Tropismo

Lana Magalhães

Tropismos são movimentos de crescimento das plantas em resposta a um estímulo externo.

O crescimento da planta pode ser direcionado ao estímulo ou contrário a ele. Quando o crescimento ocorre em direção ao estímulo, é denominado de tropismo positivo. Quando ocorre em sentido contrário, é considerado como tropismo negativo.

O tropismo é controlado pelas auxinas, hormônios vegetais. A auxina estimula o alongamento celular, controlando a direção do crescimento.

Tipos de Tropismo

Os tipos de tropismos são determinados pela natureza do estímulo. Os principais são o fototropismo e o gravitropismo.

O fototropismo é o crescimento em resposta à direção da luz. Os caules apresentam fototropismo positivo, pois crescem em direção a fonte de luz. Enquanto as raízes apresentam fototropismo negativo, crescendo em sentido contrário ao da fonte de luz.

Fototropismo. Crescimento em direção à fonte de luz.

Fototropismo. Crescimento em direção à fonte de luz.

O fototropismo positivo é resultado da ação direta de auxinas sobre o alongamento celular. Quando uma planta é exposta a uma fonte de luz, a auxina migra para o lado escuro do caule. Isso porque a luz direciona a auxina para o lado mais sombreado. Como resultado, as células do lado escuro do caule se alongam mais que as do lado claro e, por isso, o caule se curva.

Saiba mais sobre os Hormônios Vegetais.

O gravitropismo, também chamado de geotropismo, corresponde ao crescimento das plantas orientado pela gravidade. O caule apresenta geotropismo negativo, contra o sentido da gravidade. Nas raízes, o geotropismo é positivo.

Outro tipo de tropismo é o tigmotropismo. Nesse caso, o estímulo ao crescimento ocorre ao entrar em contato com um objeto. Um exemplo são as gavinhas, que se enrolam sobre suportes físicos.

Movimentos Vegetais

Nessa altura, você deve estar se perguntando: as plantas se movimentam?. A resposta é sim. Apesar dos movimentos não serem comparados aos dos animais, as plantas também se movimentam, porém, de modo mais lento e menos dinâmico.

As plantas podem apresentar três tipos de movimentos: tropismos, tactismos e nastismos.

Como já vimos, o tropismo é relacionado aos movimentos de crescimento em resposta a um estímulo.

O tactismo envolve movimentos de deslocamento de células em direção a um estímulo. Assim como os tropismos, podem ser positivos ou negativos.

O nastismo corresponde a movimentos relacionados a alterações relativamente rápidas no turgor de determinadas células. Ao contrário do tropismo, o nastismo não envolve crescimento e são movimentos reversíveis.

Um exemplo de nastismo ocorre com a planta dormideira (Mimosa pudica). Ao ser tocada, fecha suas folhas em resposta a um estímulo externo.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.