Ecossistemas Brasileiros

Juliana Diana

Os principais ecossistemas brasileiros são: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Mata dos Cocais, Pantanal, Mata de Araucárias, Mangue e Pampas.

O ecossistema refere-se ao conjunto formado por comunidades bióticas e fatores abióticos que interagem em uma determinada região.

Qualquer ambiente onde há interação entre os fatores abióticos e os seres vivos é um ecossistema.

Mapa dos ecossistemas brasileiros

mapa dos ecossistemas brasileiros
Distribuição geográfica dos ecossistemas brasileiros

O Brasil possui um vasto território, os tipos de clima e de solo são muito variados, o que confere diferentes condições ambientais.

Esses fatores propiciam o surgimento de diferentes ecossistemas. Veja a seguir as principais características e imagens dos ecossistemas brasileiros.

Amazônia

Vista aérea da floresta amazônica
Vista aérea da floresta amazônica

A Amazônia constitui a maior área remanescente de florestas tropicais do mundo. Ela ocupa cerca de 49,29% do território brasileiro.

  • Localização: Abrange os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e uma porção do Mato Grosso, Maranhão e Tocantins.
  • Condições climáticas: Clima quente e úmido, com temperaturas variando entre 20ºC a 41ºC durante o ano. As precipitações pluviométricas são superiores a 1800 mm/ano. A umidade na região apresenta índices de 80 a 100%.
  • Flora: Castanheira-do-pará, a seringueira, a sumaúma, o guaraná e uma diversidade de plantas epífitas.
  • Fauna: insetos, anfíbios, jiboias, sucuris, bichos-preguiça, peixe-boi, botos, onças-pintadas e pirarucu.

Saiba mais sobre:

Caatinga

Cactos caatinga
Os cactos são as plantas características da Caatinga

A Caatinga representa 10% do território brasileiro. Uma de suas principais características são suas plantas que se adaptaram à falta de água do ambiente.

A sobrevivência das plantas da Caatinga é sua resistência em períodos de seca, visto que elas armazenam água em seus troncos e folhas.

  • Localização: Abrange os estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia e Norte de Minas Gerais.
  • Condições climáticas: Clima semi-árido, com índices pluviométricos entre 500 mm a 700 mm anuais e temperatura entre 24ºC a 26ºC.
  • Flora: A vegetação é formada por plantas adaptadas ao clima seco. As plantas possuem folhas transformadas em espinhos, cutículas impermeáveis e caules que armazenam água. Essas características correspondem às plantas xeromórficas. Como exemplos, estão as cactáceas (mandacaru e facheiro).
  • Fauna: Alguns animais típicos da Caatinga são o preá, veado, calango, iguanas, onças e macaco-preto.

Conheça também:

Cerrado

Árvores no Cerrado
Árvores no Cerrado

O Cerrado é um bioma do tipo savana, com árvores espaçadas uma das outras e de pequeno porte.

Este é considerado um dos ecossistemas brasileiros que mais vem sofrendo com o desmatamento causado pelo avanço das plantações agrícolas.

  • Localização: Ocupa a região central do Brasil. Abrange os estado de Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e oeste de São Paulo e Paraná.
  • Condições climáticas: O clima é relativamente quente. As temperaturas anuais variam de 21ºC a 27ºC. Possui uma época seca, com possibilidade da vegetação pegar fogo naturalmente.
  • Flora: As árvores possuem uma casca grossa, troncos retorcidos e raízes profundas. Existe um predomínio de gramíneas e plantas herbáceas. Destacam-se o ipê, peroba-do-campo e pequi.
  • Fauna: Alguns animais característicos são os gambás, tamanduás, lobo-guará, cutias, antas, tatus e suçuarana.

Leia também:

Mata Atlântica

Plantas epífitas
Plantas epífitas na Mata Atlântica

Também chamada de floresta Atlântica, é um dos ecossistemas mais devastados do Brasil.

Estima-se que existam apenas 5% da sua vegetação original. Aproximadamente 70% da população brasileira vivem na área desse bioma.

  • Localização: Estende-se do Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul.
  • Condições climáticas: Clima subtropical úmido ao sul e tropical úmido ao norte.
  • Flora: As plantas apresentam folhas largas e perenes. A vegetação é rica em plantas epífitas. As plantas características deste ecossistema são os ipês, pau-brasil, jacarandá, jequitibás e palmeiras.
  • Fauna: Os animais representativos da Mata Atlântica são as jaguatiricas, saguis, mico-leão-dourado, tucanos e papagaios.

Conheça mais sobre:

Mata dos Cocais

mata dos cocais
Coqueiros das Matas dos Cocais

A Mata dos Cocais é considerada uma “mata de transição” e está localizada entre as florestas úmidas da Amazônia e a Caatinga.

Este ecossistema já foi muito explorado, ainda no período colonial,para extração de produtos específicos, como o óleo de babaçu e a cera de carnaúba. Com o passar do tempo as plantações de soja tomaram uma dimensão extensa, o que contribui com a destruição do ambiente.

  • Localização: Abrange os estado do Maranhão, Piauí e Rio Grande do Norte.
  • Condições climáticas: Apresenta índices elevados de chuva, com 1500 mm a 2200 mm. A temperatura média anual é de 26ºC.
  • Flora: A espécie mais característica desse ecossistemas é a palmeira Orbignya martiana, o babaçu. Essa palmeira possui importância econômica para a população, pois de suas sementes se extrai um óleo e as folhas são usadas para cobertura de casas.
  • Fauna: Apresenta diversas espécies de aves, mamíferos, répteis, anfíbios, insetos, Os animais característicos são a arara-vermelha, gavião-rei, ariranha, gato-do-mato, macaco-prego, lobo-guará, boto, jacu, paca, cotias, acará-bandeira, dentre outros.

Conheça também:

Pantanal

A planície do Pantanal
A planície do Pantanal

O pantanal é considerado a maior planície inundada do Brasil. Isso ocorre em alguns períodos do ano, onde determinadas áreas podem ficar parcialmente ou totalmente submersas.

É um dos biomas com maior diversidade de animais e plantas.

  • Localização: Oeste de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
  • Condições climáticas: Clima Tropical Continental. No verão, as temperaturas atingem 32ºC, enquanto no inverno, chegam a 21ºC.
  • Flora: Apresenta poucas espécies endêmicas, ou seja, próprias deste ecossistema. A palmeira carandá é a mais representativa.
  • Fauna: A fauna é diversificada. Existem moluscos, crustáceos e peixes, como o dourado, pau, jaú, surubim e piranhas. Além de tuiuiús, socós, sara-curas, jacarés, capivaras, onças e veados.

Conheça mais sobre:

Mata de Araucárias

Mata de Araucárias
Mata de Araucárias

Recebe esse nome uma vez que a região está repleta de pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia), conhecido como Araucária.

A Mata das Araucárias apresenta, de forma bem definida, as diferentes estações do ano, ou seja, os invernos são frios e os verões são quentes

  • Localização: Abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo.
  • Condições climáticas: Apresenta temperaturas baixas no inverno. O índice pluviométrico é de 1400 mm anuais.
  • Flora: A espécie mais representativa é a Araucária, que pode atingir até 25 m de altura. Também podem ser encontradas samambaias e plantas epífitas.
  • Fauna: Existem de mamíferos, aves, répteis e insetos.

Leia também sobre:

Manguezais

raizes manguezal
As plantas com raízes expostas no manguezal

Os manguezais são biomas litorâneos com vegetação arbustiva que se desenvolve em um solo lodoso e salgado.

Para o meio ambiente, este é um importante ecossistema pois ele evita o assoreamento das praias, funcionado como uma barreira.

  • Localização: Estende-se por toda a costa brasileira. Entretanto, pode penetram vários quilômetros no continente, seguindo o curso de rios, cujas águas encontram, as águas salgadas durante a maré cheia.
  • Flora: Existem três espécies principais de mangue, o Mangue-vermelho, com predomínio da espécie Rhizophora mangle; Mangue-branco, com predomínio da espécie Laguncularia racemosa eo Mangue-preto, com predomínio da espécie Avicennia schaueriana.
  • Fauna: Predominam caranguejos, moluscos e aves, como as garças.

Você também pode se interessar por:

Pampas

pampas
Os campos sulinos

Também chamado de campos ou campos sulinos. Representa um tipo de pradaria.

Ocorre em locais onde a região de relevo apresenta topos arredondados. A pecuária é considerada a principal atividade econômica.

  • Localização: Predomina no Norte do Rio Grande do Sul.
  • Condições climáticas: O clima do Pampa é subtropical com as quatro estações do ano bem definidas.
  • Flora: Predomínio de gramíneas e arbustos. Algumas plantas são louro-pardo, cedro, capim-forquilha, grama-tapete, pau-de-leite, unha-de-gato, babosa-do-campo, cactáceas, timbaúva, araucárias, algarrobo, palmeira anã.
  • Fauna: onça-pintada, jaguatirica, macaco-prego, guariba, tamanduá, ema, perdigão, perdiz, quero-quero, joão-de-barro, veado-campeiro, preá, tuco-tucos, tucanos, saíras, gaturamos.

Saiba mais sobre:

Juliana Diana
Juliana Diana
Licenciada em Ciências Biológicas pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) em 2007. Pós-graduada em Informática na Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2010. Doutora em Gestão do Conhecimento pela UFSC em 2019.