50 músicas para estudar que realmente ajudam na concentração

Estudar ouvindo música é um hábito cada vez mais comum entre as pessoas. Alguns estudos se voltam para os possíveis benefícios e malefícios trazidos para a concentração, a memória e a assimilação dos conteúdos.

Esses estudos deixam claro que há uma expressiva variação de pessoa para pessoa. Por isso, é importante que cada um possa perceber se estudar ouvindo música está, de fato, ajudando ou trazendo algum grau de dispersão que pode prejudicar os estudos.

Alguns estilos musicais como a música clássica e o jazz podem ser importantes aliados. Outras tendências são as músicas pensadas para criar um ambiente que favoreça o relaxamento e a concentração.

É importante manter o volume em um nível baixo, criando um som ambiente, música alta é largamente desaconselhável.

Preparamos uma playlist com 50 músicas de diferentes estilos para você experimentar quais combinam melhor com seu ritmo de estudo.

  1. Johann Sebastian Bach - Cello Suite No. 1 in G Major, BWV 1007: I. Prélude
  2. Frédéric Chopin - Nocturne en mi bémol majeur opus 9 n°2: Ballade en Sol Mineur No.1
  3. Frédéric Chopin - Nocturne, Op. posth. in C-Sharp Minor: Lento
  4. Franz Schubert - 4 Impromptus, Op.90, D.899: No.4 in A Flat Major: Allegretto
  5. Wolfgang Amadeus Mozart - Piano Concerto No. 21 in C Major, K. 467 "Elvira Madigan": II. Andante
  6. Pyotr Ilyich Tchaikovsky - Album for the Young, Op. 39: No. 3. Mamma (Maman)
  7. George Frideric Handel - Handel / Orch. Hale: Keyboard Suite in D Minor, HWV 437: III. Sarabande
  8. Wolfgang Amadeus Mozart - Piano Sonata No. 16 in C Major, K. 545 "Sonata facile": 1. Allegro
  9. Antonio Vivaldi - Vivaldi Variation (Arr. for Piano from Concerto for Strings in G Minor, RV 156)
  10. Franz Joseph Haydn - String Quartet No. 62 in C Major, Op. 76, No. 3, Hob.III:77, "Emperor": II. Poco adagio, cantabile
  11. Ludwig van Beethoven - Bagatelle No. 25 in A Minor, "Für Elise", WoO 59
  12. Claude Debussy - Suite bergamasque: III. Clair de lune. Andante très expressif
  13. Egberto Gismonti - Palhaço
  14. Dizzy Gillespie - All The Things You Are
  15. Thelonious Monk - Monk's Dream - Take 8
  16. Thelonious Monk - Ruby, My Dear
  17. Bill Evans - Skating In Central Park
  18. Duke Ellington - In A Sentimental Mood
  19. John Coltrane - I'll Wait And Pray
  20. Miles Davis - Blue in Green
  21. Miles Davis - So What
  22. Bill Evans - Peace Piece
  23. Chet Baker - If You Could See Me Now
  24. Stan Getz - A Nightingale Sang In Berkeley Square
  25. Oscar Peterson - Blue And Sentimental
  26. Oscar Peterson Trio - I Got It Bad And That Ain't Good
  27. Brière - Unfolding
  28. Gridlocks - Lemon Squeeze
  29. Lo Fi Hip Hop - City Pop (LoFi)
  30. ChillHop Cafe - Lofi Coffee
  31. k y l o . - Sleepy Birdsong
  32. Coffe Lofi - Lofi Gorgeous Guitar
  33. Coffe Lofi - Lofi Flutes & Boots
  34. Lofi Hip-Hop Beats - Lofi Hip Hop Keys
  35. Lumipa Beats - Hold me Strong
  36. Ambiworld - Thunderous Amazon
  37. Pinetree Way - Chill Waves & Wind in Leaves
  38. The Rainforest Collective - Zen Nature Sounds
  39. Alpha Brain Waves - Alpha Waves Study
  40. Alpha Brain Waves - Brain Synapses
  41. Alpha Brain Waves - Exam Prep
  42. Alpha Brain Waves - Ace the Test
  43. Vorssenn - Binaural Alpha Sinus 100 Hz - 108 Hz
  44. Naturalis - Gathering Strenght (Alpha Waves)
  45. Binaural Beats - Brain Waves Isochronic Tones- Brain Wave Entrainment - Study Music
  46. Shaman - Focus (Alpha 11 Hz)
  47. Vorssenn - Binaural Alpha Sinus 120 Hz - 128 Hz
  48. Shaman - Energizer (Beta 18 Hz)
  49. Marco Milone - Binaural Alfa Waves (Only Waves)
  50. Ruído Branco - Ruído Branco para Estudar

Tempo total da playlist: 3 horas e 32 minutos.

Que tipo de música ouvir?

Deve-se dar preferência a músicas instrumentais (que não tenha nenhuma parte cantada). As músicas cantadas fazem com que o cérebro se concentre para entender a mensagem e tira o foco dos estudos.

Canções em uma língua desconhecida criam um efeito mais prejudicial chamado de "efeito do discurso irrelevante".

O som da fala incompreensível faz com que o cérebro se ative na busca de decodificar aquela informação (irrelevante), dificultando a memorização da leitura.

Músicas relaxantes e de meditação criam um ambiente mais saudável para os estudos e melhoram a capacidade de concentração e memória.

Música clássica

Uma boa alternativa é a música clássica. Estudos mostram que esse tipo de música pode facilitar a memorização e a resolução de problemas matemáticos.

Alguns clássicos como Bach, Chopin e Mozart apresentaram bastante sucesso em alguns testes científicos.

Jazz instrumental

Para aqueles que não gostam desse estilo musical, outra possibilidade pode ser o jazz instrumental, desde que não exceda 80 bpm (batidas por minuto).

Alguns artistas indicados são: Miles Davis, Thelonious Monk, Stan Getz e Oscar Peterson.

Chill out e Chill-hop

Para os fãs de música eletrônica e hip-hop, o chill out e o chill-hop prometem gerar um relaxamento total (chill out, em inglês). São versões leves e tranquilas das tradicionais batidas e podem dar uma ajuda para quem precisa passar horas estudando.

Outras variantes interessantes são: trip-hop, lo-fi hip-hop e lounge music.

Sons da natureza, batidas binaurais, ondas alfa e ruído branco

As plataformas de músicas e vídeos oferecem diversos temas que prometem aumentar a capacidade de concentração, memorização e os estudos.

Trilhas compostas por sons da natureza geram um certo nível de relaxamento, que pode ser interessante para estudantes que demoram a se concentrar nas tarefas.

Outra experiência interessante é a utilização das chamadas batidas binaurais (binaural beats), sons produzidos intencionalmente para a indução do foco. Algumas trilhas e playlists prometem ativar as ondas alfa do cérebro, responsáveis pelo relaxamento e concentração.

Já o ruído branco, consiste em sons que possuem uma potência e intensidade constante. Estudos mostram que esse tipo de som pode ser eficiente para estimular o foco em pessoas com TDAH (transtorno de déficit de atenção com hiperatividade).

Apesar do estranhamento inicial que possa causar, ele também é muito utilizado para o controle de ruído, uma espécie de máscara sonora sobre sons externos indesejáveis.

Confira a playlist que preparamos com 50 músicas para estudar e ajudar na concentração:

O que não ouvir?

Além das músicas com letras em uma língua que não se domina, músicas cantadas, em geral, não são recomendadas, mesmo em português. O cérebro vai reagir a música e a tendência é perder o foco nos estudos.

Do mesmo modo, músicas acima de 90 bpm geram um estado de euforia e atrapalham a concentração. Assim, o famoso funk 150 bpm e alguns estilos de música eletrônica, que podem chegar a 250 bpm, não são aconselhados para se ouvir enquanto estuda.

Entretanto, a música, independente do estilo, podem deixar a pessoa mais disposta e animada para iniciar a jornada de estudos. Cabe a você perceber quais ferramentas ajudam e quais atrapalham na sua rotina.

Veja também: Podcasts para estudar

Atualizado em