Cultura do Centro-Oeste

Daniela Diana

Na região Centro-Oeste do Brasil, que é formada pelos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal existe uma diversidade cultural ricamente influenciada pelas culturas indígena, boliviana e paraguaia.

Além disso, a região recebeu influência de inúmeros migrantes, em função do limite que essa região faz com todas as outras regiões do Brasil - Nordeste, Norte, Sudeste e Sul, fato que não ocorre em nenhuma outra.

Brasília, capital do nosso País, é a cidade que tem o maior número de habitantes da região Centro-Oeste e é considerada pela Unesco, Patrimônio Cultural da Humanidade.

Festas

A Cavalhada é a festa mais conhecida da região. Trata-se da encenação de uma batalha medieval realizada ao ar livre, onde um grupo de cavaleiros se veste de azul - representando os cristãos, e um grupo de cavaleiros se veste de vermelho - representando os mouros.

A festa tem a duração de três dias, cujo desfecho é a vitória dos cristãos sobre os mouros e a conversão destes para o cristianismo.

Em Pirenópolis a festa é cartaz turístico e leva milhares de pessoas ao Estado de Goiás.

Cultura do Centro-OesteFogaréu

O Fogaréu é outra importante festa típica da região Centro-Oeste que, igualmente, tem lugar em Goiás e é cartaz turístico.Trata-se de uma procissão em que é encenada a prisão de Jesus e, assim, se realiza na Semana Santa.

Além dessas festas, são ainda comemoradas: Folia de Reis, Festa do Divino, Festa de São Benedito, Romarias do Divino Pai Eterno, Congada de Catalão, Nossa Senhora dos Navegantes, entre outras.

Danças e Música

As danças presentes na região Centro-Oeste são:

Siriri

De cunho religioso, é dançada por homens e mulheres, inclusive crianças, ao som da viola de cocho - instrumento típico da região e reconhecido como patrimônio nacional, do ganzá e do mocho. Ao dançar os dançarinos parecem estar fazendo brincadeiras indígenas.

Cururu

Esta é dançada exclusivamente por homens ao som da viola de mocho, do reco-reco e do ganzá, bem como do desafio dos repentistas - herança dos migrantes paulistas. Também de cunho religioso, está presente especialmente nas festas do Divino Espírito Santo.

Música Sertaneja

A música sertaneja é a principal marca de expressão musical da região Centro-Oeste. Além dessa, o rasqueado e a guarânia também estão presentes na região.

Culinária

Uma vez que a agricultura da região Centro-Oeste é rica no cultivo de milho, arroz e mandioca, encontramos na sua gastronomia, pratos como bolinho de mandioca, bolo de arroz, arroz com pequi, arroz carreteiro, arroz boliviano, farofa, curau, e Maria Isabel (arroz feito com carne de sol). É ainda bastante conhecido o empadão.

Outros pratos bem típicos são: galinhada, pamonha, mojica de pintado, caribeu e chipas (espécie de pão de queijo típico do Paraguai).

Artesanato

O artesanato do Centro-Oeste é rico e fortemente influenciado pela cultura indígena.

Cultura do Centro-OesteCerâmica

Cultura do Centro-OesteTrabalho com madeira

As principais peças encontradas na região são as redes bordadas, cerâmicas, entalhes de madeira, arte plumária, entre outros.

Mitos e Lendas Folclóricas

Dentre os mitos e lendas mais conhecidos da região Centro Oeste, estão as lendas do Pé-de-garrafa, Romãozinho, A Criação do Mundo, Arranca-Língua, Saci-Pererê, Lobisomem.

O Pé-de-garrafa é representado por um homem que vive na mata. Seu corpo é coberto de pelos e seus pés tem o formato de garrafa. No seu umbigo está a sua fraqueza. Já o Romãozinho é representado por um menino muito mal-criado, que maltrata os animais e assusta as pessoas.

Para saber mais leia também: Lendas do Folclore Brasileiro.

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.