Aurora Boreal


A aurora boreal é um fenômeno muito bonito da natureza que ocorre no polo norte da Terra. Ela resulta do impacto dos ventos solares com o campo magnético do planeta.

As luzes brilhantes caracterizam essa manifestação da natureza que pode ser vista em apenas alguns lugares do mundo.

Imagem do fenômeno da Aurora Boreal

Foto da aurora boreal

Como e Onde Acontece?

Além de emitir luz, o Sol também emite os ventos solares, que estão repletos de partículas subatômicas carregadas de energia.

Chamadas de plasma, essas partículas provocam o fenômeno de luz quando entram em contato com os campos magnéticos dos polos.

Esquema aurora boreal

Ilustração de esquema da aurora boreal e austral. Fonte: Marco Brotto

É a Ionofesra a camada da atmosfera mais afetada pelos campos magnéticos.

As principais cores formadas são o verde e o vermelho. O verde é formado pela emissão de átomos de oxigênio em altas camadas atmosféricas.

O vermelho é formado pela emissão de átomos de nitrogênio, em maior quantidade, e de oxigênio, em camadas mais baixas.

A aurora boreal é visível a olho nu. Pode ser vista nos finais da tarde e durante a noite, nos primeiros meses do ano, particularmente em janeiro, fevereiro e março, quando a maioria da neve já caiu e o céu está limpo no hemisfério norte.

Também pode ser vista no outono, nos meses de setembro e outubro.

O fenômeno é visível na Noruega, Suécia, Dinamarca, Alasca, Finlândia, Escócia, Rússia, Islândia, Groenlândia e Canadá.

E a Aurora Austral?

Aurora Austral

Foto da aurora austral na Nova Zelândia

O mesmo fenômeno de luzes, resultado da atividade solar, ocorre também no hemisfério sul do planeta. Nesse hemifério, é chamado de aurora austral, nome criado pelo navegador inglês James Cook.

A cidade de Ushuaia, capital da Província da Terra do Fogo na Argentina, é um dos lugares que podemos observar a aurora austral. Trata-se da cidade mais austral do mundo e, por isso, é chamada de “fim do mundo”.

Além dela, esse fenômeno pode também ser observado na Austrália, Nova Zelândia e na Antártica.

Curiosidades

O nome Aurora Boreal foi criado pelo cientista Galileu Galilei no ano de 1619. Trata-se de uma homenagem à Aurora, deusa romana do amanhecer, e Borias, seu filho, representante do vento norte.

Um dos lugares preferidos para presenciar o fenômeno é na cidade de Thomsø, na Noruega.

Leia também: