Argônio


O argônio é um elemento químico com símbolo Ar, número atômico 18, massa atômica 40 e pertencente ao grupo 18 (VIIIA) da tabela periódica.

É o gás nobre mais abundante da Terra, estima-se que compreenda 0.93% do volume de gases presentes na atmosfera.

Características químicas do argônio
Características químicas do Argônio

Características

Em 1785, Henry Cavendish ao verificar a composição do ar notou a presença de um outro elemento com características semelhantes ao do nitrogênio, porém, com a diferença de não sofrer reação química e maior densidade. Naquele momento, já imaginou que tratava-se de um novo elemento químico.

Somente em 1894, os cientistas Rayleigh e Ramsey isolaram o argônio a partir da destilação do ar líquido, confirmando as suas características e o nomeando com base em sua característica de não reagir quimicamente.

Por isso, o seu nome deriva do grego árgon que significa inativo ou preguiçoso, isso porque é pouco reativo. Assim, diz-se que apresenta inércia química.

Em temperatura ambiente, o argônio encontra-se no estado gasoso, caracterizando-se por ser um gás incolor, inodoro e insípido.

Em condições naturais, é obtido através do isótopo de 40K (Potássio), o qual desprende-se e migra para a atmosfera. Em escala industrial, pode ser obtido por liquefação e destilação fracionada do ar.

Uma característica interessante é que o isótopo 40K ao ser transmutado para o argônio pode ser utilizado para estimar a idade da Terra, o que é conhecido por datação potássio-argônio.

Saiba mais, leia também:

Aplicações

O argônio apresenta diversos usos, dos quais destacam-se:

  • Enchimento de lâmpadas fluorescentes;
  • Conservação de materiais oxidáveis, como algumas peças de museus. Pelo fato de ser inerte, o argônio evita que o material sofra corrosão;
  • Componente de extintores de incêndios, usado especialmente no caso de materiais mais delicados como materiais fotográficos e acervos de museus;
  • Constitui a atmosfera protetora e inerte para a produção de soldas;
  • Usado para inflar airbags de automóveis;
  • Lasers medicinais, especialmente os utilizados em cirurgias dos olhos.