Artes cênicas

Laura Aidar
Escrito por Laura Aidar
Arte-educadora e artista visual

É denominada arte cênica toda a produção performática realizada em um local determinado e onde haja público espectador.

Esse lugar pode ser tanto um palco italiano (em que a plateia fica de frente para a apresentação), um palco de arena ou semiarena, um palco improvisado ou mesmo um local público, como praças e ruas.

As linguagens artísticas que compõem as artes cênicas são o teatro, a dança, circo e ópera.

Como é a formação do artista cênico?

A pessoa que trabalha com qualquer tipo de arte cênica necessita ter grande consciência corporal, pois é essa sua ferramenta de expressão artística.

Assim, é por meio dos movimentos, entonação da voz, postura e atitude gestual que os artistas comunicam-se com o público. Quem deseja se tornar esse tipo de profissional deve ter entusiasmo e vigor para exercer variadas atividades.

teatro
Ator encenando peça em Festival de Teatro de Rua de Porto Alegre

Importante ressaltar que há outras funções dentro da área, como direção, montagem de figurinos, produção, cenografia e dublagem. Além disso, quem se forma em artes cênicas pode atuar também na televisão.

Há quem exerça a profissão tendo formações em cursos livres. Entretanto, para aqueles que desejam um preparo mais aprofundado existem cursos universitários.

Essas faculdades oferecem opções em licenciatura, bacharelado e pós-graduação. Para ingressar nelas é exigida uma prova de conhecimentos específicos.

As diversas linguagens das artes cênicas

Alguns gêneros distintos integram as artes cênicas. O mais conhecido é o da dramaturgia, que abarca o teatro, televisão e cinema, sendo o enfoque dos cursos de formação.

Entretanto, as linguagens da dança, circo e ópera também são consideradas artes cênicas.

Teatro: a arte de interpretar

O teatro, como conhecemos, surgiu na Grécia Antiga por volta do séc VI a.C. Nessa linguagem, os atores contam histórias para um público através da interpretação.

As vertentes do teatro são: comédia, tragédia e drama. Em cada uma delas tem destaque um tipo de emoção ou sentimento humano.

Leia também: História do Teatro

Dança: a arte do movimento

A dança tem origem ainda na pré-história, quando as pessoas passaram a combinar elementos sonoros com movimentos corporais.

Mais tarde, na antiguidade, passou a ser utilizada como meio de celebração aos deuses mitológicos.

A dança pode ser feita seguindo uma coreografia, ou seja, um roteiro de movimentos previamente preparado. Pode ser criada também no próprio ato, contando com a improvisação.

Você também pode se interessar: O que é dança?

Circo: múltiplas atrações em um espetáculo

A linguagem circense reúne diversos profissionais em uma "trupe" que se apresenta geralmente em estruturas circulares itinerantes.

Surgiu em civilizações antigas, mas foi no Império Romano que se desenvolveu de maneira parecida com o que temos hoje.

Dentre as atrações apresentadas no circo estão: malabarismo, palhaçaria, trapézio, contorcionismo, shows pirotécnicos e outros.

Aprofunde seus conhecimentos: História do Circo

Ópera: a música e o teatro unidos

Na ópera, o que se constrói são espetáculos que combinam o canto, poesia e interpretação.Tem início na Itália no século XVII dentro do movimento chamado barroco.

A primeira peça que se tem notícias é Dafne, de 1598, de Jacopo Peri e Ottavio Rinuccini. Mas antes a dupla já havia criado outra obra, Eurídice, apresentada apenas em 1601.

Esses shows são bastante tradicionais e sofisticados, contando com ricos figurinos.

Geralmente há uma orquestra ao vivo que realiza a trilha sonora, dando suporte e complementando o espetáculo.

Atualizado em
Laura Aidar
Escrito por Laura Aidar
Arte-educadora, artista visual e fotógrafa. Licenciada em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design.