Estado do Ceará


O Estado do Ceará está localizado na região Nordeste do Brasil. A capital é Fortaleza e a sigla CE.

  • Área: 148.886.308 quilômetros quadrados
  • Limites: leste com Rio Grande do Norte e Paraíba, sul com Pernambuco, oeste com Piauí e a norte com o oceano Atlântico
  • Número de Municípios: 184
  • População: 8,4 milhões, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)
  • Gentílico: quem nasce no Ceará é chamado cearense

Cidades e Turismo

Estado do CearáMapa do Ceará

As cidades cearenses estão distribuídas em sete regiões. São elas: nordeste, região metropolitana de Fortaleza, sertões, Jaguaribe, norte, centro-sul e sul.

Os principais destinos do Ceará são as praias localizadas nas regiões de Aquiraz, Camocin, Cumbuco, Canoa Quebrada, Jericoacoara e a capital Fortaleza.

Pontos Turísticos

Os locais são ideais para a contemplação da natureza e, ainda, a prática de esportes náuticos. Os esportes mais praticados nas praias cearenses são: mergulho, surf, windsurf, e suas variações.

Na região do Cariri está localizada a Floresta Nacional do Araripe, uma APA (Área de Proteção Ambiental). Integrada por rica fauna e flora, oferece piscinas naturais para a realização de banhos terapêuticos, além de diversos balneários.

A exploração do turismo, na modalidade ecoturismo, também é oferecida em Canoa Quebrada, no Parque Nacional do Ubajara e Ipiapaba. Nesses locais há intensa oferta de dunas, trilhas e cavernas.

Estado do CearáBandeira do Estado do Ceará

Cultura

Artesanato

O artesanato está entre as principais formas de identificação da cultura cearense. São típicos da região os bordados, redes, rendas de bilro, crochês e o trançado de algodão. Todos são herança da tradição portuguesa.

A cestaria é encontrada na maioria das cidades. De trançado típico português, as peças são confeccionadas a partir da palha da carnaúba ou cipó. O produto dá origem a cestas, chapéus e bolsas.

A mistura do português com o indígena é evidenciada na produção de bijuterias. São peças feitas com pedras semipreciosas misturadas ao crochê e ao bordado.

Culinária

A abundante oferta de frutos do mar faz da culinária cearense uma das mais saborosas do Brasil. Os temperos resultam da mistura europeia portuguesa, indígena e africana.

Também são abundantes na região as frutas de sabor marcante, como a graviola, cajá, caju, seriguela e sapoti. Das frutas são extraídos saborosos licores típicos do Ceará.

História

A delimitação do atual território ocupado pelo estado do Ceará começou com a doação da Capitania Siará em 1535 para Antônio Cardoso de Barros.

A fundação, contudo, ocorreu em 1603, por Pêro Coelho de Souza, que chamou a colônia de Nova Luzitânia.

Entre os integrantes do grupo de colonizadores estava Martim Soares Moreno, com 17 anos na época. É atribuída a ele a fundação da região. Habilidoso, o rapaz negociava com indígenas, de quem conhecia os costumes e a língua.

Essa característica auxiliou no combate aos franceses e holandeses que invadiram a região. Soares Moreno chegou ao posto de senhor da Capitania do Ceará em 1619, após sucessivas disputas de terra com os invasores.

A região foi alvo de investidas de holandeses também em 1637 e 1649. O Ceará conquistou a autonomia somente em 1799. Integrou a Confederação do Equador.

O desenvolvimento do estado foi impulsionado pelo investimento da navegação a vapor, a instalação de estradas de ferro e a iluminação a gás.

O Estado do Ceará foi o primeiro a libertar os escravos negros em 1884.

Conheça mais sobre a história do Ceará:

Economia

A economia cearense está centrada na produção agrícola de grãos e frutos. É considerado de grande importância o plantio de arroz, feijão, da cana-de-açúcar, coco, banana e melão.

A atividade aquífera favorece a retirada de lagosta e camarão. Em cativeiro é produzida a lagosta. São expressivas as criações de bovinos, suínos, aves, ovelhas e cabras.

Castanha-de-Caju

Entre os produtos de maior expressividade no Ceará está a castanha-de-caju, que é produzida para exportação. Hoje, o Nordeste é responsável por 90% da produção da castanha e, desse montante, 48% cabe ao Ceará.

Minérios

As principais fontes de minério do Ceará são: a água mineral, argila, berilo, calcário, granito, fosfato, gás natural, petróleo e urânio.

Clima

O Ceará está sob a influência do clima semiárido. A temperatura média é de 24ºC e os termômetros oscilam para os 30ºC.

Devido ao clima, a seca é periódica no estado, que enfrenta verões bastante áridos.

Leia também: Clima da Região Nordeste.

Vegetação

A caatinga é a vegetação típica da região e ocupa 88% da área do Ceará. Esse tipo de vegetação é caracterizado por árvores retorcidas e pequenas. A constituição favorece o armazenamento de umidade para enfrentar o período seco.

Complemente sua pesquisa: