Desmatamento


O desmatamento ou desflorestamento refere-se à eliminação total ou parcial de qualquer tipo de cobertura vegetal. Atualmente, é considerado um dos maiores problemas ambientais.

DesmatamentoDesmatamento da Floresta Amazônica

Desmatamento no Brasil

No Brasil, houve um grande avanço no desmatamento com a chegada dos portugueses em 1500, os quais exploravam o pau-brasil para venda na Europa.

Contudo, com a Revolução Industrial do século XVIII, o desmatamento mundial alcançou uma aceleração sem precedentes.

O Brasil, assim como outros países tropicais, sofre com elevadas taxas de desmatamento. Entre as causas do desmatamento, destacam-se:

  • Atividade agrícola e pecuária, responsável por 80% do desmatamento mundial;
  • Urbanização;
  • Exploração comercial de madeira, principalmente madeira de lei.

Estima-se que desde 1970, o Brasil já perdeu 18% das suas florestas por conta do desmatamento. Em tamanho, esse valor equivale ao território dos estados Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Apesar de alguns anos mostrarem redução nas taxas de desmatamento, sabe-se que ele tem aumentado ao longo do tempo em todo o Brasil.

Desmatamento na Amazônia

O desmatamento é a atividade humana que mais afeta a Amazônia. A área desmatada já é maior que o território da França.

Para se ter um exemplo da ameaça do desmatamento para a conservação da Amazônia, em 2001, as áreas desmatadas compreendiam 11% da Floresta Amazônica brasileira.

Quase 80% das áreas desmatadas da Amazônia tornaram-se passagens ou florestas em regeneração.

Entre 2015 e 2016, o desmatamento da Amazônia atingiu 7.989 km2, conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Esse valor representa aumento de cerca de 30% em relação ao registrado entre 2014 e 2015.

O arco do desmatamento é a região de 500 mil km2 onde se concentra o desmatamento na Amazônia. Ele compreende os extremos leste e sul da região, nos estados de Rondônia, Acre, Mato Grosso e Pará.

Nessa região, a atividade agrícola, especialmente produção de soja, avança para o interior da floresta e compromete a sua conservação.

Para conter o desmatamento da Amazônia, em 2004, foi criado o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal.

A região também é monitorada por satélites para que as áreas desmatadas possam ser registradas e os responsáveis pela ação sejam punidos.

Desmatamento na Mata Atlântica

A Mata Atlântica representa o primeiro bioma brasileiro a ser desmatado. A devastação da floresta iniciou ainda na época da colonização com a exploração do pau-brasil.

Atualmente, restam menos de 12% da sua cobertura vegetal original.

No período de 2015 a 2016, os estudos indicam um desmatamento de 290 Km2, na Mata Atlântica, o que representa um aumento de 57,7% em relação ao período anterior. A Bahia foi o Estado que mais desmatou.

Desmatamento no Cerrado

A atividade agropecuária é a principal responsável pelo desmatamento do Cerrado. Como nos outros biomas brasileiros, as suas taxas de desmatamento também estão aumentando.

O Cerrado perdeu 9.483 km2 de vegetação no ano de 2015. Esse valor é superior ao desmatamento da Amazônia, no mesmo ano.

Estima-se que existam apenas 20% da sua vegetação original. Algumas projeções indicam que se a devastação da área não for controlada, o Cerrado pode desaparecer até 2030.

Leia também:

Quais são as consequências do desmatamento?

O desmatamento possui uma série de consequências que não se resumem apenas ao ambiente natural, mas também à vida dos seres humanos.

As florestas impedem a erosão e desertificação do solo, reciclam o gás carbônico e auxiliam na harmonização climática, especialmente no regime de chuvas.

As principais consequências do desmatamento são:

E quais as suas causas?

O desmatamento pode ter alguma causa natural, porém, a atividade humana é a principal responsável pelo processo.

As causas do desmatamento são variadas, mas incluem desde a necessidade pelos produtos da floresta (madeira, remédios, frutos, fibras, caça, etc), até a expansão das cidades.

Um fato é que o ser humano destrói essas áreas desde os tempos pré-históricos para atender as suas necessidades.

Uma das formas de realizar o desmatamento é através das queimadas.

Desmatamento no mundo

Os países desenvolvidos foram os primeiros a destruir suas florestas para obter ganhos econômicos. Assim, boa parte das áreas vegetadas dos países considerados mais ricos estão totalmente destruídas.

Atualmente, os países em desenvolvimento são os principais responsáveis pelo desmatamento no mundo.

Quais são as áreas mais desmatadas no mundo?

  • Florestas da Indo-Birmânia (Ásia-Pacífico);
  • Nova Zelândia (Oceania);
  • Sunda (Indonésia, Malásia e Brunei-Ásia-Pacífico);
  • Filipinas (Ásia-Pacífico);
  • Mata Atlântica (América do Sul);
  • Montanhas do Centro-Sul da China (Ásia);
  • Província Florística da Califórnia (América do Norte);
  • Florestas Costeiras da África Oriental (África);
  • Madagascar e ilhas do Oceano Índico (África);
  • Florestas de Afromontane (África Oriental).

Leia também sobre Biomas do Mundo.