Teatro Grego

Daniela Diana

O Teatro Grego foi muito importante no desenvolvimento da cultura grega e, além disso, serviu de influência e inspiração para outros povos da antiguidade, sobretudo, os romanos.

Vale lembrar que o termo teatro (theatron), do grego, significa “local onde se vê” ou “lugar para olhar”. O teatro grego era formado por diversos elementos, cenários e figurinos. Além das da presença de júris, eles apresentavam músicas, danças e mímicas.

Resumo das Características

Saiba sobre as mais importantes características do Teatro Grego:

Origem

O teatro grego teve início em Atenas, na Grécia, por volta de 550 a.C. e surgiu a partir das celebrações realizadas sobretudo, para o Deus Dionísio, divindade das festas, fertilidade e vinho.

Nas celebrações Dionisíacas, que duravam cerca de uma semana, as pessoas bebiam, cantavam e dançavam. Com o passar do tempo, essas festas foram evoluindo na organização e elaboração, até chegar ao o que hoje conhecemos como o teatro com enredo, atores, plateia, encenações, etc.

Inúmeros festivais de Teatro, fizeram parte da Grécia Antiga e eram apresentados durante o dia todo e muitos duravam dias.

Máscaras

As máscaras eram um instrumento essencial do figurino dos autores, sendo muito utilizado no teatro grego.

Já que as mulheres não participavam das atuações (não eram consideradas cidadãs da pólis), as máscaras, muito coloridas, podiam representar personagens de ambos os sexos.

Arquitetura

Teatro GregoAntigo Teatro na Acrópole Grega, Atenas

A arquitetura dos teatros gregos possuía como mais destacada característica, as construções ao ar livre, chamados de teatro de arena.

Em forma de meia lua, visando uma melhor acústica, eles possuíam uma grande plateia. Merecem destaque o Teatro de Delfos e o Teatro de Dionísio.

Na época clássica, diversos teatros foram construídos na Grécia. Para os gregos, ir ao teatro representava um grande acontecimento, que aos poucos, foi tomando conta da vida social dos habitantes.

Classificação

Na Grécia Antiga os gêneros teatrais eram classificados em:

Tragédia

Do grego, o termo tragédia (tragoedia) é formado pelas palavras, “tragos” (bode) e “oidé”, (canção), e significa “canção ao bode”, uma vez que nas celebrações a Dionísio (Canto ao Bode), um bode era sacrificado para oferenda e ainda os homens se vestiam de sátiros.

Trata-se do gênero teatral mais antigo de todos o qual estava baseado nas histórias trágicas e mitológicas, por exemplo, o medo, a morte, o terror. Ou seja, a tragédia é um gênero artístico que representa uma peça teatral (ou poema) com um final infeliz.

As tragédias gregas eram compostas geralmente por cinco atos e uma das importantes características que a diferem da comédia, eram os personagens. Assim, na tragédia os personagens eram deuses, reis e heróis, enquanto na comédia, os personagens eram homens comuns.

Os mais importantes dramaturgos gregos desse gênero foram: Ésquilo, Sófocles e Eurípides. Vale lembrar que diferentemente dos jurados nas Comédias, os júris das tragédias eram formado por cinco pessoas importantes da aristocracia.

Comédia

Do Grego, o termo comédia (komoidia) significava um “espetáculo divertido”. Trata-se, portanto, de um gênero teatral crítico baseado nas sátiras e que abordava diversos aspectos da sociedade grega de maneira cômica.

Observe que ela era considerada pelos clássicos como um gênero menor, em relação à tragédia. Os júris da comédia não eram aristocratas como na tragédia, os quais estavam formados por três pessoas da plateia.

Para o filósofo grego Aristóteles, a tragédia era um gênero maior visto que representava os homens superiores, enquanto a comédia representava os fatos cotidianos e por isso, era representado por homens inferiores, ou seja, os cidadãos da Pólis. Dos dramaturgos desse gênero, destaca-se: Aristófanes.

Peças

Muitas peças teatrais gregas são representadas até hoje visto a influência que tiveram no mundo. São elas:

Teatro Romano

Além do teatro grego, o teatro romano sofreu influência deste e se desenvolveu na época clássica.

Da mesma maneira, o teatro na Roma Antiga desempenhou um papel social muito importante na sociedade o qual influenciava a política e as crenças da população.

Dentre os dramaturgos romanos destacam-se Plauto, Terêncio e Menandro.

Curiosidades: Você Sabia?

Teatro GregoMáscaras Teatrais

A máscara da Tragédia e da Comédia são símbolos muito disseminados no teatro e fazem referência a sua origem grega e aos principais gêneros disseminados na Grécia Antiga.

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.