Círculo de Fogo do Pacífico


O Círculo de Fogo ou Anel de Fogo do Pacífico (em inglês "Ring of Fire") representa uma área localizada no Norte do Oceano Pacífico com cerca de 40 mil km de extensão que vai desde a Cordilheira dos Andes até as Filipinas.

É considerada a área do planeta em que ocorrem mais atividades sísmicas e de vulcanismo, a qual reúne cerca de 80% dos vulcões do mundo.

Ali, já foi registrado o maior número de terremotos que aconteceram no planeta e recebe esse nome decorrente da presença de inúmeros vulcões. Dos países que fazem parte do Anel de Fogo do Pacífico, o Japão é um dos mais afetados.

Círculo de Fogo do PacíficoLocalização do Anel de Fogo

Isso acontece, pois, o local, em forma de ferradura, está localizado entre diversas placas tectônicas que se movem e gerando intensa atividade geológica: Placa do Pacífico (a maior do mundo), das Filipinas, da Eurasiana, da Indiana, de Nazca e a placa tectônica Norte Americana.

Assim, o movimento delas causa diversos fenômenos como terremotos, maremotos (tsunamis), vulcões, que, na maioria das vezes, são catastróficos.

Países

O Círculo de Fogo do Pacífico abrange a costa do continente americano, da Antártida, Oceania e Ásia. Assim, os países que fazem parte do círculo de fogo do pacífico são:

  • Alasca
  • Canadá
  • Estados Unidos
  • Sibéria
  • Rússia
  • Japão
  • Indonésia
  • Tailândia
  • Filipinas
  • Malásia
  • Nova Zelândia
  • México
  • Panamá
  • Colômbia
  • Chile
  • Timor-Leste
  • Papua-Nova Guiné
  • Ilhas Salomão
  • Vanuatu
  • Tonga

Círculo de Fogo do Atlântico

Além do Anel de Fogo do Pacífico, o Círculo de Fogo do Atlântico, reúne cerca de 20% das atividades vulcânicas que ocorrem no planeta. Ela abrange países da América Central, Antilhas, Açores, Cabo Verde, Mediterrâneo e a região do Cáucaso.

Filme

O longa-metragem futurista intitulado “Círculo de Fogo” (2013) é um filme de ação dirigido pelo cineasta Guillermo del Toro. Ele relata a batalha entre humanos e os monstros gigantes “Kaijus” que surgem do fundo do Oceano Pacífico, no ano de 2020.

Complemente sua pesquisa com os artigos: