Rio Tigre


O rio Tigre ou Tígris (do árabe, Dijla; na Bíblia Hiddekil) é um curso d’água que corta o território da Turquia e do Iraque e está localizado mais a leste do rio Eufrates, com o qual formam a Mesopotâmia, onde nasceram algumas das primeiras civilizações da humanidade, graças à possibilidade de irrigação de suas terras.

História

Rio TigreMapa do Crescente Fértil

O rio Tigre está localizado na porção oriental da região que os antigos gregos denominavam como Mesopotâmia, um planalto de origem vulcânica localizado no Oriente Médio, no atual território do Iraque e terras adjacentes.

Com efeito, “Mesopotâmia” significa “terra entre rios”, uma vez que está localizada entre os vales dos rios Tigre e Eufrates.

Ao que no interessa, ou seja, o rio Tigre, podemos destacar algumas cidades que floresceram em suas margens, como Assur, capital do Império Assírio, os quais chamavam o rio de “Idiqlat”.

O mesmo também favoreceu a civilização suméria, a qual utilizou as águas do Tigre para irrigar Lagash a milhares de anos atrás (2400 a.C.).

Por fim, vale citar que esta região integra o Crescente Fértil, que possui este nome por ter um formato de Lua crescente e possuir um solo muito fértil, o qual é irrigado pelos rios Jordão, Eufrates, Nilo e o Tigre.

Principais Características

De partida, é importante destacar que o índice pluviométrico do território atravessado pelo rio Tigre é muito baixo e a região é árida, apesar dele ser mais caudaloso que seu irmão Eufrates.

Além disso, o solo nas margens do rio é demasiadamente salino. Ao descer com o fluxo da correnteza, a paisagem se transforma, indo das grandes plantações irrigadas até os desertos desabitados.

Ele nasce num lago de montanha do Curdistão turco, na região do Ararat armênio (na encosta leste dos montes Taurus, ao sul da Turquia).

Assim, ele desce as montanhas da Anatólia e atravessa o Iraque, fluindo em direção sudeste, até a fronteira turco-síria.

Da cabeceira até o delta, o Tigre possui pouco menos de 1.900 km de extensão, por onde recebe afluentes procedentes dos montes Zagros, como os rios Grande e Pequeno Zab.

Na extremidade sudeste, ele se une ao rio Eufrates, no sul do Iraque, quando os dois rios constituem o canal de Shatt al-Arab (Costa dos Árabes), que por sua vez, irá desembocar no Golfo Pérsico, cerca de 200 km abaixo do delta, próximo a fronteira com o Irã.

Principais Cidades do Rio Tigre

Diyala é a cidade onde o rio torna-se navegável por embarcações de pequeno porte, mais abaixo, ele se torna acidentado, permitindo jangadas e outras embarcações menores capazes de alcançar Nínive, no norte do Iraque.

Situada na margem oeste do rio Tigre, a capital iraquiana, Bagdá é a cidade mais importante da região, seguida por Mossul, Tikrit (que significa Tigre) e Samarra (onde foi construída uma barragem para conter as inundações e melhorar a irrigação).

A jusante de Bagdá surge o delta dos rios Tigre e Eufrates, os quais correm 193 km pelo Chat-al-Arab, até desembocarem no Golfo Pérsico.

Saiba mais sobre a região da Mesopotâmias: