Tipos de Preconceito

Juliana Bezerra

O Preconceito trata-se de um conceito associado à discriminação e as diferenças que existem no mundo.

Os preconceituosos atribuem um juízo de valor sobre determinado aspecto seja a classe social, a cultura, a religião, a etnia, a cor da pele, a preferência sexual, dentre outros.

Existem diversos tipos de preconceito, por exemplo, contra as mulheres (machismo, misoginia ou sexismo), os judeus (antissemitismo), os deficientes físicos, a aparência (estereótipos), o peso (gordofobia), os nordestinos, população negra, LGBTs, dentre outros.

Note que o preconceito é um conceito criado e muitas vezes está associado aos rótulos ou estereótipos que se desenvolveram na sociedade.

Nesse sentido, quando vemos uma pessoa toda tatuada logo associamos que esse indivíduo é drogado, ou quando uma pessoa é gorda, atribuímos apreciações do tipo: "esse indivíduo só pensa em comer e não se cuida".

O bullying e o cyberbullying são tipos de preconceito que foram cunhados atualmente para designar as torturas física e verbal contra uma pessoa seja de maneira real ou virtual.

Já a misantropia (ou antropofobia), o contrário de filantropia, é um tipo de preconceito determinado pelo ódio à humanidade ou à raça humana.

Vale ressaltar que todos os tipos de preconceito geram hostilidade e violência (física ou verbal), e estão intimamente relacionados à irracionalidade e ignorância, geralmente associados a uma ideologia.

Classificação das formas de preconceito

Há diversos tipos de preconceito, sendo que os mais comuns são:

Preconceito Racial

É aquele que está associado à etnia, raça e aos aspectos físicos, por exemplo, o racismo.

Isso pode ocorrer entre pessoas de diferentes aspectos de cor de pele, sendo mais comum entre brancos e negros, onde os primeiros, decorrente de aspectos históricos, se sentem superiores aos outros.

Vale lembrar que práticas racistas são consideradas crimes em diversos países, inclusive no Brasil.

Preconceito Social

Associado à classe social e definido pelo status de determinados indivíduos, o preconceito social geralmente ocorre entre dois grupos principais: os ricos e os pobres.

Os primeiros se sentem superiores aos outros por possuírem mais bens materiais e facilidades de acessos.

Preconceito Cultural

Essa forma de preconceito é associada às diferenças culturais que existem, por exemplo, o etnocentrismo e a xenofobia.

O etnocentrismo define as atitudes de certos indivíduos que consideram seus hábitos e condutas como superiores aos de outras culturas.

Por sua vez, a xenofobia determina à aversão aos estrangeiros, que surge geralmente por diversos fatores históricos, culturais e religiosos.

Preconceito linguístico

O preconceito linguísticoestá associado aos idiomas e ainda, à maneira de falar, desde abreviações, gírias, dialetos, sotaques, dentre outros.

No Brasil, notamos muito o preconceito linguístico entre as diversas regiões do país, uma vez que existem diversos sotaques. Assim, os paulistas acreditam que o modo de falar deles é superior aos dos nordestinos, por exemplo.

Preconceito Religioso

Essa forma de discriminação está associada à religião, sendo desenvolvida pela intolerância religiosa. Ocorre quando indivíduos não aceitam a diversidade religiosa e atribuem determinados juízos de valor sobre outras crenças, muitas vezes, sem fundamentação.

Diversos conflitos desenvolvidos atualmente no Oriente Médio demostram esse tipo de preconceito, o qual tem ceifado diversas vidas. No Brasil, as religiões de matrizes africanas são as que mais sofrem preconceito.

Preconceito Sexual ou de gênero

Esse tipo de preconceito é associado à população LGBT e orientações sexuais e de gênero de cada indivíduo, por exemplo, a homofobia e transfobia.

Assim, o primeiro trata-se do preconceito desenvolvido sobre as pessoas que possuam relações homoafetivas. Já a transfobia é o preconceito de pessoas que apresentam hostilidade com indivíduos transgênero, ou seja, que possuem outra identidade de gênero.

Há ainda o preconceito contra as mulheres e o universo feminino, que pode ser identificado com o termo misoginia.

Leia mais sobre o conceito de Preconceito e Discriminação.

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.