Metanol


Metanol ou álcool metílico é um composto orgânico da família dos álcoois, cuja fórmula molecular é CH3OH (o mesmo que CH4O).

Fórmula estrutural do metanol

Fórmula estrutural do metanol

Também conhecido como carbinol, ele é líquido, incolor, solúvel em água, tóxico, altamente inflamável e com chama quase imperceptíveis.

Seu ponto de ebulição é atingido aos 65 ºC, enquanto seu ponto de fusão é atingido a -98 ºC.

Obtenção

A obtenção do metanol pode ser feita através da destilação de madeiras, da reação de uma mistura de gases (reação do gás de síntese) ou, ainda, da cana-de-açúcar.

Inicialmente era obtido apenas pela destilação da madeira, motivo pelo qual ficou conhecido como álcool da madeira.

Propriedades

  • Altamente inflamável
  • Tóxico
  • Solúvel em água
  • Solvente polar
  • Ebulição aos 65 ºC
  • Fusão aos -98 ºC
  • Densidade: 792 kg/m3
  • Massa molar: 32,04 g/mol

Aplicações

O metanol é utilizado principalmente como solvente na indústria farmacêutica.

É também usado como combustível de carros de corrida e de aviões a jato. Esse composto é aplicado na produção de biodiesel e de plásticos e, finalmente, na extração de produtos de origem animal e vegetal.

Metanol e Etanol

O metanol e o etanol são os principais álcoois que existem. Ambos são combustíveis e, embora o metanol seja mais econômico, ele provoca corrosão no aço e aumenta as hipóteses de acidentes pelo fato de suas chamas serem quase invisíveis.

Em termos poluentes ambos apresentam a vantagem de não produzir dióxido de enxofre (SO2).

Outra diferença é que, enquanto o etanol pode ser ingerido, a ingestão do metanol pode ser fatal ou provocar sequelas graves, tal como a cegueira.

Recorde-se que o etanol é utilizado para fazer bebidas alcoólicas.

Leia também Álcoois e Características do Álcool.