Mata das Araucárias

Juliana Diana

A Mata das Araucárias ou Mata dos Pinhais corresponde a uma “mata de transição” brasileira e está situada no Bioma da Mata Atlântica. Ela ocupa parte dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Recebe esse nome uma vez que a região está repleta de pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia), conhecido como Araucária.

Características da Mata das Araucárias

Mata das Araucárias
Araucária

A Floresta com Araucária ou Floresta Ombrófila Mista possui clima subtropical, ou seja, com as estações do ano bem definidas, onde os invernos são frios e os verões quentes. Isso indica sua elevada amplitude térmica (verão com temperaturas médias de 25° e inverno com temperaturas que atingem 0°).

O clima e o relevo da região onde está localizada a Mata das Araucárias contribui para o desenvolvimento de pinheiros. O solo, em sua maior parte, apresenta grande fertilidade natural e é sempre úmido, visto que os rios ao redor apresentam água durante todo o ano.

O solo que apresenta as melhores características para o desenvolvimento das araucárias é a "terra roxa" que fica localizada no oeste do Paraná. Ela tem origem vulcânica e cor vermelha, resultado da decomposição do basalto.

Fauna da Mata das Araucárias

A Mata das Araucárias é um dos ecossistemas mais ricos em relação às espécies animais e plantas, uma vez que está localizado na Mata Atlântica, um dos biomas com maior biodiversidade do mundo.

É importante destacar que muitos animais sofrem o risco de extinção sendo alguns deles endêmicos da região, ou seja, que vivem e se desenvolvem somente neste tipo de ambiente.

Na lista dos animais que correm o risco de extinção estão: a onça-pintada, macaco-prego, mono-carvoeiro, mico-leão-dourado, jaguatirica, preguiça-de-coleira e o tamanduá.

Além deles, inúmeras espécies de mamíferos, aves, répteis e insetos, sobretudo, borboletas se destacam na região: jiboias, corais, jararacas, teiú, sanhaço, dentre outros.

Leia também sobre:

Flora da Mata das Araucárias

flora araucária pinhão
O pinhão é um fruto típico da Mata das Araucárias

Apresentando uma floresta densa e fechada com inúmeras espécies de vegetais, a Mata das Araucárias é marcada pela presença de árvores de grande porte.

As árvores que se destacam são os pinheiros (principalmente coníferas como os pinheiros) e as diferentes espécies de plantas epífitas, desde bromélias, orquídeas, cactáceas, pteridófitas, piperáceas, dentre outras.

Outras espécies vegetais, que fazem parte da região são: imbuia, cedro, jacarandá, guabiroba, canela, erva-mate, ipês.

Questões Ambientais sobre a Mata das Araucárias

A Mata das Araucárias vem sofrendo com problemas ambientais causados pelo homem, especialmente com o desmatamento, a exploração de espécies vegetais e o tráfico de animais silvestres.

Atualmente, a Mata das Araucárias já perdeu cerca de 2% de toda sua extensão territorial, que já chegou a 100 mill km2.

A ação do homem causa diversas consequências e pesquisadores apontam o risco de extinção das Araucárias. A extração de madeira para fins comerciais e a ocupação do território para uso da agropecuária é uma das principais causas.

Diversas espécies de madeira são muito valorizadas pela indústria, gerando graves consequências para o ecossistema local.

Curiosidade sobre a Mata das Araucárias

  • O Pinheiro-do-Paraná (Araucaria angustifólia) é a espécie de pinheiro mais emblemático da Mata das Araucárias no Brasil, enquanto que no Chile e na Argentina a espécie predominante é a Araucaria araucana.
  • Além do solo fértil, as Araucárias necessitam de um solo profundo para seu desenvolvimento para que assim possa sustentar sua altura, que pode chegar a 30 metros.

Conheça também sobre:

Juliana Diana
Juliana Diana
Licenciada em Ciências Biológicas pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) em 2007. Pós-graduada em Informática na Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2010. Mestre em Gestão do Conhecimento pela UFSC em 2015.