Raul Pompéia

Daniela Diana

Raul Pompéia foi um escritor brasileiro pertencente ao movimento realista. Em sua trajetória de vida, ele foi jornalista, contista, cronista, romancista e orador.

Sua obra mais relevante e uma das mais importantes do realismo é “O Ateneu”, publicada em 1888.

Raul Pompéia foi um dos maiores representantes do realismo no Brasil, ao lado de Machado de Assis e Aluísio de Azevedo.

Biografia

Raul Pompéia

Raul d'Ávila Pompéia nasceu em Angra dos Reis (RJ) dia 12 de abril de 1863. Viveu em sua cidade natal até os 10 anos, quando sua família decide se mudar para a capital.

Nasceu no seio de uma família que apresentava boas condições financeiras. Seu pai, Antônio D'Ávila Pompéia, era advogado.

Quando chegou no Rio de janeiro foi matriculado num rígido colégio interno, chamado “Colégio Abílio”. Desde cedo sua inclinação para a literatura foi notória.

Já no colégio, escrevia para o jornal que circulava internamente: “O Archote”. No entanto, seus comentários críticos o levaram a ser transferido para outra instituição. Ingressou, portanto, no famoso Colégio Imperial Dom Pedro II.

Ali, desenvolveu ainda mais seus dotes para as artes e publicou seu primeiro romance em 1880, intitulado “Uma Tragédia no Amazonas”.

Mais tarde, mudou-se para São Paulo para cursar Direito na Faculdade do Largo de São Francisco.

Nessa altura, atuou nos movimentos abolicionistas e republicanos. Em 1882, publica a obra com forte tendência antimonarquista: “Joias da Coroa”.

Acaba por terminar seu curso de Direito no Recife, mas nunca exerceu a profissão. Quando retorna de Recife, foi ser jornalista.

Escreveu diversas críticas, crônicas, contos e folhetins. Além disso, foi professor de Mitologia na Escola Nacional de Belas Artes; e ainda foi nomeado Diretor da Biblioteca Nacional, em 1894.

Mas foi afastado do cargo por ser acusado de protestar durante o enterro de Floriano Peixoto. O protesto era contra o presidente da República, que na época era Prudente de Moraes.

Seu temperamento crítico gerou polêmicas e diversos problemas em sua vida pessoal. Sendo assim, alguns de seus amigos se afastaram dele.

Merece destaque a polêmica que sucedeu entre ele e o poeta parnasiano Olavo Bilac.

Isso porque Pompéia publicou uma charge intitulada “O Brasil crucificado entre dois ladrões” (em referência a Portugal e a Inglaterra) a qual desagradou muita gente, inclusive Bilac.

Como resposta, o escritor parnasiano publicou um artigo no jornal atacando a posição de Raul.

Vítima de depressão, cometeu o suicídio no Rio de Janeiro em 25 de dezembro de 1895. Faleceu aos 32 anos de idade, com um tiro no coração.

Curiosidade

O nome original do escritor é: Raul d'Avila Pompéa. Mas de acordo com os acordos ortográficos (de 1943 e 1990) foram feitas as devidas alterações.

Saiba tudo sobre o movimento realista com a leitura dos artigos:

Obras

Dentre suas principais obras, destacam-se:

  • Uma Tragédia no Amazonas (1880)
  • A Queda do Governo (1880)
  • Microscópicos (1881)
  • Canções sem Metro (1881)
  • As Joias da Coroa (1882)
  • O Ateneu (1888)

Características das Obras

As principais características das obras de Raul Pompeia são:

  • Vocabulário rico
  • Linguagem objetiva e impessoal
  • Narrativas longas e detalhadas
  • Muitas descrições objetivas
  • Traços psicológicos das personagens

O Ateneu

O Ateneu é a obra mais emblemática de Raul Pompéia. Ela foi publicada em 1888 na Gazeta de notícias em forma de folhetins.

Trata-se de um romance autobiográfico narrado em primeira pessoa. O subtítulo da obra é “Crônica de Saudades”.

Para escrever essa obra, o escritor se inspirou nos anos que esteve matriculado no colégio interno. O romance relata a história de Sérgio durante os anos que esteve no internato chamado Ateneu.

Quer saber mais? Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.