Questões do Enem gratuitas separadas por conteúdo

Márcia Fernandes

Selecionamos algumas questões das 4 provas objetivas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem):

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias

Aqui você testa como seria o seu desempenho no Enem. Não perca tempo! Faça os exercícios e confira as respostas no fim de cada um deles.

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Linguagens, códigos e suas tecnologias

Língua Estrangeira

1. (Enem/2017)

One of the things that made and incredible impression on me in the film was Frida’s comfort in and celebration of her own unique beauty. She didn’t try to fit into conventional ideas or images about womanhood or what makes someone or something beautiful. Instead, she fully inhabited her own unique gifts, not particularly caring what other people thought. She was magnetic and beautiful in her own right. She painted for years, not to be a commercial success or to be discovered, but to express her own inner pain, joY, family, love and culture. She absolutely and resolutely was who she was. The trueness of her own unique vision and her ability to stand firmly in her own truth was what made her successful in the end.

HUTZLER, L. Disponível em: www.etbscreenwriting.com.Acesso em: 6 de maio 2013.

A autora desse comentário sobre o filme Frida mostra-se impressionada com o fato de a pintora

A) ter uma aparência exótica.
B) vender bem a sua imagem.
C) ter grande poder de sedução.
D) assumir sua beleza singular.
E) recriar-se por meio da pintura.

Alternativa correta: D) assumir sua beleza singular.

A) ERRADA. A autora do comentário em nenhum momento afirma que a aparência de Frida seja exótica. Todo o cerne do texto está, na verdade, direcionado às percepções que Frida tinha dela própria. Isso é expresso no seguinte trecho: “One of the things that made an incredible impression on me in the film was Frida’s comfort in and celebration of her own unique beauty.” (Uma das coisas do filme que me causaram uma impressão incrível foi o à vontade e a celebração de Frida no que diz respeito à sua própria beleza única.)

B) ERRADA. O comentário não diz que Frida quer vender bem a sua imagem. Esta afirmação é, na verdade, contrária ao que consta no texto, pois a autora destaca o fato de Frida não seguir padrões e de não se importar com as opiniões alheias. Essa informação é expressa no seguinte trecho: “She didn’t try to fit into conventional ideas or images about womanhood or what makes someone or something beautiful.” (Ela não tentou se encaixar em ideias ou imagens convencionais sobre a condição de ser mulher ou sobre o que faz alguém ou algo ser bonito.)

C) ERRADA. A autora não faz nenhuma menção sobre a sensualidade de Frida. O único comentário da autora sobre a aparência de Frida afirma que “She was magnetic and beautiful in her own right.” (Ela era atraente e linda do seu próprio jeito.)

D) CORRETA. A autora refere que uma das coisas do filme que causaram uma incrível impressão nela foi o à vontade e a celebração de Frida relativamente a sua própria beleza. Essas informações estão no trecho a seguir: “One of the things that made an incredible impression on me in the film was Frida’s comfort in and celebration of her own unique beauty.” (Uma das coisas do filme que me causaram uma impressão incrível foi o à vontade e a celebração de Frida no que diz respeito à sua própria beleza única.)

E) ERRADA. Fica explícito no texto que, para Frida, pintar não era uma forma de recriação de si própria, mas sim uma forma de expressar seus pensamentos e sentimentos. Isso é referido no seguinte trecho: “She painted for years, not to be a commercial success or to be discovered, but to express her own inner pain, joy, family, love and culture.” (Ela pintou por anos, não para ser um sucesso comercial ou para ser descoberta, mas como forma de se pronunciar sobre sua própria dor, alegria, família, amor e cultura.)

Temos certeza que estes textos vão te ajudar:

2. (Enem/2017)

El carpintero

Orlando Goicoechea reconoce las maderas por el olor, de qué árboles vienen, qué edad tienen, y oliéndolas sabe si fueron cortadas a tiempo o a destiempo y les adivina los posibles contratiempos.

Al cabo de tantos años de trabajo, Orlando se ha dado el lujo de comprarse un video, y ve una película tras otra.

No sabía que eras loco por cine le dice el vecino.

Y Orlando le explica que no, que a él ni le va ni le viene, pero gracias al video puede detener las películas para estudiar los muebles.

GALEANO, E. Disponível em: http://elcajondesatre.blogcindarrio.com. Acesso em: 18 abr. 2012.

No conto de Galeano, a expressão ni le va ni le viene encerra uma opinião a respeito de cinema que

A) desconstrói a ideia central do conto sobre a importância das atividades de lazer.
B) contradiz a percepção que o narrador tem em relação à profissão exercida por Orlando.
C) revela o descaso do narrador com relação ao ofício desempenhado por Orlando.
D) reforça a impressão do vizinho de que Orlando gostava de filmes.
E) evidencia a extrema devoção do carpinteiro ao seu ofício.

Alternativa correta: E) evidencia a extrema devoção do carpinteiro ao seu ofício.

A) ERRADA: a ideia central do texto não é a importância das atividades de lazer, mas sim a relação de Orlando com o seu trabalho. Isso fica explícito logo no primeiro parágrafo: “Orlando Goicoechea reconoce las maderas por el olor, de qué árboles vienen, qué edad tienen, y oliéndolas sabe si fueron cortadas a tiempo o a destiempo y les adivina los posibles contratiempos.” (Orlando Goicoechea reconhece as madeiras pelo cheiro, sabe de quais árvores são provenientes, que idades têm e, ao cheirá-las, sabe se foram cortadas a tempo ou fora de época, e advinha os possíveis contratempos.)

B) ERRADA. Na verdade, o uso da expressão contradiz a percepção que o narrador tem em relação à opinião de Orlando sobre cinema. Inicialmente ele achou que Orlando fosse um grande fã da telona, mas percebeu que ele apenas gostava de ver vídeos que lhe permitissem estudar os móveis. Essa conclusão está no trecho a seguir: “No sabía que eras loco por cine le dice el vecino. Y Orlando le explica que no, que a él ni le va ni le viene, pero gracias al video puede detener las películas para estudiar los muebles.” (Não sabia que você era louco por cinema, disse o vizinho. E Orlando lhe explica que não, que para ele é indiferente, mas que graças ao vídeo ele pode parar os filmes para estudar os móveis.)

C) ERRADA. Em nenhuma parte do texto o narrador mostra descaso em relação ao trabalho de Orlando. Na verdade, o uso da expressão mostra o descaso de Orlando em relação aos filmes propriamente ditos, afinal, seu único interesse era a possibilidade de parar a imagem para estudar os móveis. Isso fica expresso no trecho a seguir: “No sabía que eras loco por cine le dice el vecino. Y Orlando le explica que no, que a él ni le va ni le viene, pero gracias al video puede detener las películas para estudiar los muebles.” (Não sabia que você era louco por cinema, disse o vizinho. E Orlando lhe explica que não, que para ele é indiferente, mas que graças ao vídeo ele pode parar os filmes para estudar os móveis.)

D) ERRADA. Orlando não gosta propriamente de filmes. Na verdade, ele assiste os filmes para observar e estudar os móveis. Pode-se chegar à esta conclusão através do seguinte trecho: “No sabía que eras loco por cine le dice el vecino. Y Orlando le explica que no, que a él ni le va ni le viene, pero gracias al video puede detener las películas para estudiar los muebles.” (Não sabia que você era louco por cinema, disse o vizinho. E Orlando lhe explica que não, que para ele é indiferente, mas que graças ao vídeo ele pode parar os filmes para estudar os móveis.)

E) CORRETA. Orlando é tão devoto do seu ofício que o intuito ao comprar um vídeo não foi propriamente o prazer de assistir filmes, mas sim a possibilidade de pausar a imagem para poder, assim, estudar os móveis que aparecessem.

3. (Enem/2017)

Aquí estoy establecido,
En los Estados Unidos,
Diez años pasaron ya,
En que crucé de mojado,
Papeles no he arreglado,
Sigo siendo un ilegal.
Tengo mi esposa y mis hijos,
Que me los traje muy chicos,
Y se han olvidado ya,
De mi México querido,
Del que yo nunca me olvido,
Y no puedo regresar.
[...]
Mis hijos no hablan conmigo,
Otro idioma han aprendido,
Y olvidado el español,
Piensan como americanos,
Niegan que son mexicanos,
Aunque tengan mi color.

LOS TIGRES DEL NORTE. Jaula de oro. Woodland Hills, Califórnia: Fonovisa, 1986 (fragmento).

A letra de canção coloca em cena um dilema por vezes vivenciado por imigrantes. Esse dilema se configura no sentimento do pai em relação ao (à)

A) diluição de sua identidade latino-american, advinda do contato cotidiano com o outro.
B) distanciamento dos filhos, gerado pela apropriação da língua e da cultura do outro.
C) preconceito étnico-racial sofrido pelos imigrantes mexicanos no novo país.
D) desejo de se integrar à nova cultura e de se comunicar na outra língua.
E) vergonha perante os filhos de viver ilegalmente em outro país.

Alternativa correta: B) distanciamento dos filhos, gerado pela apropriação da língua e da cultura do outro.

A) ERRADA. A identidade latino-americana é um motivo de orgulho para o pai. A diluição da identidade por conta do contato cotidiano com o outro aconteceu, na verdade, na família dele. Isso foi expresso no seguinte trecho:

“Y se han olvidado ya,
De mi México querido,
Del que yo nunca me olvido,”
(E já se esqueceram,
Do meu México querido
Do qual eu nunca me esqueço.)

B) CORRETA. Apesar de o pai ser de nacionalidade mexicana, os filhos nasceram nos Estados Unidos. Devido à apropriação da língua e da cultura do outro, houve um distanciamento dos filhos em relação à cultura mexicana. Essa informação pode ser confirmada no trecho a seguir:

“Mis hijos no hablan conmigo,
Otro idioma han aprendido,
Y olvidado el español,
Piensan como americanos,
Niegan que son mexicanos,
Aunque tengan mi color.”

(Meus filhos não falam comigo,
Aprenderam outro idioma,
E esqueceram o espanhol,
Pensam como americanos
Negam que são mexicanos,
Ainda que tenham a minha cor.)

C) ERRADA. O texto, em nenhum momento, aborda a questão do preconceito sofrido por imigrantes. O foco principal do texto é, na verdade, o distanciamento de alguns descendentes de imigrantes em relação à cultura do país de origem de seus pais. Essa realidade é expressa no texto através do trecho relatado pelo pai, mexicano e imigrante nos Estados Unidos.

“Mis hijos no hablan conmigo,
Otro idioma han aprendido,
Y olvidado el español,
Piensan como americanos,
Niegan que son mexicanos,
Aunque tengan mi color.”

(Meus filhos não falam comigo,
Aprenderam outro idioma,
E esqueceram o espanhol,
Pensam como americanos
Negam que são mexicanos,
Ainda que tenham a minha cor.)

D) ERRADA. O dilema da letra da música ocorre, na verdade, por conta do sentimento de um pai (mexicano e imigrante nos Estados Unidos) sobre o distanciamento de seus filhos (nascidos nos Estados Unidos) em relação a sua pátria de origem e sua respectiva cultura.

Essa constatação pode dar-se através do seguinte trecho:

“Mis hijos no hablan conmigo,
Otro idioma han aprendido,
Y olvidado el español,
Piensan como americanos,
Niegan que son mexicanos,
Aunque tengan mi color.”

(Meus filhos não falam comigo,
Aprenderam outro idioma,
E esqueceram o espanhol,
Pensam como americanos
Negam que são mexicanos,
Ainda que tenham a minha cor.)

E) ERRADA. O fato de viver ilegalmente nos Estados Unidos não é um motivo de vergonha para pai perante seus filhos, mas sim de tristeza. Devido ao fato de ser um imigrante ilegal, ele nunca pôde voltar ao México, seu tão amado país de origem.

Essa informação pode ser verificada no trecho a seguir:

“De mi México querido,
Del que yo nunca me olvido,
Y no puedo regresar.

(Do meu México querido,
Do qual eu nunca me esqueço
E não posso voltar.)

Língua Portuguesa

4. (Enem/2017)

Garcia tinha-se chegado ao cadáver, levantara o lenço e contemplara por alguns instantes as feições defuntas. Depois, como se a morte espiritualizasse tudo, inclinou-se e beijou-a na testa. Foi nesse momento que Fortunato chegou à porta. Estacou assombrado; não podia ser o beijo da amizade, podia ser o epílogo de um livro adúltero [...].

Entretanto, Garcia inclinou-se ainda para beijar outra vez o cadáver, mas então não pôde mais. O beijo rebentou em soluços, e os olhos não puderam conter as lágrimas, que vieram em borbotões, lágrimas de amor calado, e irremediável desespero. Fortunato, à porta, onde ficara, saboreou tranquilo essa explosão de dor moral que foi longa, muito longa, deliciosamente longa.

ASSIS, M. A causa secreta. Disponível em: www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 9 out. 2015.

No fragmento, o narrador adota um ponto de vista que acompanha a perspectiva de Fortunato. O que singulariza esse procedimento narrativo é o registro do(a)

A) indignação face à suspeita do adultério da esposa.
B) tristeza compartilhada pela perda da mulher amada.
C) espanto diante da demonstração de afeto de Garcia.
D) prazer da personagem em relação ao sofrimento alheio.
E) superação do ciúme pela comoção decorrente da morte.

Alternativa correta D): prazer da personagem em relação ao sofrimento alheio.

A) ERRADA. O texto menciona o espanto de Fortunato ao perceber que o beijo que Garcia tinha dado na sua esposa defunta indicava adultério (“não podia ser o beijo da amizade, podia ser o epílogo de um livro adúltero”), mas não há mostras de que o esposo traído tenha ficado indignado com a situação.

B) ERRADA. O texto não revela que Fortunato e Garcia partilhem tristeza em decorrência daquela morte, mas sim indica como o sofrimento de Garcia (“lágrimas de amor calado, e irremediável desespero”) causa prazer em Fortunato (“saboreou tranquilo essa explosão de dor”).

C) ERRADA. Embora o beijo dado por Garcia na defunta tenha surpreendido Fortunato (“Estacou assombrado”), o texto dá mais relevância ao prazer que ele sente ao ver o quanto o traidor está sofrendo (“explosão de dor moral que foi longa, muito longa, deliciosamente longa.”).

D) CORRETA. A primeira vez que Fortunato é mencionado no texto é o momento em que ele, chegando à porta, fica surpreso ao ver como Garcia beija a defunta.

A partir daí, o texto descreve o sentimento de Fortunato ao assistir o comportamento de Garcia, cujo sofrimento dá-lhe gozo (“Fortunato, à porta, onde ficara, saboreou tranquilo essa explosão de dor moral que foi longa, muito longa, deliciosamente longa.”).

E) ERRADA. Fortunato não supera o ciúme, pelo contrário, ele saboreia a tristeza de Garcia em decorrência da morte da mulher amada (“saboreou tranquilo essa explosão de dor moral”).

5. (Enem/2017)

João/Zero (Wagner Moura) é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos atrás foi humilhado publicamente durante uma festa e perdeu Helena (Alinne Moraes), uma antiga e eterna paixão. Certo dia, uma experiência com um de seus inventos permite que ele faça uma viagem no tempo, retornando para aquela época e podendo interferir no seu destino. Mas quando ele retorna, descobre que sua vida mudou totalmente e agora precisa encontrar um jeito de mudar essa história, nem que para isso tenha que voltar novamente ao passado. Será que ele conseguirá acertar as coisas?

Disponível em: http://adorocinema.com. Acesso em: 4 out. 2011.

Qual aspecto da organização gramatical atualiza os eventos apresentados na resenha, contribuindo para despertar o interesse do leitor pelo filme?

A) O emprego do verbo haver, em vez de ter, em “há 20 anos atrás foi humilhado”.
B) A descrição dos fatos com verbos no presente do indicativo, como “retorna” e “descobre”.
C) A repetição do emprego da conjunção “mas” para contrapor ideias.
D) A finalização do texto com a frase de efeito “Será que ele conseguirá acertar as coisas?”.
E) O uso do pronome de terceira pessoa “ele” ao longo do texto para fazer referência ao protagonista “João/Zero”.

Alternativa correta B): A descrição dos fatos com verbos no presente do indicativo, como “retorna” e “descobre”.

A) ERRADA. No trecho mencionado, o verbo haver não foi empregado no sentido de “ter” ou “existir” (Exemplo: Há filmes muito interessantes), mas no sentido de acontecimento.

B) CORRETA. O fato de descrever algo que aconteceu, mas utilizar verbos no presente, desperta interesse nas pessoas (“Mas quando ele retorna, descobre que sua vida mudou totalmente”).

Ao longo do texto, apesar de outros tempos verbais, o presente do indicativo é o verbo predominante. Assim, o texto está organizado em volta desse tempo e modo verbal.

C) ERRADA. Há duas ocorrências da conjunção adversativa “mas” no texto, no entanto elas não contribuem para despertar interesse pelo filme.

D) ERRADA. Apesar da frase final despertar interesse no leitor, porque o questiona com um verbo no futuro, esta pergunta da prova respeita à organização gramatical, ou seja, algo utilizado ao longo do texto que sirva para incentivar as pessoas a assistir ao filme. No texto, há apenas uma ocorrência de verbo no futuro do presente, motivo pelo qual a alternativa está errada.

E) ERRADA. O uso do pronome não concorre para incentivar o leitor a assistir ao filme. “Ele” é utilizado como mecanismo de coesão, de forma a evitar a repetição do nome do protagonista e, assim, tornar a leitura mais agradável.

6. (Enem/2017)

O homem disse, Está a chover, e depois, Quem é você, Não sou daqui, Anda à procura de comida, Sim, há quatro dias que não comemos, E como sabe que são quatro dias, É um cálculo, Está sozinha, Estou com o meu marido e uns companheiros, Quantos são, Ao todo, sete, Se estão a pensar em ficar conosco, tirem daí o sentido, já somos muitos, Só estamos de passagem, Donde vêm, Estivemos internados desde que a cegueira começou, Ah, sim, a quarentena, não serviu de nada, Por que diz isso, Deixaram-nos sair, Houve um incêndio e nesse momento percebemos que os soldados que nos vigiavam tinham desaparecido, E saíram, Sim, Os vossos soldados devem ter sido dos últimos a cegar, toda a gente está cega, Toda a gente, a cidade toda, o país,

SARAMAGO, J. Ensaio sobre a cegueira. São Paulo: Cia. das Letras, 1995.

A cena retrata as experiências das personagens em um país atingido por uma epidemia. No diálogo, a violação de determinadas regras de pontuação

A) revela uma incompatibilidade entre o sistema de pontuação convencional e a produção do gênero romance.
B) provoca uma leitura equivocada das frases interrogativas e prejudica a verossimilhança.
C) singulariza o estilo do autor e auxilia na representação do ambiente caótico.
D) representa uma exceção às regras do sistema de pontuação canônica.
E) colabora para a construção da identidade do narrador pouco escolarizado.

Alternativa correta C): singulariza o estilo do autor e auxilia na representação do ambiente caótico.

A) ERRADA. A ausência de pontos e outros recursos gráficos, tal como o travessão em “O homem disse, Está a chover” é a proposta intencionalmente feita por José Saramago para obter a expressão desejada no seu texto, que é o de apresentar um ambiente caótico.

B) ERRADA. Tal como mencionado na alternativa A) a ausência de pontos de interrogação (“Quem é você”, “E como sabe que são quatro dias”) é feito de forma proposital, com o objetivo de garantir a expressividade que o autor deseja transmitir aos leitores.

C) CORRETA. O recurso utilizado por José Saramago é chamado de licença poética. Através dela, é permitido ao escritor expressar-se de forma “errada” para atingir um objetivo, neste caso, apresentar um ambiente desordenado.

D) ERRADA. Há várias fugas de regras gramaticais ao longo do texto, o que não pode ser considerado uma exceção. Faltam travessões para sinalizar os diálogos, além de pontos para finalizar os períodos. A quantidade de “erros” sinaliza a utilização da licença poética.

E) ERRADA. A licença poética poderia ter sido utilizada com o objetivo de transmitir a ideia de que o narrador é pouco escolarizado, mas o contexto indica que o mais relevante neste texto é a transmissão de caos em decorrência de uma epidemia (“Ah, sim, a quarentena, não serviu de nada, Por que diz isso, Deixaram-nos sair”).

Ciências humanas e suas tecnologias

Ciências humanas

História

7. (Enem/2017)

Mas era sobretudo a lã que os compradores, vindos de Flandres ou da Itália, procuravam por toda a parte. Para satisfazê-los, as raças foram melhoradas através do aumento progressivo das suas dimensões. Esse crescimento prosseguiu durante todo o século XIII, e as abadias da Ordem de Cister, onde eram utilizados os métodos mais racionais de criação de gado, desempenharam certamente um papel determinante nesse aperfeiçoamento.

DUBY, G. Economia rural e vida no campo no Ocidente medieval. Lisboa: Estampa, 1987 (adaptado).

O texto aponta para a redação entre aperfeiçoamento da atividade pastoril e avanço técnico na Europa ocidental feudal, que resultou do(a)

A) crescimento do trabalho escravo.
B) desenvolvimento da vida urbana.
C) padronização dos impostos locais.
D) uniformização do processo produtivo.
E) desconcentração da estrutura fundiária.

Alternativa correta: B) desenvolvimento da vida urbana.

A) ERRADA. O uso da mão de obra escrava era muito pontual na Europa desta época.

B) CORRETA. Com o desenvolvimento da vida urbana, o consumo de vestimentas aumentou e, consequentemente, a produção de lã precisou acompanhar este crescimento.

C) ERRADA. A padronização dos impostos locais só ocorrerá séculos mais tarde.

D) ERRADA. A uniformização do processo produtivo acontecerá séculos mais tarde.

E) ERRADA. Este fenômeno não acontece neste momento.

8. (Enem/2017)

Estão aí, como se sabe, dois candidatos à presidência, os senhores Eduardo Gomes e Eurico Dutra, e um terceiro, o senhor Getúlio Vargas, que deve ser candidato de algum grupo político oculto, mas é também o candidato popular. Porque há dois “queremos”: o “queremos” dos que querem ver se continuam nas posições e o “queremos” popular... Afinal, o que é que o senhor Getúlio Vargas é? É fascista? É comunista? É ateu? É cristão? Quer sair? Quer ficar? O povo, entretanto, parece que gosta dele por isso mesmo, porque ele é “à moda da casa”.

A Democracia. 16 set. 1945, apud GOMES, A.C.; D’ARAÚJO, M. C. Getulismo e trabalhismo. São Paulo: Ática, 1989.

O movimento político mencionado no texto caracterizou-se por

A) reclamar a participação das agremiações partidárias.
B) apoiar a permanência da ditadura estadonovista.
C) demandar a confirmação dos direitos trabalhistas.
D) reivindicar a transição constitucional sob influência do governante.
E) resgatar a representatividade dos sindicatos sob controle social.

Alternativa correta: D) reivindicar a transição constitucional sob influência do governante.

A) ERRADA. As agremiações partidárias não são mencionadas no texto.

B) ERRADA. O autor já fala de eleições democráticas.

C) ERRADA. O texto não menciona esta possibilidade de demanda de direitos trabalhistas.

D) CORRETA. Em 1945, com o Brasil lutando na Segunda Guerra pela democracia, as contradições internas da ditadura varguista aumentaram. Vários setores pediam o fim da censura, a celebração de eleições presidenciais, a legalização do Partido Comunista, entre outras medidas.

Getúlio Vargas também se apresenta como candidato, mas sabe que já não pode governar sem o apoio da Constituição. Por isso, aceita se submeter às eleições a fim de continuar no poder.

E) ERRADA. Vargas precisava dos sindicatos para ser eleito.

Quer ficar craque em História? Não deixe de ler outros textos relacionados com esse tema:

Geografia

9. (Enem/2017)

A instalação de uma refinaria obedece a diversos fatores técnicos. Um dos mais importantes é a localização, que deve ser próxima tanto dos centros de consumo como das áreas de produção. A Petrobras possui refinarias estrategicamente distribuídas pelo país. Elas são responsáveis pelo processamento de milhões de barris de petróleo por dia, suprindo o mercado com derivados que podem ser obtidos a partir de petróleo nacional ou importado.

MURTA, A. L. S. Energia: o vício da civilização; crise energética e alternativas sustentáveis. Rio de Janeiro: Garamond, 2011.

A territorialização de uma unidade produtiva depende de diversos fatores locacionais. A partir da leitura do texto, o fator determinante para a instalação das refinarias de petróleo é a proximidade a

A) sedes de empresas petroquímicas.
B) zonas de importação de derivados.
C) polos de desenvolvimento tecnológico.
D) áreas de aglomerações de mão de obra.
E) espaços com infraestrutura de circulação.

Alternativa correta: E) espaços com infraestrutura de circulação.

A) ERRADA. As sedes das empresas não precisam estar relacionadas diretamente com a localização das refinarias. No período pós-globalização, com o avanço das tecnologias da informação, as empresas podem gerir facilmente a produção à distância.

B) ERRADA. As zonas de exportação serão abastecidas mediante as logísticas definidas pelas empresas.

C) ERRADA. Os polos de desenvolvimento tecnológico não precisam estabelecer uma relação de proximidade com as refinarias.

D) ERRADA. A mão de obra, especializada ou não, tende a se organizar observando o local da oferta de postos de trabalho.

E) CORRETA. O fator decisivo para a instalação de uma refinaria de petróleo é a capacidade logística e de infraestrutura para a circulação e o escoamento da produção (dutos, hidrovias, rodovias, etc.).

10. (Enem/2017)

A configuração do espaço urbano da região do Entorno do Distrito Federal assemelha-se às demais aglomerações urbanas e regiões metropolitanas do país, onde é facilmente identificável a constituição de um centro dinâmico e desenvolvido, onde se concentram as oportunidades de trabalho e os principais serviços, e a constituição de uma região periférica concentradora de população de baixa renda, com acesso restrito às principais atividades com capacidade de acumulação e produtividade, e aos serviços sociais e infraestrutura básica.

CAIADO, M.C. A migração intrametropolitana e o processo de estruturação do espaço urbano da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno. IN: HOGAN, D.J. et al. (Org). Migração e ambiente nas aglomerações urbanas. Campinas: Nepo/Unicamp, 2002.

A organização interna do aglomerado urbano descrito é resultado da ocorrência do processo de

A) expansão vertical.
B) polarização nacional.
C) emancipação municipal.
D) segregação socioespacial.
E) desregulamentação comercial.

Alternativa correta: D) segregação socioespacial.

A) ERRADA. O texto não menciona edifícios que são os principais responsáveis pelo fenômeno da verticalização numa cidade.

B) ERRADA. Nada é dito sobre um conflito nacional.

C) ERRADA. A cidade não foi desmembrada e nem separada em novos municípios.

D) CORRETA. O texto descreve uma situação onde há mais infraestrutura num determinado espaço, enquanto outro carece de um mínimo de serviços públicos e empregos.

E) ERRADA. Não há evidências no texto que tenha havido alguma lei que tenha provocado desregulamentação comercial.

11. (Enem/2017)

O fenômeno da mobilidade populacional vem, desde as últimas décadas do século XX, apresentando transformações significativas no seu comportamento, não só no Brasil como também em outras partes do mundo. Esses novos processos se materializam, entre outros aspectos, na dimensão interna, pelo redirecionamento dos fluxos migratórios para as cidades médias, em detrimento dos grandes centros urbanos; pelos deslocamentos de curta duração e a distâncias menores; pelos movimentos pendulares, que passam a assumir maior relevância nas estratégias de sobrevivência, não mais restritos aos grandes aglomerados urbanos.

OLIVEIRA, L. A. P.; OLIVEIRA, A. T. R. Reflexões sobre os deslocamentos populacionais no Brasil. Rio de Janeiro, IBGE, 2011 (adaptado).

A redefinição dos fluxos migratórios internos no Brasil, no período apontado no texto, tem como causa a intensificação do processo de

A) descapitalização do setor primário.
B) ampliação da economia informal.
C) tributação da área residencial citadina.
D) desconcentração da atividade industrial.
E) saturação da empregabilidade no setor terciário.

Alternativa correta: D) desconcentração da atividade industrial.

A) ERRADA. O setor primário é a agricultura, que não é mencionada no texto.

B) ERRADA. A economia informal é aquela que funciona à margem da lei, e tal atividade não é citada no texto.

C) ERRADA. Nenhum imposto ou taxa é mencionado no texto.

D) CORRETA. O trecho faz menção às mudanças nas atividades econômicas nas últimas décadas, com ênfase na atividade industrial, que se concentrava nas grandes cidades. Estas deixam de ser atrativas e as cidades médias surgem como opção para migração.

E) ERRADA. O setor terciário, que compreende os serviços e comércio, é um dos que mais emprega atualmente. Sendo assim, não há uma saturação neste mercado.

12. (Enem/2017)

O comércio soube extrair um bom proveito da interatividade própria do meio tecnológico. A possibilidade de se obter um alto desenho do perfil de interesses do usuário, que deverá levar à últimas consequências o princípio da oferta como isca para o desejo consumista, foi o principal deles.

SANTAELLA, L. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2003 (adaptado).

Do ponto de vista comercial, o avanço das novas tecnologias, indicado no texto, está associado à

A) atuação do consumidores como fiscalização da produção.
B) exigência de consumidores conscientes de seus direitos.
C) relação direta entre fabricantes e consumidores.
D) individualização das mensagens publicitárias.
E) manutenção das preferências de consumo.

Alternativa correta: D) individualização das mensagens publicitárias.

A) ERRADA. Não é feita nenhuma referência à relação entre consumidores e produção.

B) ERRADA. Nas relações de consumo nas redes sociais, o consumidor não é visto como um sujeito que possui direitos e, por isso, eles estão ausentes.

C) ERRADA. Atualmente, a relação de consumo passa pelas telas e por dispositivos móveis e não mais diretamente entre fabricantes e consumidores.

D) CORRETA. As redes sociais multiplicaram as possibilidades de conhecer o consumidor fazendo que a propaganda possa ser direcionada para um público cada vez mais segmentado.

E) ERRADA. A manutenção das preferências de consumo não está contemplada no texto, mas somente a possibilidade de oferecer mais produtos ao consumidor.

Sociologia

13. (Enem/2017)

Muitos países se caracterizam por terem populações multiétnicas. Com frequência, evoluíram desse modo ao longo de séculos. Outras sociedades se tornaram multiétnicas mais rapidamente, como resultado de políticas incentivando a migração, ou por conta de legados coloniais e imperiais.

GIDDENS, A. Sociologia. Porto Alegre: Penso, 2012 (adaptado).

Do ponto de vista do funcionamento das democracias contemporâneas, o modelo de de sociedade descrito demanda, simultaneamente,

A) defesa do patriotismo e rejeição ao hibridismo.
B) universalização de direitos e respeito à diversidade.
C) segregação do território e estímulo ao autogoverno.
D) políticas de compensação e homogeneização do idioma.
E) padronização da cultura e repressão aos particularismos.

Alternativa correta: B) universalização de direitos e respeito à diversidade.

A) ERRADA. A defesa do patriotismo e a rejeição do hibridismo cultural restringem a participação política e não atendem às demandas das democracias contemporâneas. A cidadania nos Estados, no período pós-globalização, vem se alterando e exigindo uma maior flexibilidade das políticas para garantir os direitos.

B) CORRETA. A garantia de direitos universais e o respeitos às diferenças (diversidade) configuram-se como um novo modo de governação presente nas sociedades democráticas atualmente. As políticas democráticas tendem a respeitar a pluralidade e a heterogeneidade de seus cidadãos.

C) ERRADA. A segregação territorial e o estímulo ao autogoverno não fazem parte dos ideais democráticos que visam garantir a isonomia (igualdade de direitos) entre seus cidadãos.

D) ERRADA. Apesar de que algumas políticas compensatórias objetivem a equidade e a reparação de injustiças históricas, a homogeneização do idioma impõe um único modo de comunicação a um ambiente diverso.

E) ERRADA. A padronização da cultura e a repressão aos particularismos são formas etnocêntricas de gestão da cultura e modos de desrespeito à diversidade. Elegem um único padrão cultural como norma e tendem a marginalizar os indivíduos e grupos que não se adequam.

14. (Enem/2017)

A participação da mulher no processo de decisão política ainda é extremamente limitada em praticamente todos os países, independentemente do regime econômico e social e da estrutura institucional vigente em cada um deles. É fato público e notório, além de empiricamente comprovado, que as mulheres estão em geral sub-representadas nos órgãos do poder, pois a proporção não corresponde jamais ao peso relativo dessa parte da população.

TABAK, F. Mulheres públicas: participação políticas e poder. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2002.

No âmbito do Poder Legislativo brasileiro, a tentativa de reverter esse quadro de sub-representação tem envolvido a implementação, pelo Estado, de

A) leis de combate à violência doméstica.
B) cotas de gênero nas candidaturas partidárias.
C) programas de mobilização política nas escolas.
D) propagandas de incentivo ao voto consciente.
E) apoio financeiro às lideranças femininas.

Alternativa correta: B) cotas de gênero nas candidaturas partidárias.

A) ERRADA. As leis de combate à violência doméstica visa reparar um outro efeito da cultura patriarcal. Estudos mostram que a violência contra a mulher tem como fundamento o desenvolvimento cultural que tradicionalmente percebeu a mulher como um ser menos apto que o homem para o desenvolvimento de atividades de comando.

B) CORRETA. As cotas de gênero na eleições são uma política compensatória que visa democratizar o acesso aos cargos tradicionalmente exercidos por homens. O Brasil apresenta uma baixa representatividade feminina no governo. No ranking a partir de um relatório da ONU de 2019 sobre a participação feminina no governo, o Brasil encontra-se em 149º lugar entre 188 países. A participação de mulheres na política é aproximadamente de 9% o que é um número muito contrastante em relação à população, que é composta por cerca de 52% de mulheres.

C) ERRADA. A mobilização política nas escolas, apesar de sua importância para a politização dos estudantes, não garante a democratização e a participação feminina na política.

D) ERRADA. Os programas de incentivo ao voto consciente também fazem parte da resolução da questão, mas não atingem diretamente a participação feminina.

E) ERRADA. O Estado brasileiro não possui esse tipo de programa.

15. (Enem/2017)

O conceito de democracia, no pensamento de Habermas, é construído a partir de uma dimensão procedimental, calcada no discurso e na deliberação. A legitimidade democrática exige que o processo de tomada de decisões políticas ocorra a partir de uma ampla discussão pública, para somente então decidir. Assim, o caráter deliberativo corresponde a um processo coletivo de ponderação e análise, permeado pelo discurso, que antecede a decisão.

VITALE, D. Jürgen Habermas, modernidade e democracia deliberativa. Cadernos do CRH (UFBA), v. 19, 2006 (adaptado).

O conceito de democracia proposto por Jürgen Habermas pode favorecer processos de inclusão social. De acordo com o texto, é uma condição para que isso aconteça o(a)

A) participação direta periódica do cidadão.
B) debate livre e racional entre cidadãos e Estado.
C) interlocução entre os poderes governamentais.
D) eleição de lideranças políticas com mandatos temporários.
E) controle do poder político por cidadãos mais esclarecidos.

Alternativa correta: B) debate livre e racional entre cidadãos e Estado.

A) ERRADA. A participação do cidadão é uma preocupação no que diz respeito à legitimação do Estado. Entretanto, para o autor, essa participação é contínua, não há uma periodicidade.

B) CORRETA. O Pensamento de Habermas é marcado pela chamada democracia deliberativa. Nela, o debate livre e racional entre cidadãos e Estado estabeleceria as bases necessárias para a participação e a cidadania.

C) ERRADA. Para Habermas, a democracia é pautada no poder do povo pela deliberação coletiva em todas acerca das decisões do Estado, não tem como premissa a interlocução entre os poderes do governo.

D) ERRADA. Habermas propõe que o amplo debate seja realizado na esfera pública e não como reforço da democracia representativa, em que os líderes eleitos são os responsáveis por defender os interesses de seus eleitores.

E) ERRADA. O autor propõe o esclarecimento dos cidadãos para que todos possam agir criticamente e não uma sofocracia (governo dos mais sábios).

Filosofia

16. (Enem/2017)

Uma sociedade é uma associação mais ou menos autossuficiente de pessoas que em suas relações mútuas reconhecem certas regras de conduta como obrigatórias e que, na maioria das vezes, agem de acordo com elas. Uma sociedade é bem ordenada não apenas quando está planejada para promover o bem de seus membros, mas quando é também efetivamente regulada por uma concepção pública de justiça. Isto é, trata-se de uma sociedade na qual todos aceitam, e sabem que os outros aceitam, o mesmo princípio de justiça.

RAWLS, J. Uma teoria da justiça. São Paulo: martins Fontes, 1997 (adaptado).

A visão expressa nesse texto do século XX remete a qual aspecto do pensamento moderno?

A) A relação entre liberdade e autonomia do Liberalismo.
B) A independência entre poder e moral do Racionalismo.
C) A convenção entre cidadãos e soberano do Absolutismo.
D) A dialética entre indivíduo e governo autocrata do Idealismo.
E) A contraposição entre bondade e condição selvagem do Naturalismo.

Alternativa correta: A) A relação entre liberdade e autonomia do Liberalismo.

A) CORRETA. Rawls é um filósofo liberal que buscou criar uma teoria da justiça baseada na equidade entre os indivíduos.

Para tornar possível o consenso de todos sobre o que é justo e o que é injusto, o filósofo criou a ideia do “véu de ignorância” que garantiria a imparcialidade das tomadas de decisão. Garantiria assim os direitos e a liberdade comum a todos dentros dos princípios liberais encontrados, sobretudo, em Locke.

B) ERRADA. No texto, temos uma associação entre a concepção moral das pessoas e a relação com o Estado para que esse garanta o bem de todos. Não há, então, uma relação de independência.

C) ERRADA. Uma das bases do Absolutismo é o poder centrado na figura do soberano e não em uma convenção com os cidadãos.

D) ERRADA. Não há uma relação clara entre autocracia e o idealismo.

E) ERRADA. O naturalismo busca na natureza as explicações para as questões, no texto não encontramos essa relação.

17. (Enem/2017)

A representação de Demócrito é semelhante à de Anaxágoras, na medida em que um infinitamente múltiplo é a origem; mas nele a determinação dos princípios fundamentais aparece de maneira tal que contém aquilo que para o que foi formado não é, absolutamente, o aspecto simples para si. Por exemplo, partículas de carne e de ouro seriam princípios que, através de sua concentração, formam aquilo que aparece como figura.

HEGEL, G. W. F. Crítica moderna. IN: SOUZA, J. C. (Org). Os pré-socráticos: vida e obra. São Paulo: Nova Cultural, 2000 (adaptado).

O texto faz uma apresentação crítica acerca do pensamento de Demócrito, segundo o qual o “princípio constitutivo das coisas” estava representado pelo(a)

A) número, que fundamenta a criação dos deuses.
B) devir, que simboliza o constante movimentos dos objetos.
C) água, que expressa a causa material da origem do universo.
D) imobilidade, que sustenta a existência do ser atemporal.
E) átomo, que explica o surgimento dos entes.

Alternativa correta: E) átomo, que explica o surgimento dos entes.

A) ERRADA. Foi o filósofo e matemático Pitágoras que elegeu o número como o elemento que deu origem a todas as coisas.

B) ERRADA. O devir, o vir-a-ser, refere-se ao pensamento de Heráclito. Ele afirmava que tudo estava em constante movimento de transformação.

C) ERRADA. A Água foi o elemento escolhido por Tales de Mileto, o primeiro filósofo.

D) ERRADA. Já a imobilidade, representa o pensamento de Parmênides, contrário ao pensamento de Heráclito.

E) CORRETA. Essa é uma questão clássica sobre a filosofia pré-socrática. Para respondê-la é necessário ter um conhecimento sobre os elementos primordiais (arché) na concepção dos diferentes filósofos do período.

Sendo assim, cada uma das alternativas representa o pensamento de um dos filósofos da época. O texto utilizado no enunciado fala de partículas de carne e ouro, isso dá uma dica.

A ideia de que as coisas são compostas de partes (partículas). É nesse sentido que Demócrito criou sua teoria do átomo.

Para ele, todas as coisas poderiam ser divididas em partes menores e menores até se chegar numa partícula indivisível. Átomo no grego significa aquilo que não se pode dividir (a, prefixo de negação, e tomo, “divisão”).

A alternativa correta é a que remete ao átomo como princípio das coisas (entes).

18. (Enem/2017)

Uma pessoa vê-se forçada pela necessidade a pedir dinheiro emprestado. Sabe muito bem que não poderá pagar, mas vê também que não lhe emprestarão nada se não prometer firmemente pagar em prazo determinado. Sente a tentação de fazer a promessa; mas tem ainda a consciência bastante para perguntar a si mesma: não é proibido e contrário ao dever livrar-se de apuros desta maneira? Admitindo que se decida fazê-lo, a sua máxima de ação seria: quando julgo estar em apuros de dinheiro, vou pedi-lo emprestado e prometo pagá-lo, embora saiba que tal nunca sucederá.

KANT, I. Fundamentação da metafísica dos costumes. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

De acordo com a moral kantiana, a “falsa promessa de pagamento” representada no texto

A) assegura que a ação seja aceita por todos a partir da livre discussão participativa.
B) garante que os efeitos das ações não destruam a possibilidade da vida futura na terra.
C) opõe-se ao princípio de que toda ação do homem possa valer como norma universal.
D) materializa-se no entendimento de que os fins da ação humana podem justificar os meios.
E) permite que a ação individual produza a mais ampla felicidade para as pessoas envolvidas.

Alternativa correta: C) opõe-se ao princípio de que toda ação do homem possa valer como norma universal.

A) Para Kant, as ações devem ser avaliadas apartadas de seu contexto e julgadas pela razão. A ação moral não é um acordo ou contrato coletivo.

B) A ação deve ser julgada em sua relação apenas com o dever. Não está em causa, para Kant, os possíveis efeitos da ação.

C) CORRETA. Essa questão exige dos participantes um estudo da moral kantiana, sobretudo, do seu Imperativo Categórico.

O Imperativo Categórico kantiano é uma espécie de fórmula para a resolução das questões morais.

Com o Imperativo Categórico kantiano temos a resposta para a questão. Ao realizar a “falsa promessa de pagamento”, quem pede o dinheiro emprestado mente e "usa" quem vai lhe emprestar o dinheiro. A pessoa que empresta o dinheiro é tida como um simples meio para a resolução dos problemas financeiros da outra.

Podemos concluir também que a "falsa promessa" nunca poderá ser entendida como norma universal ou lei da natureza. Se as promessas forem sempre falsas perdem o seu sentido e podem, em último caso, impedir que as pessoas confiem umas nas outras.

D) Essa concepção aproxima-se da perspectiva de Maquiavel sobre a moral do Príncipe em que as ações são maneiras válidas (meios) para se alcançar um objetivo (fim).

E) A produção de felicidade se relaciona com o pensamento de utilitarista de Stuart Mill. Para ele, as ações devem ser julgadas pelo máximo de felicidade (objetivo da natureza humana) que elas podem gerar.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Ciências da Natureza

Física

19. (Enem/2017)

Um motorista que atende a uma chamada de celular é levado à desatenção, aumentando a possibilidade de acidentes ocorrerem em razão do aumento de seu tempo de reação. Considere dois motoristas, o primeiro atento e o segundo utilizando o celular enquanto dirige. Eles aceleram seus carros inicialmente a 1,00 m/s2 . Em resposta a uma emergência, freiam com uma desaceleração igual a 5,00 m/s2. O motorista atento aciona o freio à velocidade de 14,0 m/s, enquanto o desatento, em situação análoga, leva 1,00 segundo a mais para iniciar a frenagem. Que distância o motorista desatento percorre a mais do que o motorista atento, até a parada total dos carros?

A) 2,90 m
B) 14,0 m
C) 14,5 m
D) 15,0 m
E) 17,4 m

Alternativa correta: E) 17,4 m.

Vamos encontrar a distância percorrida pelo 1º motorista aplicando a equação de Torricelli, ou seja:

reto v ao quadrado espaço igual a espaço reto v com 0 subscrito com 2 sobrescrito espaço mais espaço 2 aΔs

A velocidade inicial do primeiro carro é igual a 14 m/s, sua velocidade final é igual a zero, pois o carro parou e sua aceleração é igual a - 5 m/s2. Substituindo esses valores na equação, temos:

espaço espaço 0 ao quadrado espaço espaço igual a espaço 14 ao quadrado espaço mais espaço 2. parêntese esquerdo menos 5 parêntese direito. incremento reto s com 1 subscrito incremento reto s com 1 subscrito igual a numerador menos espaço 196 sobre denominador menos espaço 10 fim da fração igual a espaço 19 vírgula 6 espaço reto m

Agora, vamos analisar a situação do 2º motorista. Como ele levou 1 s a mais antes de pisar no freio, a distância percorrida nesse intervalo de tempo pode ser encontrada aplicando-se a equação:

reto v espaço igual a espaço reto v com 0 subscrito espaço mais espaço at

Considerando que sua aceleração era de 1 m/s2 e que sua velocidade inicial também era de 14 m/s, encontramos:

reto v espaço igual a espaço 14 espaço mais espaço 1.1 espaço seta dupla para a direita espaço reto v com 2 subscrito espaço igual a espaço 15 espaço reto m dividido por reto s

Para encontrar a distância percorrida nesse intervalo de tempo, vamos aplicar a equação de Torricelli:

15 ao quadrado espaço igual a 14 ao quadrado espaço mais espaço 2.1. incremento reto s apóstrofo incremento reto s apóstrofo igual a numerador 225 espaço menos espaço 196 sobre denominador 2 fim da fração incremento reto s apóstrofo igual a 14 vírgula 5 espaço reto m

Ao acionar o freio, sua velocidade era igual a 15 m/s e sua aceleração era igual a - 5 m/s2. Para encontrar a distância percorrida até parar usaremos novamente a equação de Torricelli:

0 ao quadrado espaço igual a espaço 15 ao quadrado espaço mais espaço 2. parêntese esquerdo menos 5 parêntese direito. incremento reto s apóstrofe dupla incremento reto s apóstrofe dupla igual a numerador menos espaço 225 sobre denominador menos espaço 10 fim da fração incremento reto s apóstrofe dupla igual a 22 vírgula 5 espaço reto m

A distância total percorrida pelo 2º carro será igual a:

Δs com 2 subscrito espaço igual a espaço Δs apóstrofo espaço mais espaço Δs apóstrofe dupla espaço Δs com 2 subscrito espaço igual a espaço 14 vírgula 5 espaço mais espaço 22 vírgula 5 espaço espaço Δs com 2 subscrito espaço igual a espaço 37 vírgula 0 espaço reto m

Para encontrar a distância que o motorista desatento percorreu a mais, basta fazer:

37 vírgula 0 espaço menos espaço 19 vírgula 6 espaço igual a espaço 17 vírgula 4 espaço reto m

20. (Enem/2017)

Para demonstrar o processo de transformação de energia mecânica em elétrica, um estudante constrói um pequeno gerador utilizando:

  • um fio de cobre de diâmetro D enrolado em N espiras circulares de área A;
  • dois ímãs que criam no espaço entre eles um campo magnético uniforme de intensidade B; e
  • um sistema de engrenagens que lhe permite girar as espiras em torno de um eixo com uma frequência f.

Ao fazer o gerador funcionar, o estudante obteve uma tensão máxima V e uma corrente de curto-circuito i.

Para dobrar o valor da tensão máxima V do gerador mantendo constante o valor da corrente de curto i, o estudante deve dobrar o(a)

A) número de espiras.
B) frequência de giro.
C) intensidade do campo magnético.
D) área das espiras.
E) diâmetro do fio.

Alternativa correta: A) número de espiras.

A tensão máxima é igual à força eletromotriz do gerador, sendo esta encontrada através da seguinte fórmula:

reto épsilon espaço igual a espaço menos espaço numerador incremento reto fi sobre denominador incremento t fim da fração

Considerando N espiras e substituindo incremento reto fi por reto A. reto B. c o s espaço reto teta, a fórmula da fem fica:

reto épsilon espaço igual a espaço menos espaço N. começar estilo em linha numerador A itálico. B itálico. c o s itálico espaço teta sobre denominador itálico incremento t fim da fração fim do estilo espaço parêntese esquerdo reto I parêntese direito

Além disso, temos ainda que foi obtido pelo estudante uma corrente de curto-circuito, que é dada por:

i c c espaço igual a espaço reto épsilon sobre reto R espaço parêntese esquerdo II parêntese direito

Temos ainda que a resistência (R) é encontrada fazendo:

reto R espaço espaço igual a espaço reto ró começar estilo em linha reto L sobre reto A fim do estilo espaço parêntese esquerdo III parêntese direito

Analisando essas três fórmulas, concluímos que só é possível dobrar a tensão mantendo a corrente constante, se a resistência também dobrar.

Para isso, a única maneira possível é dobrando o número de espiras, pois assim, dobraria o comprimento do fio (L), sem alterar a corrente.

21. (Enem/2017)

Em algumas residências, cercas eletrificadas são utilizadas com o objetivo de afastar possíveis invasores. Uma cerca eletrificada funciona com uma diferença de potencial elétrico de aproximadamente 10 000 V. Para que não seja letal, a corrente que pode ser transmitida através de uma pessoa não deve ser maior do que 0,01 A. Já a resistência elétrica corporal entre as mãos e os pés de uma pessoa é da ordem de 1000 Ω.

Para que a corrente não seja letal a uma pessoa que toca a cerca eletrificada, o gerador de tensão deve possuir uma resistência interna que, em relação à do corpo humano, é

A) praticamente nula.
B) aproximadamente igual.
C) milhares de vezes maior.
D) da ordem de 10 vezes maior.
E) da ordem de 10 vezes menor.

Alternativa correta: C) milhares de vezes maior.

Para resolver a questão temos que comparar a resistência interna do gerador com a resistência do corpo humano. Para isso, usaremos as seguinte equações:

reto U igual a reto épsilon menos ri espaço(equação do gerador)

reto U espaço igual a espaço reto R. reto i espaço(Lei de Ohm)

Note que r é a resistência interna do gerador e R é igual à resistência corporal. Igualando as duas equações e substituindo os valores, temos:

Ri espaço igual a reto épsilon espaço menos espaço r reto i 1000.0 vírgula 01 espaço igual a espaço 10000 espaço menos espaço r itálico.0 vírgula 01 10 espaço igual a espaço 10000 espaço menos espaço 0 vírgula 01 r 0 vírgula 01 r itálico espaço igual a itálico espaço 10000 espaço menos espaço 10 r itálico espaço igual a espaço numerador 9990 sobre denominador 0 vírgula 01 fim da fração igual a 999000 espaço reto ómega maiúsculo

Agora, precisamos descobrir quantas vezes a resistência interna do gerador deve ser maior do que a resistência corporal. Para isso, vamos dividir uma pela outra, isto é:

r sobre reto R igual a 999000 sobre 1000 igual a 999 r itálico espaço itálico igual a itálico espaço 999 espaço reto R

Portanto, a resistência interna do gerador deverá ser em torno de 1 000 vezes maior que a resistência do corpo da pessoa.

Química

22. (Enem/2017)

Um fato corriqueiro ao se cozinhar arroz é o derramamento de parte da água de cozimento sobre a chama azul do fogo, mudando-a para uma chama amarela. Essa mudança de cor pode suscitar interpretações diversas, relacionadas às substâncias presentes na água de cozimento. Além do sal de cozinha (NaCl), nela se encontram carboidratos, proteínas e sais minerais.

Cientificamente, sabe-se que essa mudança de cor da chama ocorre pela

A) reação do gás de cozinha com o sal, volatilizando gás cloro.
B) emissão de fótons pelo sódio, excitado por causa da chama.
C) produção de derivado amarelo, pela reação com o carboidrato.
D) reação do gás de cozinha com a água, formando gás hidrogênio.
E) excitação das moléculas de proteínas, com formação de luz amarela.

Alternativa correta: B) emissão de fótons pelo sódio, excitado por causa da chama.

A) ERRADA. O gás de cozinha é uma mistura de butano e propano. Para produção do gás cloro utilizando NaCl é realizada a eletrólise do composto, quando a corrente elétrica consegue separar as espécies que o compõe.

B) CORRETA. Quando o sal está em contato com a água ocorre a dissociação iônica da seguinte forma:

NaCl com parêntese esquerdo reto s parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço espaço seta para a direita com reto H com 2 subscrito reto O sobrescrito espaço espaço Na com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito com mais sobrescrito espaço mais Cl com parêntese esquerdo aq parêntese direito subscrito fim do subscrito com menos sobrescrito espaço

E os íons de sódio e cloro são solvatados pelas moléculas de água.

Quando ocorre o derramamento de parte da água de cozimento, os íons de sódio entram em contato com a energia produzida na chama e o que ocorre a seguir é explicado pelo modelo atômico de Rutherford-Bohr:

Ao receber energia os elétrons são excitados para uma camada mais externa, ou seja, mais energética. Ao retornar ao estado de menor energia, há a liberação de energia na forma de cor bem definida ou radiação eletromagnética, os fótons.

Esse movimento é conhecido como salto quântico, ou seja, ocorre uma transição eletrônica atômica.

C) ERRADA. As reações dependem do tipo de carboidrato e para que ocorram é necessário que outros fatores sejam alterados além da temperatura como, por exemplo, pH, catalisador e armazenamento.

D) ERRADA. Para produzir gás hidrogênio utilizando água é realizada a eletrólise do composto. Com a passagem de corrente elétrica é possível separar as espécies pela quebra das ligações hidrogênio-oxigênio.

E) ERRADA. As proteínas que emitem luz são proteínas fluorescentes e a excitação das moléculas ocorre com a utilização de luz ultravioleta.

23. (Enem/2017)

As centrífugas são equipamentos utilizados em laboratórios, clínicas e indústrias. Seu funcionamento faz uso da aceleração centrífuga obtida pela rotação de um recipiente e que serve para a separação de sólidos em suspensão em líquidos ou de líquidos misturados entre si.

RODITI, I. Dicionário Houaiss de física. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005 (adaptado).

Nesse aparelho, a separação das substâncias ocorre em função

A) das diferentes densidades.
B) dos diferentes raios de rotação.
C) das diferentes velocidades angulares.
D) das diferentes quantidades de cada substância.
E) da diferente coesão molecular de cada substância.

Alternativa correta: A) das diferentes densidades.

A) CORRETA. O método de separação de centrifugação consegue separar misturas heterogêneas de sólidos e líquidos ou uma mistura de líquidos com diferentes densidades.

A densidade das substâncias é importante para a centrifugação, pois por meio dela é possível, durante as rotações de uma centrífuga, separar o que é mais denso do que tem menor densidade.

centrífuga

O material mais denso passa a se posicionar na parte inferior, enquanto que o menos denso fica acima.

No processo de decantação as partículas mais densas chegam ao fundo do recipiente pela ação da força gravitacional.

O uso da força centrífuga faz o processo de separação diminuir o tempo de espera para que ocorra a separação, pois ao girar em alta velocidade cria-se um campo de força centrífuga que faz as partículas sedimentarem.

Comparando a força centrífuga com a força gravitacional reto F com reto c subscrito sobre reto F com reto g subscrito igual a 0 vírgula 001118 espaço r espaço reto N ao quadrado

Vemos que quanto maior a velocidade de rotação na centrífuga, representada por N, maior o efeito da força centrífuga sob as partículas, diminuindo o tempo de sedimentação.

B) ERRADA. O raio de rotação informa a distância entre a partícula e o centro de rotação.

C) ERRADA. A velocidade angular informa a que taxa a direção de uma partícula muda.

D) ERRADA. A quantidade da substância está relacionada com a força que atua sobre as partículas: a força centrífuga.

De acordo com a equação reto F com reto c subscrito espaço igual a espaço m espaço r espaço reto ómega ao quadrado m representa a massa, sendo assim, quanto maior a massa, maior a força centrífuga aplicada para acelerar o deslocamento da partícula.

E) ERRADA. A coesão está relacionada à atração das moléculas em um líquido e age na disposição das moléculas: quanto maior a força, mais unidas estarão.

24. (Enem/2017)

No ar que respiramos existem os chamados “gases inertes”. Trazem curiosos nomes gregos, que significam “o Novo”, “o Oculto”, “o Inativo”. E de fato são de tal modo inertes, tão satisfeitos em sua condição, que não interferem em nenhuma reação química, não se combinam com nenhum outro elemento e justamente por esse motivo ficaram sem ser observados durante séculos: só em 1962 um químico, depois de longos e engenhosos esforços, conseguiu forçar “o Estrangeiro” (o xenônio) a combinar-se fugazmente com o flúor ávido e vivaz, e a façanha pareceu tão extraordinária que lhe foi conferido o Prêmio Nobel.

LEVI, P. A tabela periódica. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994 (adaptado).

Qual propriedade do flúor justifica sua escolha como reagente para o processo mencionado?

A) Densidade.
B) Condutância.
C) Eletronegatividade.
D) Estabilidade nuclear.
E) Temperatura de ebulição.

Alternativa correta: C) Eletronegatividade.

Os gases nobres são uma família da tabela periódica que tem elementos raros, altamente estáveis e pouco reativos.

Segundo a regra do octeto, um átomo tende a fazer uma ligação química para adquirir estabilidade de um gás nobre, com oito elétrons na camada de valência.

O xenônio é uma das exceções a essa regra, pois por ser um gás nobre já tem a estabilidade conferida pela valência completa. Mesmo assim, Neil Bartlett, na Inglaterra, em 1962 conseguiu sintetizar compostos de xenônio por meio de ligações com o flúor, o elemento mais eletronegativo da tabela periódica.

De acordo com essas informações temos que:

A) ERRADA. A densidade é a relação entre a concentração de matéria em um dado volume.

B) ERRADA. A condutância é a relação da passagem de corrente elétrica por um corpo, sendo contrária à resistência.

C) CORRETA. A eletronegatividade é a capacidade do átomo atrair elétrons para junto de si em uma ligação. Por isso, o flúor é capaz de deslocar os elétrons do xenônio e produzir uma ligação química.

Esse feito se deve ao tamanho do raio atômico do elemento xenônio, o elemento central do composto, que permite essa camada de valência expandida, ou seja, com mais de oito elétrons.

Os compostos produzidos por Neil Bartlett foram:

Xe com parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço espaço espaço reto F com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço espaço seta para a direita espaço XeF com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço Xe com parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço 2 reto F com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço espaço seta para a direita espaço XeF com 4 parêntese esquerdo reto g parêntese direito espaço subscrito fim do subscrito Xe com parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço mais espaço 3 reto F com 2 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito espaço espaço seta para a direita espaço XeF com 6 parêntese esquerdo reto g parêntese direito subscrito fim do subscrito

Após esse feito, muitos outros compostos já foram sintetizados, ultrapassando mais de 80 substâncias criadas contendo átomos de xenônio.

D) ERRADA. A estabilidade nuclear está relacionada com uma força atrativa no núcleo, de curto alcance, que age entre todos os nucleons conferindo estabilidade.

E) ERRADA. A temperatura de ebulição é a temperatura que o corpo sofre a mudança de estado líquido para gasoso.

Biologia

25. (Enem/2017)

Pesquisadores criaram um tipo de plaqueta artificial, feita com um polímero gelatinoso coberto de anticorpos, que promete agilizar o processo de coagulação quando injetada no corpo. Se houver sangramento, esses anticorpos fazem com que a plaqueta mude sua forma e se transforme em uma espécie de rede que gruda nas lesões dos vasos sanguíneos e da pele.

MOUTINHO, S. Coagulação acelerada. Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br. Acesso em: 19 feve. 2013 (adaptado).

Qual a doença cujos pacientes teriam melhora de seu estado de saúde com o uso desse material?

A) Filariose.
B) Hemofilia.
C) Aterosclerose.
D) Doença de Chagas.
E) Síndrome da imunodeficiência adquirida.

Alternativa correta: B) Hemofilia.

A) ERRADA. Filariose é uma doença parasitária que afeta os vasos linfáticos da pessoa infectada, sendo causada por vermes e transmitida através da picada de insetos. Ao afetar a circulação, pode ocorrer o inchaço dos membros, mamas e testículos. Em casos mais avançados, pode ocorrer deformação.

B) CORRETA. A plaquetas fazem com que ocorra a coagulação sanguínea por meio de uma série de reações enzimáticas na regeneração de tecidos lesionados.

Doenças como a hemofilia atrapalham a coagulação devido à deficiência no fator de coagulação, gerando uma instabilidade na rede de plaquetas e dificultando a formação do coágulo.

Ao utilizar plaquetas artificiais, que ao serem aderidas às lesões impedem a perda excessiva de sangue, interrompe-se a hemorragia de um indivíduo, já que o fator de coagulação natural não é suficiente.

Por isso, pessoas portadoras de hemofilia teriam melhora de seu estado de saúde com o uso desse material.

C) ERRADA. Aterosclerose é uma doença vascular crônica e progressiva. Trata-se de uma inflamação crônica nas paredes das artérias devido o acúmulo de gorduras, colesterol e outras substâncias.

D) ERRADA. Doença de Chagas é uma doença causada por um protozoário e transmitida através das fezes do inseto conhecido como barbeiro. A doença pode se manifestar de forma aguda ou crônica. Na primeira, o indivíduo apresenta sintomas moderados. Já na fase aguda, podem ocorrer problemas cardíacos e digestivos.

E) ERRADA. AIDS é a sigla em inglês para Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Acquired Immunodeficiency Syndrome). Essa doença acomete o sistema imunológico e é o estágio mais avançado da doença causada pelo vírus HIV.

Temos certeza que você vai gostar deste teste: Quiz ciências da natureza e suas tecnologias.

26. (Enem/2017)

Uma grande virada na moderna história da agricultura ocorreu depois da Segunda Guerra Mundial. Após a guerra, os governos haviam se deparado com um enorme excedente de nitrato de amônio, ingrediente usado na fabricação de explosivos. A partir daí as fábricas de munição foram adaptadas para começar a produzir fertilizantes tendo como componente principal os nitratos.

SOUZA, F. A. Agricultura natural/orgânica como instrumento de fixação biológica e manutenção do nitrogênio no solo: um modelo sustentável de MDL. Disponível em: www.planetaorganico.com.br. Acesso em: 17 jul. 2015 (adaptado).

No ciclo natural do nitrogênio, o equivalente ao principal componente desses fertilizantes industriais é produzido na etapa de

A) nitratação.
B) nitrosação.
C) amonificação.
D) desnitrificação.
E) fixação biológica do N2.

Alternativa correta: A) nitratação.

O nitrogênio é um gás que está presente no ar em grande quantidade.

O N2 atmosférico é muito estável devido à ligação tripla que une os nitrogênios e, por isso, ele é pouco reativo quimicamente.

O nitrogênio é muito importante para os seres vivos, pois compõe os compostos bioquímicos, como aminoácidos, ácidos nucleicos, sendo adquirido através da alimentação.

As bactérias presentes no solo e nas raízes de leguminosas são capazes de fixar nitrogênio através de um ciclo em que ocorre um fluxo de matéria e energia.

Ciclo do nitrogênio

De acordo com essas informações, temos que:

A) CORRETA. Na nitratação, pela ação das bactérias Nitrobacter, o nitrito é convertido em nitrato por meio da oxidação.

O nitrato então é assimilado pela maioria das plantas. Por isso, as indústrias adaptaram o uso de nitrato para aplicações como fertilizantes.

B) ERRADA. Na nitrosação, as bactérias Nitrosomonas oxidam a amônia, transformando-a em nitrito.

C) ERRADA. Na amonificação, os resíduos do metabolismo de animais, como a ureia, são transformados em amônia por bactérias do solo.

D) ERRADA. Na desnitrificação, o excesso de nitrato é transformado pelas Pseudonomas em gás nitrogênio e volta para a atmosfera.

E) ERRADA. A fixação biológica do nitrogênio é realizada pelas bactérias Rhizobium, transformando-o em amônia.

A fixação também ocorre por fenômenos físicos, como os relâmpagos, produzindo pequenas quantidades de amônia.

27. (Enem/2017)

Os medicamentos são rotineiramente utilizados pelo ser humano com o intuito de diminuir ou, por muitas vezes, curar possíveis transtornos de saúde. Os antibióticos são grupos de fármacos inseridos no tratamento de doenças causadas por bactérias.

Na terapêutica das doenças mencionadas, alguns desses fármacos atuam

A) ativando o sistema imunológico do hospedeiro.
B) interferindo na cascata bioquímica da inflamação.
C) removendo as toxinas sintetizadas pelas bactérias.
D) combatendo as células hospedeiras das bactérias.
E) danificando estruturas específicas da célula bacteriana.

Alternativa correta: E) danificando estruturas específicas da célula bacteriana.

A) ERRADA. O sistema imunológico é afetado quando é ingerido antibióticos em excesso, pois podem matar as bactérias que habitam no organismos, além das causadoras da infecção.

B) ERRADA. Na cascata da inflamação uma lesão pode liberar ácido araquidônico e gerar uma série de processos. Para esse caso, emprega-se anti-inflamatórios para reduzir a dor e inflamação resultante das lesões.

C) ERRADA. Embora algumas vezes o uso de antibiótico seja feito, nem sempre há eficácia para reverter o caso. Utilizam-se medicamentos específicos que agirão na toxina liberada.

D) ERRADA. Os antibióticos têm toxicidade seletiva, pois agem nos causadores da doença sem afetar o hospedeiro.

E) CORRETA. A atuação desse tipo de fármaco ocorre nas bactérias causadoras da doença, danificando estruturas específicas da célula bacteriana, como a membrana celular.

Ao destruir a parede celular bacteriana, eles modificam a sua estrutura ou a capacidade de se dividirem, sendo as principais ações de um antibiótico:

Ação dos antibióticos

  1. Inibir a síntese de proteínas e afetar sua reprodução.
  2. Impedir a duplicação e reprodução através da inibição cromossômica.
  3. Inibir a síntese da parede celular.
  4. Danificar a membrana plasmática modificando sua permeabilidade.
  5. Impedir a síntese de substâncias essenciais ao seu metabolismo atacando enzimas.

Matemática e suas Tecnologias

Matemática no Enem

28. (Enem/2017)

Um casal realiza sua mudança de domicílio e necessita colocar numa caixa de papelão um objeto cúbico, de 80 cm de aresta, que não pode ser desmontado. Eles têm à disposição cinco caixas, com diferentes dimensões, conforme descrito:

  • Caixa 1: 86 cm x 86 cm x 86 cm
  • Caixa 2: 75 cm x 82 cm x 90 cm
  • Caixa 3: 85 cm x 82 cm x 90 cm
  • Caixa 4: 82 cm x 95 cm x 82 cm
  • Caixa 5: 80 cm x 95 cm x 85 cm

O casal precisa escolher uma caixa na qual o objeto caiba, de modo que sobre o menor espaço livre em seu interior.

A caixa escolhida pelo casal deve ser a de número

A) 1.
B) 2.
C) 3.
D) 4.
E) 5.

Alternativa correta: C) 3.

Podemos começar a questão eliminando a caixa 2, pois, umas das dimensões da caixa (75 cm) é menor que as dimensões do objeto (80 cm).

Desta forma, devemos agora identificar dentre as 4 caixas restantes qual sobrará menor espaço livre.

Para isso, vamos calcular o volume de cada caixa e identificar o menor valor. Para calcular esse volume, basta multiplicar as 3 dimensões dadas, ou seja:

caixa 1: 86 cm x 86 cm x 86 cm = 636 056

caixa 3: 85 cm x 82 cm x 90 cm = 627 300

caixa 4: 82 cm x 95 cm x 82 cm = 638 780

caixa 5: 80 cm x 95 cm x 85 cm = 646 000

Pelos resultados encontrados, identificamos que a caixa 3 é a que apresenta menor volume, logo é a que terá menor espaço livre.

29. (Enem/2017)

Em uma de suas viagens, um turista comprou uma lembrança de um dos monumentos que visitou. Na base do objeto há informações dizendo que se trata de uma peça em escala 1 : 400, e que seu volume é de 25 cm3.

O volume do monumento original, em metro cúbico, é de

A) 100.
B) 400.
C) 1 600.
D) 6 250.
E) 10 000.

Alternativa correta: C) 1 600.

Para descobrir o volume original do monumento, devemos levar em consideração a escala indicada que é 1:400, ou seja, cada 1 cm corresponde a 400 cm.

Note que temos que conhecer essa relação em centímetros cúbicos. Para isso, basta multiplicar 400.400.400 e encontramos 64 000 000 cm3.

Como a miniatura tem 25 cm3, encontramos o volume original do monumento multiplicando esse valor por 64 000 000 cm3, ou seja:

64 000 000.25 = 1 600 000 000 cm3

Para passar para metro cúbico, devemos dividir por 1 000 000. Portanto, o tamanho original do monumento é igual a 1 600 m3.

Teste se está craque em matemática: Quiz matemática e suas tecnologias.

30. (Enem/2017)

A energia solar vai abastecer parte da demanda de energia do campus de uma universidade brasileira. A instalação de painéis solares na área dos estacionamentos e na cobertura do hospital pediátrico será aproveitada nas instalações universitárias e também ligada na rede da companhia elétrica distribuidora de energia.

O projeto inclui 100 m2 de painéis solares que ficarão instalados nos estacionamentos, produzindo energia elétrica e proporcionando sombra para os carros. Sobre o hospital pediátrico serão colocados aproximadamente 300 m2 de painéis sendo 100 m2 para gerar energia elétrica utilizada no campus, e 200 m2 para geração de energia térmica, produzindo aquecimento de água utilizada nas caldeiras do hospital.

Suponha que cada metro quadrado de painel solar para energia elétrica gere uma economia de 1 kWh por dia e cada metro quadrado produzindo energia térmica permita economizar 0,7 kWh por dia para a universidade. Em uma segunda fase do projeto, será aumentada em 75% a área coberta pelos painéis solares que geram energia elétrica. Nessa fase também deverá ser ampliada a área de cobertura com painéis para geração de energia térmica.

Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br. Acesso em: 30 out. 2013 (adaptado).

Para se obter o dobro da quantidade de energia economizada diariamente, em relação à primeira fase, a área total dos painéis que geram energia térmica, em metro quadrado, deverá ter o valor mais próximo de

A) 231.
B) 431.
C) 472.
D) 523.
E) 672.

Alternativa correta: C) 472.

Vamos começar a quantidade de energia economizada na primeira fase de implantação do projeto.

No texto, identificamos que para economizar energia elétrica serão utilizados 200 m2 (100 m2 no estacionamento e 100 m2 no teto do hospital).

Como 1 kWh é economizado em cada metro quadrado, então teremos uma economia de 200 kWh (200.1).

Já para a energia térmica serão utilizados 200 m2 de painéis sobre hospital. Para cada m2 desses painéis reduzem o consumo em 0,7 kWh.

Assim, teremos uma economia de 140 kWh (200.0,7) com os painéis. Portanto, no total teremos um economia de 340 kWh (200+140).

Como o problema propõe que a economia seja dobrada, então na segunda fase do projeto será necessário uma economia de 680 kWh.

Uma parte dessa economia acontecerá pela ampliação de 75% da área dos painéis para a produção de energia elétrica. Para calcular o valor da nova área, faremos o seguinte cálculo:

200 espaço mais espaço numerador 200.75 sobre denominador 100 fim da fração espaço igual a espaço 350 espaço reto m ao quadrado

Com essa nova área, o valor economizado em energia elétrica será de 350 kWh (350.1). Sendo assim, a segunda fase do projeto deve economizar em energia térmica 330 kWh.

Para encontrar quantos metros quadrados serão necessários para que seja possível essa economia com a energia térmica, podemos montar uma regra de três conforme indicado abaixo:

começar estilo em linha tabela linha com célula com 140 espaço kWh fim da célula linha com célula com 330 espaço kWh fim da célula fim da tabela espaço riscado diagonal para baixo diagonal para cima sobre espaço em branco fim do riscado espaço tabela linha com célula com 200 espaço reto m ao quadrado fim da célula linha com reto x fim da tabela fim do estilo

Multiplicando em “cruz”, temos:

140. reto x espaço igual a espaço 330.200 espaço reto x igual a espaço numerador 66 espaço 000 sobre denominador 140 espaço fim da fração espaço reto x aproximadamente igual espaço 471 vírgula 42 espaço reto m ao quadrado

Não pare por aqui. Tem mais textos muito úteis para você:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.