Europa

Juliana Bezerra

A Europa é um continente que está localizado no hemisfério norte do globo terrestre. Compreende uma área total de 10.498.000 km2 e possui uma população de 744,7 milhões de habitantes.

A Federação Russa é o maior país da Europa, com 17.075.400 km2, e o mais populoso, com 143,5 milhões de habitantes.

Em seguida vem Alemanha com 357.120 km2, com uma população de 81,89 milhões de habitantes.

Localização da Europa

Mapa da Europa
Mapa da Europa

A Europa se limita ao norte com o Oceano Glacial Ártico; a leste com os Montes Urais; ao sul com os mares Cáspio e Negro e a Cordilheira do Cáucaso (limites naturais entre a Europa e a Ásia), e com o mar Mediterrâneo.

Países da Europa

A Europa é formada por 50 países. Há grande diversidade entre os tamanhos de cada um e podermos encontrar os pequenos Vaticano (0,44 km2), Mônaco (0,44 km2), San Marino (61,2 km2), Liechtenstein (160 km2) e o Principado de Andorra (468 km2).

Apesar de estarem entre dois continentes, Ásia e Europa, os maiores países da Europa são a Federação Russa, o Cazaquistão e a Turquia.

A ilha de Chipre, faz parte da Ásia, mas politicamente, pertence à Europa. A pequena ilha está ocupada pela Turquia e Reino Unido, que ainda mantém bases militares ali. Parte do território, o sul, foi admitida na União Europeia em 2004.

A Geórgia, o Azerbaidjão e a Armênia, sob o ponto de vista geográfico, são países pertencentes ao continente asiático. Estão localizados na região do Cáucaso, considerados países transcontinentais.

O Azerbaidjão e a Geórgia fazem fronteira com a Rússia (parte europeia), sendo que o primeiro é membro do Conselho da Europa desde 25 de janeiro de 2001.

Países transcontinentais na Europa

  • Rússia
  • Cazaquistão
  • Azerbaidjão
  • Geórgia
  • Turquia

Pesquise mais sobre o tema:

União Europeia

A União Europeia (UE) é um bloco econômico e político, cujo objetivo principal é manter a paz no continente europeus através de programas econômicos, sociais e culturais.

Do total, 28 países participam da União Europeia, a saber:

  1. Alemanha
  2. Áustria
  3. Bélgica
  4. Bulgária
  5. Chipre
  6. Croácia
  7. Dinamarca
  8. Eslováquia
  9. Eslovênia
  10. Espanha
  11. Estônia
  12. Finlândia
  13. França
  14. Grécia
  15. Hungria
  16. Irlanda
  17. Itália
  18. Letônia
  19. Lituânia
  20. Luxemburgo
  21. Malta
  22. Países Baixos
  23. Polônia
  24. Portugal
  25. Reino Unido
  26. República Checa
  27. Romênia
  28. Suécia

Como este bloco possui uma moeda em comum, o euro, 19 países o instituíram como moeda oficial.

Atualmente, pela primeira vez na história desta associação, um dos seus membros, o Reino Unido, pediu o desligamento desta instituição. O processo começou em 2017 e é conhecido como Brexit.

Entenda mais sobre este assunto:

Economia da Europa

A economia da Europa é diversificada, com predomínio na indústria e na área de serviços.

Indústria Europeia

Indústria na Europa
Localização das principais indústrias europeias

Entre os países mais industrializados encontram-se a Alemanha, o Reino Unido e a França.

O continente se destaca na fabricação de automóveis, calçados, indústria do luxo (cosméticos e vestuário). Apesar disso, a crise mundial de 2008, elevou a taxa de desemprego do continente europeu.

A França é o primeiro país produtor de energia nuclear do mundo, da qual extrai 76% das suas necessidades de eletricidade, além de vender parte para a Alemanha e Bélgica.

Agricultura Europeia

A agricultura, em alguns países europeus, não é suficiente para atender as necessidades da população. No Reino Unido, a agricultura ocupa pequena parte do território.

A utilização da mão de obra agrícola é a mais baixa do mundo e a produção de alimentos atende apenas 40% das necessidades alimentares da população, o restante é importado.

Países como a Espanha e Itália são grande produtores de carnes, azeite de oliva e frutas. Já a França, se destaca com os vinhos e produtos lácteos.

Serviços e Finanças na Europa

O setor de serviços é o mais forte na Europa. Para se ter uma ideia, das vinte maiores empresas deste continente, 12 são do setor financeiro como o banco britânico HSBC ou a seguradora alemã Allianz.

O turismo também é essencial para manter o equilíbrio das contas. Portugal, por exemplo, recebe cerca de 12,76 milhões de visitantes no ano de 2018 e esta atividade já responde a 13,7% do PIB deste país, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística.

Clima e Vegetação da Europa

O clima e as paisagens da Europa apresentam três grandes regiões naturais:

  • A Europa do Norte: domínio de tundra (vegetação rasteira, que suporta temperaturas muito baixas), planícies subpolares e montanhas (clima polar). Domínio da taiga e de terrenos onde se desenvolvem plantas rasteiras e silvestres; região de frio menos intenso a oeste devido à influência marítima (clima frio).
  • Europa oceânica e continental das planícies: região de planícies, meio natural alterado pela ação do homem e predominância da agricultura (clima temperado). Regiões montanhosas com domínio de florestas e muitos trechos modificados pelo homem e algumas regiões com clima semiárido.
  • Europa montanhosa do sul: região de clima frio de altas montanhas. Região mediterrânea com montanhas e lugares modificados pela ação do homem e regiões de planícies e planaltos mediterrâneos (clima mediterrâneo).

Cultura Europeia

Cultura Europeia
A variedade cultural europeia se expressa nos seus monumentos

A cultura europeia é diversificada sendo a soma de vários povos, religiões e saberes que se desenvolveram nesta região.

A primeira civilização que influenciou o continente foi a grega. Apesar de serem um punhado de cidades que competiam entre si, os gregos deixaram marcas na política, filosofia, medicina, astronomia, arte, etc.

Posteriormente, foram dominados pelos romanos que copiaram vários de seus ensinamentos e expandiram seus domínios até o norte, na atual Inglaterra. Os romanos levaram seu sistema jurídico e costumes por todo continente.

Da mesma forma, com o advento do Cristianismo, os povos europeus começaram a desenvolver a pintura, arquitetura, escultura e a música sempre relacionadas ao tema religioso.

Já no século XIV e XV, a revalorização da Antiguidade Clássica, a constatação que há outras terras além do Oceano, mudam a compreensão que os europeus tem de si mesmo e do mundo.

Neste continente, igualmente, são criadas as máquinas que permitem a Revolução Industrial, o liberalismo e a luta pelo igualitarismo. A arte passa a ser um mosaico de movimentos artísticos como Impressionismo, Cubismo, Surrealismo e tantos outros que irão ser reinterpretados por artistas de todo o mundo.

Pesquise mais sobre o tema lendo:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.