Adsorção

Lana Magalhães

A adsorção é uma propriedade físico-química das moléculas de substâncias líquidas, gasosas e sólidas.

O processo ocorre quando as partículas líquidas ou gasosas ficam retidas na superfície de sólidos. Caso os sólidos sejam porosos, a capacidade de adsorção aumenta ainda mais.

Existem duas classificações para os componentes que participam do processo:

  • Adsorvatos: É a substância líquida ou gasosa que fica retida na superfície de um sólido adsorvente.
  • Adsorventes: É a substância sólida que promove a retenção de outras substâncias.

A dessorção é o processo inverso da adsorção, ou seja, é a liberação de adsorvato da superfície do adsorvente.

Tipos

Conforme a natureza das forças envolvidas no processo, a adsorção pode ser de dois tipos: fisissorção e quimissorção.

Em alguns casos, podem ocorrer os dois tipos de adsorção no mesmo processo.

Fisissorção

A fisissorção ou adsorção física entre o adsorvato e o adsorvente ocorre através de forças de Van der Waalls (dipolo-dipolo ou dipolo induzido).

Nesse caso, não há nenhum tipo de alteração molecular nas substâncias envolvidas no processo. Ou seja, a substância mantém a sua natureza química.

A adsorção física é um processo reversível.

Quimissorção

A quimissorção ou adsorção química consiste em uma reação química. Por envolver os elétrons, é considerada uma ligação química mais forte que a fisissorção.

Na quimissorção ocorre alteração molecular das substâncias envolvidas no processo. Ou seja, a substância pode ser transformada em outra.

Por se tratar de uma reação química, os componentes do adsorvente e do adsorvato devem possuir especificidade. Eles devem ser capazes de se reconhecerem e reagirem.

A adsorção química é um processo irreversível.

Leia também sobre:

Adsorção e Absorção

Adsorção x Absorção

Diferença entre adsorção e absorção

Adsorção e a absorção são dois processos distintos. Saiba a diferença entre eles:

  • Adsorção: Uma substância fica retida na superfície de outra, porém, sem fazer parte de seu volume.
  • Absorção: Uma substância é embebida por outra, ocasionando mudança de volume.

Um exemplo comum de absorção é a esponja que absorve a água. Ao fazer isso, o volume de água passa a ser incorporado ao volume da esponja.

Carvão Ativado

O carvão ativado é um exemplo de substância adsorvente mais conhecido. Em sua estrutura existem numerosos poros que intensificam a retenção de substâncias e aumentam sua capacidade de adsorção.

Por isso, o carvão ativado é usado para remoção de substâncias orgânicas, óleos, cores e odores. Sendo ainda utilizado para o tratamento de água e fabricação de cosméticos e remédios.

Carvão Ativado

Carvão Ativado

Leia também:

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.