Erosão


A erosão é um processo natural, que nas últimas décadas tem sido acelerado pela ação humana (desmatamento, urbanização, queimadas, práticas agrícolas, exploração de minérios, etc.), que corresponde ao desgaste das rochas e dos solos, e que pode gerar inúmeros problemas sociais, econômicos e ambientais.

A erosão atua na formação dos relevos e pode ocorrer pela ação dos ventos, das chuvas, dos rios, das intempéries do clima, dentre outros. Nesse sentido, fica claro que além de contribuir para a formação das paisagens naturais, as consequências maléficas dos processos erosivos que transportam diversos detritos são: assoreamento dos rios, enchentes, deslizamentos, além de comprometer a biodiversidade da fauna e da flora.

É importante destacar que há duas classificações para os processos erosivos, sendo a erosão geológica ou natural, mais lenta; enquanto a erosão acelerada, é rápida e gerada sobretudo, pela ação humana.

Os processos erosivos podem ocorrer de diversas maneiras, entretanto, são basicamente divididos em três etapas: desintegração ou desgaste do solo, seguido do transporte de partículas pela água e, por fim, a deposição desses sedimentos nas áreas mais baixas do relevo, tal qual o leito dos rios.

Um fator de suma importância que evita, em partes, os processos erosivos é a preservação da cobertura vegetal, já que os vegetais funcionam como uma proteção do solo, os quais atuam na diminuição do impacto das águas. Note que quando não há essa cobertura, a gota de chuva penetra com mais facilidade no solo, denominada de “erosão em splash”, o que acelera ainda mais, os processo erosivos. Para combater os processos erosivos o reflorestamento é uma das saídas.

É curioso observar que a despeito da ação humana ser um dos maiores problemas da intensificação da erosão nos dias atuais, as plantas e os animais também são agentes causadores de erosão, de modo que geram impactos nas superfícies do solo.

Para saber mais:

Classificações

Conforme a gravidade dos processos erosivos eles são classificados:

  • Erosão Laminar (Lixivação): lavagem superficial do solo.
  • Erosão em Sulco: grandes fendas formadas pela ação das águas e dos ventos que gera sulcos na superfície.
  • Ravinas: erosão profunda.
  • Voçorocas: erosão mais profunda que atinge o lençol freático.

Tipos de Erosão

De acordo com os agentes erosivos, a erosão pode ocorrer de diversas maneiras, a saber:

  • Erosão Gravitacional: ação da gravidade
  • Erosão Hídrica: ação das águas
  • Erosão Fluvial: ação dos rios
  • Erosão Pluvial: ação das chuvas
  • Erosão Eólica: ação dos ventos
  • Erosão Glacial: ação das geleiras e neve
  • Erosão Marinha: ação das ondas dos mares
  • Erosão Antrópica: ação humana