Sarcasmo e Ironia

Daniela Diana

O sarcasmo e a ironia são recursos estilísticos empregados pelos emissores dos textos (sejam os textos orais ou escritos) com o intuito de oferecer maior expressividade ao discurso enunciado.

Em outras palavras, o sarcasmo e a ironia são utilizadas quando o autor do texto pretende oferecer uma maior dramaticidade ao discurso, utilizando, dessa maneira, as palavras em seu sentido conotativo (figurado), em detrimento de seu sentido real, chamado de denotativo.

Para saber sobre as variações de significado: Conotação e Denotação.

Diferença entre Sarcasmo e Ironia

Embora sejam termos que se aproximem e muitas vezes são empregados como sinônimos, o sarcasmo e a ironia possuem suas peculiaridades. Destarte, o sarcasmo é um recurso expressivo utilizado sobretudo, com um sentido provocativo, malicioso e de crítica, enquanto a ironia é a uma figura de linguagem que expressa o oposto do que o autor pretende afirmar.

Em resumo, o sarcasmo e a ironia estão intimamente ligados, entretanto, diferem na intenção estabelecida pelo escritor, ou seja, o sarcasmo sempre apresenta um tom provocador, mordaz e de zombaria, que apela ao humor ou ao riso, todavia, a ironia apresenta um tom menos áspero, de forma que se trata de uma contradição do sentido literal das palavras, sendo utilizada de forma mais amena, sutil.

Não obstante, para alguns estudiosos do tema, o sarcasmo corresponde a um tipo de ironia com um teor provocativo, e por sua vez, a ironia pode ser classificada de três maneiras, a saber: a ironia oral, que expressa a diferença entre o discurso e a intenção; a ironia dramática ou satírica, diferença entre a expressão e a compreensão; e a ironia de situação que corresponde a diferença existente entre a intenção e o resultado da ação.

Ambos termos são provenientes da língua grega: a palavra sarcasmo (sarkasmós) significa zombaria, escárnio, enquanto a palavra ironia (euroneia) significa dissimular, fingir. Para o escritor contemporâneo brasileiro Gabito Nunes: “Quando uso o humor como escudo, é ironia. Quando uso o humor como arma, é sarcasmo”.

Para saber mais sobre os recursos estilísticos: Figuras de Linguagem.

Exemplos

Para estabelecer melhor essa distinção entre o sarcasmo e a ironia, vejamos os exemplos abaixo:

  • Ela é tão inteligente que errou todas as questões da prova. (Ironia)
  • Sua maquiagem está linda, mas seu rosto é bem mais. (Sarcasmo)
Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.