Fórmula Estrutural


Fórmula Estrutural é o esquema que indica a estrutura, ou seja, a disposição dos átomos que compõem os elementos químicos, bem como a ligação entre eles. Ela pode ser representada de diferentes formas: plana, condensada ou eletrônica.

Dentre os fatores que condicionam as estruturas utilizadas, o número de elétrons na camada de valência é um deles.

Fórmula Plana

A fórmula plana utiliza traços para representar as ligações covalentes, as quais podem ser simples, dupla ou tripla e representadas das seguintes formas:

– ligação simples (quando 2 elétrons são compartilhados)

Exemplo de Fórmula Estrutural Plana de Ligação Simples

= ligação dupla (quando 4 elétrons são compartilhados)

Exemplo de Fórmula Estrutural Plana de Ligação Dupla
≡ ligação tripla (quando 6 elétrons são compartilhados)

Exemplo de Fórmula Estrutural Plana de Ligação Tripla

Fórmula Condensada ou Simplificada

Na fórmula estrutural condensada as ligações não são mostradas.

Na sua representação, a quantidade de átomos de cada elemento é indicada de forma condensada, ou seja, simplificada:

H3C CH2 O CH2 CH3

Fórmula Condensada Linear

A fórmula condensada linear utiliza linhas em ziguezague, em cujos vértices os carbonos são representados:

Exemplo de Fórmula Estrutural Condensada Linear
Fórmula Eletrônica ou de Lewis

A fórmula eletrônica, também chamada de fórmula de Lewis, é representada por pontos.

Através desses pontos é que são mostradas as quantidades dos elétrons presentes nas camadas de valência:

H:H

E a Fórmula Molecular?

A fórmula molecular, sem fazer referência a sua estrutura, indica a quantidade de elementos que compõem uma molécula. Além do que indica o número de átomos presentes em cada elemento e as suas proporções.

Ela pode ser obtida através da fórmula mínima ou empírica e da fórmula percentual ou centesimal.

Leia também Isomeria e Camada de Valência.

Exercícios Resolvidos

1. (Vunesp-2000) Escreva a fórmula estrutural e dê o nome oficial de:

a) uma cetona, de cadeia carbônica ramificada saturada, com o total de 7 átomos de carbono.
b) um aminoácido, com 4 átomos de carbono.

a)

3-metil-2-hexanona

b)

ácido 2-aminobutanóico

2. (FGV-2005) O aspartame é um adoçante artificial que foi descoberto acidentalmente em 1965 por um químico descuidado, que lambeu os seus dedos sujos e sentiu que eles estavam doces.

Esses hábitos não higiênicos não são recomendados, já que muitas substâncias em quantidades ínfimas são altamente tóxicas.

A fórmula estrutural do aspartame é representada a seguir:

Fórmula Estrutural do Aspartame

A partir da fórmula estrutural do aspartame, verifica-se que há

a) 13 átomos de carbono por molécula.
b) 1 grupo funcional éter.
c) 1 dipeptídeo
d) 2 átomos de carbono terciário
e) somente 1 átomo de carbono assimétrico.

Alternativa c: 1 dipeptídeo