 2300 a.C., sob a liderança do rei Sargão I.

Os acádios dominavam instrumentos bélicos sofisticados para a época, como o arco e flecha, além de lanças e obtiveram êxito contra os sumérios.

Tendo a Mesopotâmia sob domínio, os acádios formaram o primeiro império da região, e reinaram até 2150 a.C., quando o povo de origem asiática, os Guti, os conquistaram.

O domínio da Mesopotâmia foi retomado pelos sumérios, posteriormente, mas disputas internas enfraqueceram o reino, que foi tomado pelos amonitas em 2000 a.C.

Amonitas

Código de Hamurabi
Aspecto do Código de Hamurabi que se encontra no Museu do Louvre, em Paris

Os amonitas se estabeleceram na região centro-sul da Mesopotâmia e, sob o comando de Hamurábi, fundaram o Primeiro Império Babilônico.

Hamurábi conseguiu conquistar toda a baixa Mesopotâmia a partir de 1792 a.C. e somente no século 18 a.C. a região foi unificada.

Desta maneira, Hamurábi passa a estabelecer regras sociais e econômicas e elabora as leis que ficaram conhecidas como o Código de Hamurabi.

Além do rígido código de conduta, o Império Babilônico foi marcado pelo apogeu da economia da região. Havia, contudo, limites que prejudicavam o sistema, como o fato de os cargos serem hereditários e a existência da escravidão.

A profissionalização do exército e o desenvolvimento da economia mercantil também pressionaram para os problemas internos que derrubariam o reino a partir de 1800 a.C.

Os primeiros a conquistarem o império foram os hititas. Entre suas marcas estava a utilização de cavalos para aparelhar o exército.

Assírios

Povo assírio
Detalhe do relevo que mostra o rei Assurbanípal caçando um leão

Os assírios se estabeleceram primeiro ao norte da Mesopotâmia, na região conhecida como Assur e Nínive, por volta de 2,5 mil a.C. Esse povo, contudo, iniciou a partir de 883 a.C. correntes migratórias.

Eram guerreiros e passaram a dominar a fabricação de armas bélicas. Na batalha eram considerados velozes e saqueavam os povos conquistados. A crueldade estava entre suas características.

O império dos assírios chegou à Síria, à Fenícia, à Palestina e ao Egito Antigo entre os séculos 8 e 7 a.C. Por serem muito cruéis com os povos conquistados, provocavam revoltas e em 612 a.C., os caldeus e os medos os derrotaram iniciando o Segundo Império Babilônico.

Caldeus

Caldeus
O rei dos caldeus, Nabucodonosor, contempla parte dos seus domínios, numa imagem atual

Não se sabe ao certo a origem dos caldeus, no entanto sua história se confunde com a da Babilônia por terem dominado aquela cidade durante muito tempo.

Desenvolveram a astrologia e a matemática a tal ponto que os romanos usavam a palavra "caldeu" como sinônimo para esses estudiosos.

O império dos caldeus foi marcado pelo domínio de Nabucodonosor, que em 586 a.C. escravizou os judeus e os levou para a Babilônia como escravos.

Este rei também foi o responsável pela reconstrução da Babilônia transformando-a numa imponente cidade.

Hebreus

Moisés e os Dez Mandamentos
A figura de Moisés e suas leis foram fundamentais para unificar os hebreus

Os hebreus são um povo semita de origem hebraica descendentes dos patriarcas descritos pela Bíblia como Abraão, Isaac e Jacó.

Monoteístas, os hebreus se organizaram através das leis ditadas por Moisés e influenciaram as religiões judaica, cristã e islâmica.

Eram semi-nômades e foram escravizados em vários momentos da história, inclusive sob o reinado de Nabucodonosor e também pelos egípcios.

Posteriormente, os hebreus se fixam em Israel e serão expulso dali pelos romanos no ano de 135.

Hititas

Povo hitita
Aspecto das ruínas de Hattusa, capital do Império Hitita

Os hititas integram uma civilização antiga indo-europeia surgida entre 2 mil anos a.C. e 1.340 a.C. Seriam originários da região do mar Morto.

Formaram uma grande potência no Oriente Médio. Eram politeístas e acreditavam que o rei, em vida, era uma espécie de segundo deus.

A divindade era dividida com as funções de príncipe, líder militar e juiz. Quando morria, o rei se tornava o próprio deus.

Entenda mais sobre este assunto:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.