União Europeia

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Professora de História

A União Europeia (UE) é o maior Bloco Econômico mundial composto atualmente por 27 países.

A população europeia estimada em 500 milhões de pessoas, o que corresponde a 7% da população mundial, engloba 23 línguas oficiais e cerca de 150 línguas regionais.

Os objetivos da União Europeia são manter a paz entre seus membros e promover a livre circulação de pessoas, mercadorias e capitais.

Além disso, busca o desenvolvimento de um mercado financeiro europeu, aumentar a qualidade de vida, saúde e trabalho dos cidadãos europeus e reduzir as desigualdades sociais e econômicas e social dos países-membros.

União EuropeiaBandeira da União Europeia

Países da União Europeia

Abaixo, a lista de países com seu ano de entrada no bloco:

  • Alemanha (1952)
  • Áustria (1995)
  • Bélgica (1952)
  • Bulgária (2007)
  • Chipre (2004)
  • Croácia (2013)
  • Dinamarca (1973)
  • Eslováquia (2004)
  • Eslovênia (2004)
  • Espanha (1986)
  • Estônia (2004)
  • Finlândia (1995)
  • França (1952)
  • Grécia (1981)
  • Hungria (2004)
  • Irlanda (1973)
  • Itália (1952)
  • Letônia (2004)
  • Lituânia (2004)
  • Luxemburgo (1952)
  • Malta (2004)
  • Países Baixos (1952)
  • Polônia (2004)
  • Portugal (1986)
  • República Checa (2004)
  • Romênia (2007)
  • Suécia (1995)
mapa UE
Mapa da União Europeia com o Reino Unido, que deixou o bloco de janeiro de 2020

A Noruega, Islândia, Suíça e Liechtenstein fazem parte do continente europeu, mas não são membros da União Europeia. Participam, contudo, do mercado único, mas não da união aduaneira.

Os países candidatos para adesão à UE são: República da Macedônia do Norte, Islândia, Montenegro, Sérvia e Turquia. Já os potenciais candidatos são: Albânia, Bósnia e Herzegóvina e Kosovo.

Zona Euro

A Zona Euro corresponde aos 17 países membros da UE que adotaram o euro como moeda, sendo a Estônia o último país a adotá-lo em 2011.

Alguns países, contudo, como Suécia e Dinamarca, preferiram manter suas moedas nacionais e não entrar na zona euro.

História da União Europeia

A origem da União Europeia remonta ao final da Segunda Guerra Mundial, quando os países europeus viram que não teriam mais condições de se enfrentar num conflito, pois a destruição poderia ser total.

Assim, o principal objetivo da criação do bloco era garantir a paz no continente, especialmente entre a Alemanha e a França. Para isso, era preciso fortalecer os países europeus criando um mercado comum para reduzir custos de exportação e fomentar a economia.

Primeiramente, ocorreu a criação do CECA (Comunidade Europeia do Carvão e do Aço) em 1952. Essa era composta por Alemanha, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, França e Itália, a "Europa dos seis".

Em 1957, foi criado o Mercado Comum Europeu (MCE) ou Comunidade Econômica Europeia (CEE) que contou com a adesão de países como a Inglaterra (1973), Irlanda (1973), Dinamarca (1973), Grécia (1981).

Com o fim das ditaduras na Península Ibérica, Espanha e Portugal entram na CEE, em 1986, que passa a ser conhecida como a "Europa dos doze".

Em 1992, o Tratado de Maastricht estabeleceu a criação de uma moeda única, o Euro, a fim de fortalecer a economia e ter uma divisa que pudesse competir com o dólar. O euro entraria em circulação em 2002.

Em 1995, Suécia, Finlândia e Áustria entram na União Europeia formando a "Europa dos 15".

Outro passo importante na construção da União Europeia foi a assinatura do Acordo Schengen, em 1997. Isto permitiu a livre circulação de pessoas em todos os países signatários, sem a necessidade de controles na fronteira.

Com o fim da União Soviética e da Guerra Fria, os países do leste europeu pedem para integrar o bloco. Em 2004, mais dez países se integraram ao bloco: Polônia, Hungria, República Tcheca, Eslováquia, Eslovênia, Estônia, Letônia, Lituânia, as ilhas de Malta e Chipre.

A chamada "Europa dos 27" é formada com a integração da Bulgária e da Romênia, em 2007. Por fim, o último país a firmar o acordo de participação na União Europeia foi a Croácia, no dia 30 de junho de 2013.

Brexit

Em 2016, o Reino Unido realizou m plebiscito onde 51% das pessoas votaram a favor da saída do país da União Europeia.

Essa ação foi chamada de "Brexit", termo que surgiu pela união das palavras “Britain” (“Bretanha”) e “exit” (“saída”). A saída do Reino Unido foi formalizada em 31 de janeiro de 2020.

Instituições da União Europeia

Para coordenar os interesses dos Estados-membros, a União Europeia tem instituições financeiras, políticas e jurídicas. São elas:

  • Parlamento Europeu
  • Conselho da União Europeia
  • Comissão Europeia
  • Conselho Europeu
  • Banco Central Europeu
  • Tribunal de Justiça da União Europeia
  • Tribunal de Contas Europeu

Curiosidades sobre a União Europeia

  • Apesar de não ser um país, a União Europeia possui uma bandeira e um hino, "Ode à alegria", de Beethoven.
  • O Dia da União Europeia é comemorado 9 de maio.

Leia mais:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.