Estilística

Daniela Diana

A Estilística estuda a linguagem e a sua capacidade de tornar as mensagens mais ou menos emotivas e bonitas. Por esse motivo, é uma área muito importante nos meios literários.

Se por um lado a Gramática preocupa-se com a norma culta da língua, a Estilística vem complementar os estudos da linguagem, na medida em que enfoca a função expressiva dos discursos através de recursos estilísticos.

Campos da Estilística

De acordo com os estudiosos, a Estilística pode ser dividida nos seguintes campos:

Estilística Fônica

Nesse campo, as figuras de som contribuem para atribuir harmonia aos textos mediante a sonoridade, como podemos verificar nas figuras de som ou harmonia abaixo:

Aliteração: a repetição de consoantes marca o ritmo do texto. Exemplo:

O peito do pé do Pedro é preto.

Assonância: a repetição harmônica das vogais intensificam o ritmo do texto. Exemplo:

Minha Foz do Iguaçu
Pólo Sul, meu azul
Luz do sentimento nu

(Trecho da música Linha do Equador - Djavan)

Onomatopeia: a reprodução de fonemas e palavras que imitam sons aumentam a expressividade do discurso. Exemplo:

Exemplo de onomatopeia
"Chuac" é a onomatopeia que representa o som do beijo

Estilística Morfológica

Esse campo da Estilística se preocupa principalmente com a forma. Para tanto, o recurso mais utilizado para exprimir mais emoção ao texto são os sufixos aumentativos e diminutivos. Exemplo:

No Brasil, usa-se o diminutivo principalmente em relação à comida. Nada nos desperta sentimentos tão carinhosos quanto uma boa comidinha.
- Mais um feijãozinho?
O feijãozinho passou dois dias borbulhando num daqueles caldeirões de antropófagos com capacidade para três missionários. Leva porcos inteiros, todos os miúdos e temperos conhecidos e, parece, um missionário. Mas a dona de casa o trata como um mingau de todos os dias.
- Mais um feijãozinho?
- Um pouquinho.
- E uma farofinha?
- Ao lado do arrozinho?
- Isso.
- E quem sabe mais uma cervejinha?
- Obrigadinho.

(Trecho de Diminutivo - Luís Fernando Veríssimo)

Estilística Sintática

A Estilística Sintática recorre a uma série de recursos para proporcionar efeitos estéticos nos textos. Veja abaixo como as figuras de sintaxe ou de construção contribuem nesse sentido:

Silepse: a construção frasal baseia-se na concordância das ideias expressas no discurso. Exemplo:

Exemplo de silepse
Uso da silepse de pessoa em "mais da metade da população mundial somos crianças" e "as crianças, vamos ter o mundo nas mãos"

Anáfora: a repetição de palavras de forma regular marca o ritmo do texto. Exemplo:

Exemplo de anáfora
Uso da anáfora pela repetição de "se for"

Anacoluto: caracteriza-se pela mudança na sequência lógica da estrutura da frase tornando o texto mais interessante. Exemplo:

Eu, porque sou mole, você fica abusando. (Rubem Braga)

Estilística Semântica

No campo da Estilística Semântica os efeitos responsáveis por trazer emoção ao texto são as figuras de palavras ou semânticas. Dentre elas, destacam-se:

Metáfora: a comparação de palavras que não se relacionam entre si torna o texto mais atrativo. Exemplo:

Exemplo de metáfora
Na imagem acima, a aderência do o pneu à pista está sendo comparada à do durex no papel

Metonímia: é marcada pela transposição de significados, que considera a parte pelo todo. Exemplo:

Tinha tanta fome que comeu três pratos ao almoço.

A metonímia está presente na ideia "comer o pratos". Na verdade, a pessoa não comeu os pratos, mas o que continha neles.

Sinestesia: o efeito estilístico é transmitido através da associação de sensações por órgãos de sentidos diferentes. Exemplo:

Agora, o cheiro áspero das flores
leva-me os olhos por dentro de suas pétalas.

(Trecho de Recordação - Cecília Meireles)

O cheiro está associado ao olfato e não ao tato (cheiro áspero).

Para saber mais sobre a estilística, confira os conteúdos abaixo:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.