Política do Big Stick


A política do Big Stick é umareferência ao estilo do presidente norte-americano Theodore Roosevelt (1858 - 1919) de resolver conflitos diplomáticos.

Em discurso ocorrido em 1901, durante uma feira em Minnesota, o presidente usou um provérbio africano que afirma: "com fala macia e um grande porrete, você vai longe".

Foi essa a maneira encontrada pelo presidente norte-americano de evitar conflito e mostrar o poderio militar. O estilo de negociação diplomática foi exposto ao referir-se aos países sul-americanos, assolados pelas dívidas com a Europa.

Política do Big StickCom fala macia e um grande porrete, você vai longe, dizia Roosevelt

O principal episódio ocorre na cobrança da dívida pela Alemanha contra a Venezuela em 1900. Diante da ameaça de moratória após 24 meses de negociação, a Alemanha cercou cinco portos e bombardeou a base costeira venezuelana em 1902.

Doutrina Monroe

A ação alemã violava os preceitos da Doutrina Monroe, promulgada em 1823, que prevê o impedimento da invasão dos países americanos por europeus.

No caso da Venezuela, os Estados Unidos interviram diretamente e encaminharam navios para a região, evitando a guerra. Alemães e venezuelanos terminaram por negociar a dívida.

Com apoio do Congresso, o presidente conseguiu reforçar a frota de navios de guerra sob o argumento que a demonstração de força reflete de maneira positiva nos assuntos internacionais.

Diante do desfecho, Roosevelt publicou em 1904 uma emenda à Doutrina Monroe, prevendo que os EUA pode em caso de impotência das nações ameaçadas, intervir diretamente nos assuntos de política internacional.

Canal do Panamá

Com o argumento de, em caso de ameaça, ter a frota disponível integralmente tanto no Oceano Atlântico quanto no Pacífico, Roosevelt negociou com o governo da Colômbia o direito de assumir o Canal do Panamá para o que o mesmo fosse usado como passagem militar.

O ponto, além da disponibilidade militar, também seria utilizado para o transporte de mercadorias, possibilitando a expansão do comércio norte-americano em um contrato de arrendamento de 99 anos.

As negociações esbarraram no Congresso Nacional, mas por meio da intervenção do presidente, as regras de direito internacional foram revistas, o Panamá se separou da Colômbia e os EUA o reconheceram como nação.

Após o reconhecimento da República do Panamá, os EUA assinaram o contrato de arrendamento e iniciaram a construção do Canal do Panamá.

Diplomacia do Dólar

O estilo de Roosevelt precedeu outra forma de tratamento das relações internacionais por parte dos EUA e a consolidação do imperialismo norte-americano: a diplomacia do dólar.

Essa foi uma política instituída pelo presidente Willian Taft (1857 - 1930) e previa a promoção dos interesses dos EUA no exterior por meio do incentivo ao investimento em países estrangeiros.

As ações de Taft não dispensavam o uso do poderio militar para promover as empresas norte-americanas e garantir o comércio na América Latina e Ásia.

Para entender melhor, leia ainda: Imperialismo.