Gases Nobres


Os gases nobres, também chamados de "gases raros", compõem os elementos do grupo 18 (família 8A) da tabela periódica.

A principal característica dos gases nobres é a dificuldade que eles possuem de se combinar com outros átomos.

Quais são os Gases Nobres?

No total são 7 gases nobres:

  • hélio (He)
  • neônio (Ne)
  • argônio (Ar)
  • criptônio (Kr)
  • xenônio (Xe)
  • radônio (Rn)
  • ununóctio (Uuo)

Características dos Gases Nobres

  • Todos são gasosos
  • Possuem baixa reatividade
  • Apresentam fraca atração interatômica
  • Possuem baixo ponto de fusão e ebulição
  • Os orbitais dos níveis de energia são completos: 8 elétrons na última camada (camada de valência), exceto o Hélio

Hélio (He)

Do grego "helius" corresponde ao sol uma vez que esse elemento foi visto pela primeira vez no sol. Muito comum ver balões cheios de gás hélio sendo que sua característica principal é a leveza do gás o que faz com que os balões soltos subam. É o único gás nobre que segundo a Teoria do Octeto, não possui 8 elétrons na camada de valência, e sim 2.

Neônio (Ne)

Do grego "Neos" significa novo uma vez que a descoberta do gás Neônio, em fins do século XIX, foi novidade para os cientistas que acreditavam na inexistência de novos elementos químicos. Sua coloração laranja-avermelhada é muito utilizada em letreiros e por isso utilizamos a expressão neon.

Argônio (Ar)

Do grego "Argos" significa preguiçoso, inativo visto que esse gás possui baixa reatividade. Muito utilizado em extintores, lâmpadas e letreiros luminosos nas cores azul ou vermelho.

Criptônio (Kr)

Do grego "Krípton" significa oculto justamente por ser difícil de encontrá-lo na atmosfera. Utilizado em lâmpadas, lasers e projetores.

Xenônio (Xe)

Do grego "Xénos" significa estranho. Esse gás é utilizado em lâmpadas ultravioletas, faróis de carro, flashes de câmeras fotográficas, plasma de televisores e anestésicos.

Radônio (Rn)

O Radônio recebe esse novo devido a sua radioatividade. Por esse motivo, esse gás é utilizado em alguns tratamentos de câncer, a radioterapia.

Ununóctio

O nome Ununóctio vem do latim, "um, oito, oito" devido ao número atômico desse elemento, ou seja, 118. O Ununóctio foi descoberto em 2006 sendo, portanto, o último elemento químico sintetizado em laboratório.

Leia também:

Curiosidades

  • A denominação “gás nobre” refere-se àquele gás raro, incomum.
  • O Argônio está presente em maior quantidade que outros gases raros.
  • Depois do hidrogênio, o hélio é o elemento mais abundante no universo.