Composição do ar

O ar é composto pelos seguintes gases: nitrogênio, oxigênio, argônio e gás carbônico. Além deles, gases nobres, vapores de água e poeiras também entram na composição do ar atmosférico.

O que é ar?

Ar é uma combinação de gases, vapor de água e poeiras que formam a atmosfera. Essencial para a nossa sobrevivência, o ar que respiramos tem peso e ocupa lugar no espaço, mas não têm cheiro e nem cor.

A composição do ar atmosférico compreende principalmente a mistura homogênea de 4 gases, os quais apresentam os seguintes volumes: nitrogênio (78,09%), oxigênio (20,95%), argônio (0,93%) e gás carbônico (0,03%).

Elementos que compõem o ar

Nitrogênio (N2)

O nitrogênio é o gás mais abundante na atmosfera. No entanto, apesar de ser indispensável para a nossa vida, ele não pode ser utilizado pelas pessoas por si só.

Pessoas e plantas só conseguem usufruir do nitrogênio através das bactérias, o que é possível graças ao ciclo do nitrogênio. Esse ciclo compreende quatro momentos: fixação, amonização, nitrificação e desnitrificação.

Oxigênio (O2)

O oxigênio, embora esteja em menor quantidade no ar que respiramos, é essencial para a vida dos seres vivos, uma vez que é responsável pela respiração dos seres aeróbicos, os quais dependem do oxigênio para viver.

Argônio (Ar)

O argônio é o gás nobre mais abundante no ar atmosférico. Esse gás é utilizado principalmente em equipamentos de iluminação e na conservação de materiais que enferrujam.

Gás carbônico (CO2)

O gás carbônico, ou dióxido de carbono, que é liberado no momento da respiração em que expiramos, também está presente na fotossíntese. A fotossíntese é um processo que garante a vida dos seres vivos, porque além de renovar o ar, conduz a energia química nos ecossistemas.

Gases nobres

A presença dos gases nobres na atmosfera é muito pequena, de modo que dizemos que esses são gases residuais na composição do ar.

Os gases nobres que compõem o ar, com os respectivos volumes, são: néon (0,002%), hélio (0,0005), criptônio (0,0001), xenônio (0,00009) e hidrogênio (0,00005).

Vapor d’água

O vapor d’água, componente variável na composição do ar, indica a presença da umidade no ar atmosférico, que garante a regulação da temperatura na Terra.

A umidade relativa do ar é de extrema importância para a saúde dos seres vivos que, sem ela, estão sujeitos a vários problemas de saúde.

Vale notar que o vapor d'água dá origem às nuvens e, consequentemente, à chuva, tão importante para o ambiente.

Poeira

A poeira que compõe o ar consiste no material sólido suspenso presente na atmosfera e também é um componente variável. Isso porque a sua presença na composição do ar depende de fatores tal como as condições climáticas.

As poeiras podem ser bastante prejudiciais porque podem inaladas e causar danos às vias respiratórias.

Para você entender mais sobre o ar:

A importância do ar

Propriedades do ar