Ionosfera

Lana Magalhães

A ionosfera é uma das camadas da atmosfera característica por sofrer ionização da radiação solar.

Assim, ela é bastante ativa e seu tamanho diminui conforme a energia que absorve do Sol.

A altura também varia conforme a energia que absorve e pode atingir entre 50 km a 1000 km acima da superfície terrestre.

Características

Ionosfera
Localização das camadas da atmosfera

A ionosfera é considerada uma parte da termosfera.

No total, abrange 0,1% da atmosfera terrestre. Ainda assim, é parte importante por conter a radiação solar.

A radiação é responsável por desencadear o processo de ionização. O fenômeno depende da atividade solar, como ciclos solares, manchas e a localização geográfica.

Camadas da Ionosfera

A ionosfera é dividida em três camadas: D, E e F.

O comportamento de cada região da ionosfera é baseado na altura e no comprimento de onda resultante da emissão de radiação do Sol.

  • Camada D: Camada mais interna, com cerca de 50 a 95 km de altitude. Ela absorve a maior parte da radiação energética.
  • Camada E: Apresenta 95 a 160 km de altitude, absorve os raios-x.
  • Camada F: Apresenta entre 160 a 1.000 km de altitude. É subdividida em F1, F2 e F3. É a camada que absorve os raios ultravioletas e com a maior densidade de elétrons.

Como as camadas são influenciadas pela radiação solar, durante a noite existem apenas as camadas F e E.

Ondas de rádio

A ionosfera influencia a propagação das ondas de rádio para locais distantes da Terra.

Pelo fato de conter íons e elétrons, as ondas de rádio são refletidas a partir da ionosfera.

Nas regiões D e E, são refletidas as ondas de rádio AM. As ondas de rádio de comprimentos curtos são refletidas na região F.

Magnetosfera

A magnetosfera é a região da ionosfera onde a quantidade de íons e elétrons é muito grande.

Essa região é muito afetada pelos campos magnéticos da Terra e do Sol. Quando sobrepostas, essas forças criam os fenômenos conhecidos como aurora boreal e aurora austral. O fenômeno resulta da ionização, que pode ser observada nos polos terrestres.

Camadas da atmosfera

A atmosfera é dividida nas seguintes camadas:

  • Troposfera: Camada mais baixa na qual vivemos e onde ocorrem os fenômenos meteorológicos.
  • Estratosfera: Camada que aparece logo após a camada de transição com a troposfera, a tropopausa. Onde encontra-se a camada de ozônio.
  • Mesosfera: Camada que surge após a estratosfera, com cerca de 85 quilômetros de extensão.
  • Termosfera: Maior camada da atmosfera terrestre e estende-se até 600 quilômetros de altitude.
  • Exosfera: Última camada da atmosfera antes da entrada no espaço, situada entre 500 e 10 mil quilômetros de altitude.

Saiba mais, leia também:

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.