Dopamina


A Dopamina é um hormônio neurotransmissor de grande importância para a vida, localizado e produzido no cérebro, pela ativação da enzima tirosina hidroxilase. Trata-se de um composto químico (3,4-dihidroxi-feniletanamina) de fórmula molecular C8H11NO2, que atua como um mensageiro do nosso corpo e, quando liberada pelo hipotálamo, produz a sensação de bem-estar.

Assim, a dopamina é liberada durante a prática de exercícios, meditação, o ato sexual e mesmo quando estamos comendo algo apetitoso. Por isso, há diversos alimentos ricos em vitaminas e sobretudo de tirosina (aminoácido não essencial), os quais se ingeridos, proporcionam sensações de relaxamento, por exemplo, frutas (abacate, banana, maçã, melancia), vegetais (couve, espinafre, brócolis, salsa), amêndoas, carnes vermelhas, aves, peixes, feijões, sementes de abóbora e de gergelim, nozes, cogumelos, dentre outros.

Por outro lado, se apresentamos baixos níveis de dopamina no sangue, nos sentimos com menos energia, disposição e mais depressivos. Algumas doenças estão associadas a níveis anormais (altas ou baixas taxas) de dopamina tal qual a doença degenerativa denominada de Mal de Parkinson, posto que as células nervosas que produzem a substância envelhecem. Além disso, muitas drogas psicoativas estão associadas a liberação de dopamina, e portanto, à dependência química (vício).

Para saber mais: Hormônios e Sistema Nervoso

Principais Funções

As principais funções da dopamina no nosso corpo são:

  • Melhora a memória, humor, cognição e a atenção
  • Estimula as sensações de bem estar e prazer
  • Controla apetite, sono, funções mentais e motoras
  • Combate ansiedade e depressão
  • Relacionada com a capacidade de superação de desafios (motivação)

História

A dopamina foi sintetizada em laboratório no início do século XX, pelo cientista inglês George Barger (1878-1939). Mais tarde, em 1958, os químicos suecos Arvid Carlsson e Nils-Ake Hillarp, descobriram funções atribuídas a essa substância, sobretudo como um neurotransmissor.

Dopamina e Adrenalina

Há confusões acerca dos compostos químicos dopamina e adrenalina, embora o primeiro seja precursor natural da adrenalina e da noradrenalina.

Para saber mais: Adrenalina

Uso Medicinal

Utilizada como medicamento, a dopamina que atua no sistema nervoso é indicada para pacientes com depressão, fadiga, esquizofrenia e Mal de Parkinson.