Desastres Naturais


Os Desastres Naturais representam um conjunto de fenômenos que fazem parte da geodinâmica terrestre, portanto, da natureza do planeta.

Quando ocorrem, podem trazer consequências catastróficas para o ser-humano e por mais que a tecnologia na área seja avançada, muitos desastres naturais são imprevisíveis.

Note que eles são fenômenos naturais e representam a mudança de ciclo na Terra, no entanto, nos tempos atuais, essas ocorrências tem aumentado de maneira significativa, o que nos leva a crer nas estatísticas e estudos sobre o meio ambiente.

Desastres NaturaisRepresentação do Tsumani

Nesse sentido, muitos desastres têm ocorrido porque o planeta Terra está sofrendo cada vez mais, com o aquecimento global e o efeito estufa, o que leva ao aumento dos desastres naturais, ocasionados pelo desiquilíbrio da natureza.

Para os seres humanos, muitos danos e prejuízos são resultantes dos desastres naturais, os quais geram diversos impactos na sociedade.

Por sua vez, para a natureza, os desastres naturais auxiliam na renovação e manutenção dos ecossistemas, formação do relevo, abastecimento das fontes hídricas naturais, dentre outros.

Para saber mais: Aquecimento Global, Efeito Estufa e Impactos Ambientais

Classificações

Os Desastres naturais são classificados em:

  • Tempestades: são tempestades de chuvas, neve, granizo, areia, raios e podem ser altamente destrutivas, dependendo da quantidade precipitada (chuvas torrenciais) e da força que apresentam. Podem levar a situações catastróficas tal qual, o deslizamento de terras, de gelo, caída de árvores ou torres de energia, dentre outros.
  • Terremotos (Sismos) e Maremotos (Tsunamis): Também chamados de abalos sísmicos, representam fenômenos de vibração brusca e passageira da superfície da Terra, que ocorrem por meio da movimentação das placas rochosas, bem como da atividade vulcânica e dos deslocamentos de gases no interior da Terra. Os maremotos ou tsunamis são os terremotos que acontecem dentro dos mares, provocando imensas deslocações de água.
  • Furacões, Ciclones e Tufão: fenômenos intensificados pelas massas de ar, os quais, dependendo da força que atingem pode arrasar cidades inteiras.
  • Seca: Intensificada nos últimos anos com o aquecimento global, a seca tornou-se um problema enfrentado por muitos grupos pelo mundo. Dessa forma, as alterações climáticas têm demostrado que diversas foram as consequências das ações humanas durante séculos no planeta, gerando problemas como a seca e consequentemente à expansão do processo de desertificação.
  • Erupções Vulcânicas: As erupções vulcânicas são perigosas na medida em que a lava expelida pelos vulcões é tão quente que pode destruir comunidades, vegetais e animais, dependendo do local que atuam.
  • Inundações: As inundações ou enchentes são fenômenos da natureza, intensificados pela ação humana e que vem aumentando de maneira significativa nas últimas décadas. Um exemplo é o excesso de lixo, os quais entopem os bueiros, impedindo a passagem de água. As enchentes e inundações, causadas pelo aumento de quantidade das chuvas e impedimento da evacuação, provocam desabamentos que podem levar a morte de milhares de pessoas, além de grande destruição.

Para saber mais: Terremoto e Tsunami

Desastres Naturais no Mundo

Alguns dos principais desastres naturais que marcaram o mundo na atualidade foram:

  • Sismo e Tsunami na Indonésia: em 26 de dezembro de 2004, um terremoto de magnitude 9 devastou grande parte da costa oeste de Sumatra, na Indonésia. O terceiro maior maremoto do mundo, atingiu cerca de quinze países da região, resultando na morte de mais de 230 mil pessoas.
  • Furacão Katrina: em 29 de agosto de 2005, nos Estados Unidos, surge um enorme furacão de categoria 5, responsável por destruir parte da região litorânea sul do país. A velocidade dos ventos ultrapassaram 280 quilômetros por hora e resultou na morte de duas mil pessoas.
  • Terremoto do Haiti: em 12 de janeiro de 2010, Porto príncipe, a capital do Haiti foi atingida por um terremoto de magnitude 7, levando a morte de mais de 200 mil pessoas.

Desastres Naturais no Brasil

As mudanças climáticas globais atingem todo o planeta, sendo o Brasil um dos países que estão inclusos na lista, posto que ultimamente tem apresentado um grande aumento das ocorrências de desastres naturais por todo o país.

Além da seca que assola as regiões norte e nordeste do país, a intensificação das precipitações, junto aos fenômenos climáticos, por exemplo, o “El Ninõ”, têm demostrado o aumento das temperaturas do índice pluviométrico (chuvas) e tempestades, resultando em diversas catástrofes por todo o país.

De tal maneira, enquanto as regiões do norte e nordeste sofrem com a estiagem, as regiões sudeste e sul, no mesmo momento, sofrem com o aumento das chuvas, levando ao aumento dos alagamentos e desabamentos.

Por fim, a maioria dos desastres no Brasil (mais de 80%) está intimamente relacionada às instabilidades atmosféricas, responsáveis pelo desenvolvimento dos desastres naturais, dos quais estão as inundações, vendavais, tornados, granizos e deslizamentos de terra.