Arte Grega

No que respeita à manifestações culturais da arte grega, os gregos de destacaram especialmente na pintura, na arquitetura e na escultura.

A arte grega passou por períodos distintos, quer seja o período arcaico, o período clássico e o período helenístico. Esses períodos influenciaram, naturalmente, as artes, cujos interesses mudavam ao longo do tempo.

Características

A arte grega revela pormenores da sua história; retrata o cotidiano, a religiosidade, bem como dá a conhecer a mitologia grega através das escultura e pinturas concebidas na perfeição, o que a torna uma arte singular e cujas influências são visíveis até os nossos dias.

Pintura

Arte Grega

A arte da pintura era desenvolvida em cerâmicas, bem como nas paredes das grandes construções. Os vasos nem sempre foram peças de decoração, sendo mesmo utilizados no trabalho diário ou para guardar mantimentos, tais como vinho e azeite.

As pinturas mostravam harmonia e rigor nos detalhes. No que respeita às cores, era seguido o seguinte padrão: figuras negras sobre fundo vermelho ou figuras vermelhas sobre fundo negro ou sobre fundo branco.

Os principais artistas da pintura grega foram: Clítias, Exéquias e Sófilos.

Arquitetura

Arte GregaPartenon de Atenas

Os grandes templos erguidos pelos gregos tinham como motivação a homenagem aos seus deuses. Uma das suas características é a utilização das colunas; além delas, se destaca a simetria entre a entrada e os fundos do templo.

Além de templos, há destaque também para os teatros e praças.

Estilos Arquitetônicos Gregos

Coríntio (rico em pormenores), dórico (simples e maciço, representa o masculino) e jônico (luxuoso, representa o feminino).

Construções de Destaque

Acrópole de Atenas, Colosso de Rodes, Estátua de Zeus, Farol de Alexandria, Parneton de Atenas, Tempo de Ártemis.

Os principais artistas da arquitetura grega foram: Calícrates, Fídeas e Ictinos.

Escultura

Arte Grega

Esta arte se manifesta nas esculturas dos deuses e dos atletas cuja perfeição dos detalhes dos corpos tornam os gregos excecionais nessa manifestação artística. Os gregos estudaram os detalhes dos corpos para os retratar na perfeição. As esculturas, chamada de kouros - homem jovem e korés - mulher jovem, eram inicialmente feitas de mármore, mas com a necessidade de retratar movimentos foi substituída pelo bronze por se tratar de um material mais leve e que, assim, reduzia a probabilidade de a esculturar se partir.

Os principais artistas da escultura grega foram: Fídias, Lisipo, Miron, Policleto e Praxíteles.

Teatro

O teatro teve início com as festas em honra aos deuses, mais precisamente com o culto à Dionísio. A sua forma de organização propôs o que mais tarde veio a ser o teatro. De seguida, o teatro passou a retratar o cotidiano através da comédia.

Os principais artistas do teatro grego foram: Choerilus, Phrynichus e Pratinas.

Arte Grega e Romana

As artes foram, ainda, influenciadas pelas próprias civilizações com as quais a Grécia se relacionava. Assim, as esculturas femininas que eram vestidas, passaram a se apresentar sem roupa, por exemplo, e as esculturas, num primeiro momento sem grandes expressões, passaram a retratar os sentimentos.

Frequentemente ouvimos falar em arte greco-romana, que ocorre dada a influência das artes. A arte grega influenciou a arte romana, uma vez que os romanos tentaram imitar a arte grega ao ficar impressionados com ela por ocasião do domínio da Grécia. A arte grega, por sua vez, também é influenciada pela romana. Uma das influências é o uso de arcos em detrimento das colunas, na construção dos templos e palácios.