Teatro Medieval

Daniela Diana

O teatro medieval é aquele que foi produzido na era medieval (século V ao XV). Durante esse período, o teatro medieval pode ser classificado em duas vertentes:

  • o teatro sacro, relacionado aos temas religiosos;
  • o teatro profano, tal qual as farsas e os jograis, com os temas de caráter popular, cômico e moralizante.

Após a queda do Império Romano, a Igreja Católica controlava a vida dos cidadãos e o teatro foi considerado uma arte profana e satírica e, por esse motivo, foi banido pela Igreja até o século XII, quando ele começa a ressurgir na Europa.

Origem do teatro medieval

Teatro MedievalRepresentação de Teatro Medieval

O teatro medieval tem início a partir do século XII e permaneceu até o século XV, com a chegada do período renascentista.

Sua origem está relacionada com as celebrações realizadas a favor das festividades religiosas seja a páscoa, o natal, dentre outros.

Eram originalmente textos encenados pelos membros clericais após as missas ou procissões e tinham como temas as passagens bíblicas, os milagres, os mistérios, os sermões, os autos sacramentais, as biografias de santos e os dramas litúrgicos. Muitos deles eram apresentados em latim.

Essa característica está intimamente relacionada com o contexto histórico de dominação da Igreja Católica e do aspecto filosófico do medievo, donde o teocentrismo era o conceito chave, ou seja, Deus era o centro do mundo, ele que regia todo o universo.

Mais tarde que o teatro medieval foi se adaptando às mudanças e incluindo temas mais abrangentes, ou seja, com apresentações sobre a vida e os costumes dos seres humanos, os quais ofereciam um caráter didático e moralizante.

Diferentemente de sua origem, em que as breves encenações eram realizadas dentro das igrejas, o teatro medieval passou a ser desenvolvido nos ambientes públicos, por exemplo nas praças. Os personagens passaram a ser pessoas comuns e não somente membros do clero.

Além disso, inicialmente as peças eram breves e somente apresentavam passagens religiosas; já com o passar do tempo, o teatro medieval foi se aperfeiçoando e as encenações podiam ser apresentadas durante dias.

Saiba mais sobre o contexto histórico no artigo: Idade Média.

Principais Características: Resumo

Embora a era medieval seja um longo período da história (século V ao século XV) que foi aos poucos se modificando, as principais características do teatro medieval foram:

  • Tradição oral
  • Caráter popular
  • Espaço cênico: igrejas e praças
  • Temas sagrados e profanos
  • Usos de máscaras
  • Personagens alegóricos
  • União da dança, música e teatro

Exemplo de Teatro Medieval

Ainda que muitos textos medievais sejam orais e, portanto, foram perdidos com o passar do tempo, algumas peças desse período sobreviveram.

Assim, para compreender melhor a linguagem do teatro medieval, segue abaixo um trecho da peça popular escrita por volta do século XIII pelo dramaturgo francês Rutebeuf intitulada “O pregão das Ervas” (em francês “Le Dit de l'Herberie”)

Parte I

“Respeitáveis senhores, que me dais ouvidos
Grandes e pequenos, jovens ou vividos
Vós fostes pela sorte favorecidos
Pois ireis, agora, a verdade encontrar
Sabendo que este médico não vos pode enganar
Uma vez que por vós mesmos podeis comprovar
O poder destas ervas antes do fim
Vamos fazendo a roda em torno de mim
Sem ruído, em silêncio, é bem assim...
Eu, aqui, sou é pesquisador
E tenho servido a muito imperador
Até mesmo lá do Cairo, o senhor
Muito poderoso, ele faz questão
de me contratar todo verão
Pagando para mim um salariozão.”

Para ampliar seus conhecimentos sobre o tema:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.