Ironia

Márcia Fernandes

O que é ironia?

Ironia é uma figura de linguagem que utiliza palavras com sentido oposto para dar ênfase ao discurso. Como esse recurso estilístico recorre à combinação de ideias e pensamentos, é classificado como uma figura de pensamento.

A palavra ironia tem origem grega (euroneia) e significa dissimulação, fingimento.

Para entender melhor esse conceito, vejamos um exemplo:

Doutor, agradeço o fato de ser tão atencioso comigo. Tenho certeza que esteve atento a tudo o que disse.

O falante gostaria de transmitir seu desapontamento para o fato de falar com um médico que não prestou atenção na sua conversa. Para mostrar isso, utilizou a palavra “atencioso”, mas com o sentido de “desatento”, e “atento”, com o sentido de “distraído”.

Exemplos de ironia

1. Aqueles eram os empregados que todo patrão queria ter: ágeis como as preguiças.

2. Que tal falar mais alto para os vizinhos também participarem na nossa conversa?

3. A reunião de amanhã começa meia hora mais tarde, mas como você é muito pontual, pode vir no mesmo horário para chegar a tempo.

4. Sempre delicada, derruba tudo o que encontra pelo caminho.

5. Com essa rapidez chegaremos para a sobremesa.

6. É tão responsável que só lembra de pagar as contas depois do seu vencimento.

7. Tem o dom de estragar tudo.

8.Cozinha tão bem que nem o seu cachorro come.

9. Adoro essa sua falta de cuidado comigo.

10. Estudou tanto e não soube resolver nenhum exercício.

11. A sua visita é tão agradável para colocar defeito em tudo o que tenho em casa.

12. Canta maravilhosamente mal.

13. Suas doces palavras amargam como limão.

14. Quem foi o inteligente que conseguiu tirar zero na prova?

15. Trabalha muito bem. Quem contrata os seus serviços não o chama outra vez.

Para você entender melhor: Diferença entre Sarcasmo e Ironia.

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.