Diferença entre poema e poesia

Daniela Diana

Embora muito definem poema e poesia como sendo a mesma coisa, eles possuem conceitos diferentes. Poema é um texto literário composto de versos, estrofes e, por vezes, rima.

Já a poesia é uma manifestação artística que pode ou não estar baseada em palavras como o poema. Assim, a poesia é um conceito mais amplo que pode envolver pinturas, esculturas, literatura, etc. Já o poema está inserido no universo literário somente.

Resumindo:

  • Poema: texto literário formado por versos.
  • Poesia: produção artística que provoca emoções.

O que é poema?

O poema é um gênero textual literário formado por versos. O verso corresponde a uma linha do poema e um conjunto de versos é chamado de estrofe.

O poema pode apresentar uma estrutura fixa, como é o caso do soneto (formado por dois tercetos e dois quartetos), porém pode apresentar uma estrutura livre, como é o caso dos poemas modernistas.

Para ilustrar melhor esses exemplos, veja abaixo um poema de forma fixa e um poema de forma livre:

Poema de forma fixa

Última flor do Lácio, inculta e bela,
És, a um tempo, esplendor e sepultura:
Ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela...

Amo-te assim, desconhecida e obscura,
Tuba de alto clangor, lira singela,
Que tens o trom e o silvo da procela,
E o arrolo da saudade e da ternura!

Amo o teu viço agreste e o teu aroma
De virgens selvas e de oceano largo!
Amo-te, ó rude e doloroso idioma,

Em que da voz materna ouvi: "meu filho!",
E em que Camões chorou, no exílio amargo,
O gênio sem ventura e o amor sem brilho!

(Língua Portuguesa, Olavo Bilac)

Poema de forma livre

Estou farto do lirismo comedido
Do lirismo bem comportado
Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente protocolo e manifestações de apreço ao sr. diretor.

Estou farto do lirismo que pára e vai averiguar no dicionário o cunho vernáculo de um vocábulo.

Abaixo os puristas.
Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais
Todas as construções sobretudo as sintaxes de exceção
Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis

Estou farto do lirismo namorador
Político
Raquítico
Sifilítico
De todo lirismo que capitula ao que quer que seja fora de si mesmo.

De resto não é lirismo
Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante exemplar com cem modelos de cartas e as diferentes maneiras de agradar & agraves mulheres, etc.

Quero antes o lirismo dos loucos
O lirismo dos bêbados
O lirismo difícil e pungente dos bêbados
O lirismo dos clowns de Shakespeare.

- Não quero saber do lirismo que não é libertação.

(Poética, Manuel Bandeira)

Tipos de poema

Dependendo do conteúdo presente no poema, ele pode ser:

  • Poemas líricos: possuem caráter sentimental e subjetivo, como os sonetos.
  • Poemas dramáticos: têm o objetivo de serem encenados, como as farsas.
  • Poemas épicos: são caracterizados pela presença de heróis, como as epopeias.

Além dessa classificação baseada nos gêneros literários, podemos encontrar outros tipos de poemas, tais como: poemas satíricos, poemas eróticos, poemas sociais, etc.

Confira mais exemplos de poemas nos textos:

O que é poesia?

A poesia é uma criação artística e que pode estar relacionada com a literatura, no entanto, possui uma abrangência maior que o poema. Uma obra de arte, por exemplo, possui poesia, mas não é considerada um poema.

A noite estrelada, obra de Van Gogh
A Noite Estrelada (1889), de Vincent van Gogh, é um exemplo de poesia

Isso porque representa uma criação artística produzida por alguém que provoca sensações, emoções e sentimentos no receptor. Entretanto, não utiliza a palavra como matéria-prima, que é o caso do poema.

Para a criação de poesia, o artista passa por um processo criativo com o intuito de gerar algo novo.

Tipos de poesia

Alguns exemplos de poesia são:

  • Literatura
  • Fotografia
  • Escultura
  • Pintura
  • Arquitetura
  • Arte urbana
  • Arte digital
  • Músicas
  • Filmes
  • Publicidade

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.