Retrovírus

Lana Magalhães
Escrito por Lana Magalhães
Professora de Biologia

O retrovírus é um tipo de vírus que contém como material genético o RNA associado à enzima transcriptase reversa.

Os vírus podem ser classificados de acordo com seu genoma, constituído de DNA ou RNA, em fita simples ou dupla, linear ou circular, de polaridade positiva ou negativa.

Em 1971, o microbiologista estadunidense David Baltimore propôs as seguintes classes para ordenar os vírus de acordo com o genoma viral:

  • Classe I: DNA fita dupla
  • Classe II: DNA fita simples
  • Classe III: RNA fita dupla
  • Classe IV: RNA fita simples positiva
  • Classe V: RNA fita simples negativa
  • Classe VI: RNA fita simples positiva com um DNA intermediário
  • Classe VII: DNA fita dupla com RNA intermediário

Os retrovírus são vírus da família Retroviridae e estão incluídos na Classe VI da classificação de Baltimore.

Esses vírus fazem parte do primeiro grupo de vírus descoberto, em 1904. O vírus T-linfotrópico humano (HTLV), que atinge os linfócitos T, foi o primeiro retrovírus humano isolado, em 1980. Ele pertence à mesma família do vírus HIV.

O exemplo mais conhecido de retrovírus é o vírus HIV, o causador da AIDS.

Transcriptase Reversa

O que caracteriza um retrovírus é a presença da enzima transcriptase reversa. Essa enzima é capaz de transformar a cadeia simples de RNA em uma fita dupla de DNA. Essa é uma característica única do retrovírus, pois, geralmente a transformação ocorre de DNA para RNA (Transcrição).

O DNA retroviral produzido se associa ao DNA cromossômico da célula hospedeira.

Com a formação do DNA, a fita de RNA é degradada. Entretanto, o DNA produzido pela transcriptase reversa também irá sintetizar o novo RNA que constituirá o genoma dos novos vírus formados na célula infectada.

Saiba mais, leia sobre o DNA e RNA.

Doenças causadas por retrovírus

Os retrovírus estão associados com algumas doenças em humanos. As principais são a AIDS e alguns tipos de câncer.

AIDS: O vírus HIV ataca os linfócitos T do sangue, as células de defesa do organismo. Como resultado, a AIDS compreende um conjunto de sintomas e infecções resultantes do dano do sistema imunológico.

Câncer: Alguns retrovírus possuem genes oncogenes, eles induzem as células hospedeiras à multiplicação sem controle, originando tumores.

Leia mais sobre esse assunto:

Atualizado em
Lana Magalhães
Escrito por Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.