O que é Monólogo


O Monólogo é um tipo de texto que é interpretado ou enunciado por apenas uma pessoa. Dessa forma, o discurso é feito para si próprio, de modo que o público, leitores ou ouvintes têm a sensação de ler o pensamento do seu intérprete.

Uma peça teatral pode ser ela toda um monólogo, como também pode ser apenas parte de uma encenação em que estão, ou não, presentes outros personagens. No momento do monólogo, se mais atores estiverem em cena não conversam entre si.

Classificação

Embora o monólogo não seja exclusivo do teatro, é muito frequente o associarmos ao gênero dramático.

Segundo o Dicionário de Teatro de Patrice Pavis, o monólogo pode ser:

  • Técnico - São transmitidas ideias passadas ao público.
  • Lírico - O discurso da personagem se assemelha a uma confidência carregada de emoção.
  • de Reflexão ou Decisão - Diante de uma decisão, o personagem reflete e discute com ele mesmo o que fazer, que decisão tomar.

É frequente encontrarmos apenas a classificação para dois tipos de monólogos teatrais: o monólogo exterior e o monólogo interior.

Nesse sentido, o monólogo exterior seria o monólogo técnico, enquanto o monólogo lírico e de reflexão, seria uma referência ao monólogo interior.

Exemplos

E sabes de uma coisa?
Cada vez que o sofrimento vem,
essa vontade de estar perto, se longe
ou estar mais perto se perto
Que é que eu sei?
Este sentir-se fraco,
o peito extravasado
o mel correndo,
essa incapacidade de me sentir mais eu, Orfeu;
Tudo isso que é bem capaz
de confundir o espírito de um homem.

(Trecho de Monólogo de Orfeu, de Vinícius de Moraes)

Sou criança! Cheguei, recentemente, de uma longa viagem. Andei pelo caminho misterioso do pensamento dos meus pais, e, durante a concepção, fiz um estágio muito feliz ao lado do coração da minha mãe.
Hoje estou aqui, um pouco assustada, porque os adultos conversam coisas confusas que ainda não consegui entender. A vida é simples e bonita, mas os adultos complicam tudo.

(Trecho de Monólogo de Criança, de Ivone Boechat)

Quer saber mais? Leia: