Benzeno

Lana Magalhães

O benzeno é um hidrocarboneto aromático cuja fórmula é C6H6.

Ele é um composto líquido, incolor, com cheiro doce característico e altamente tóxico. A inalação do benzeno pode trazer sérios problemas para a saúde.

Todos os hidrocarbonetos aromáticos possuem anéis benzênicos ou aromáticos.

Características

O benzeno foi descoberto em 1825 pelo cientista Michael Faraday (1791-1867).

Por muito tempo os cientistas tentaram compreender a estrutura do benzeno.

Apenas em 1865, o químico Kekulé (1829-1896) propôs o formato de um anel hexagonal, com um par de estrutura em equilíbrio e ligações duplas alternadas.

A capacidade de movimentação ou deslocalização eletrônica dá ao benzeno a sua característica aromática.

Outras características importantes do benzeno são:

  • Estrutura em forma de hexágono e fechada.
  • É composto por seis átomos de carbono equivalentes e equidistantes. Isso ocorre porque seus derivados monossubstituídos são iguais na totalidade.
  • Seus derivados dissubstituídos resultam de três isômeros diferentes.

O benzeno pode ser representado através das três estruturas seguintes:

Estruturas do benzeno
Estruturas químicas do benzeno

Conheça mais sobre os Hidrocarbonetos Aromáticos.

Aplicações e toxicidade

O benzeno é o hidrocarboneto aromático presente no petróleo, na gasolina e fumaça do cigarro. Ele também pode ser encontrado em vulcões e queimadas de florestas.

Nas indústrias e laboratórios é utilizado como solvente e é uma matéria prima importante para fabricação de outros produtos.

Apesar de sua importância na área química e industrial, o benzeno é altamente prejudicial para os seres humanos.

A inalação do benzeno é a principal forma de intoxicação. Em curto período ele pode causar tremor, sonolência, aceleração do ritmo cardíaco e inconsciência.

Já a ingestão de alimentos contaminados por benzeno pode levar até a morte.

Além disso, o benzeno é considerado uma substância cancerígena.

Saiba mais, leia também:

Curiosidade

O químico Kekulé descobriu a estrutura do benzeno após ter um sonho em que via a estrutura como uma serpente engolindo a sua cauda.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.