G20 - Grupo dos Vinte

Juliana Bezerra

O G20 ou Grupo dos 20 é um fórum de cooperação internacional que reúne as 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

O fórum se reúne periodicamente para discutir e definir os rumos da economia financeira e industrial.

Países

ArgentinaAustráliaAlemanhaArábia Saudita
BrasilCanadáChinaEstados Unidos
FrançaÍndiaIndonésiaItália
JapãoMéxicoÁfrica do SulTurquia
Reino UnidoRepública da CoreiaRússiaUnião Europeia

Por ser um bloco econômico e político, a União Europeia é representada pelo presidente do Conselho Europeu e o chefe do Banco Central Europeu. Igualmente estão presentes nas reuniões o diretor-geral do FMI e o presidente do Banco Mundial.

G20
Bandeiras dos países do G20

Objetivos

O G20 tem como objetivo principal coordenar políticas econômicas entre seus membros a fim de alcançar a estabilidade econômica global.

Além disso, promovem o crescimento sustentável, constroem meios que evitem crises econômicas e buscam modernizar a economia mundial.

Em épocas de crises, a atuação do G20 se volta em restaurar o crescimento econômico mundial, reforçar e reformar as instituições financeiras.

Apesar das reuniões com os presidentes receberem mais cobertura da mídia, o G20 realiza encontros ao longo de todo ano com ministros de Economia e os presidentes dos bancos centrais de cada país.

A presidência do G20 é a responsável pela gestão da Troika, formada por três integrantes de cadeiras anteriores, atuais e futuras. Troika é uma palavra em russo que pode ser traduzida por "trio".

Exemplo: em 2018, a Troika é formada por Argentina, que detém a presidência, a Alemanha, presidente em 2017 e Japão, que assumirá em 2019.

Dados Econômicos

Os países do G20 representam:

  • 90% do PIB (Produto Interno Bruto) mundial;
  • 75% do comércio global internacional;
  • 2/3 da população mundial;
  • 84% das reservas de combustíveis fósseis do mundo
  • 80% dos investimentos mundiais.

História

O G20 foi criado formalmente em setembro de 1999. Na ocasião, os ministros de Economia dos países que integram o G7 (formado por Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos da América) reuniram-se em Washington para avaliar o impacto da crise econômica de 1997 e 1998.

Esta crise abalou o sistema financeiro mundial e demonstrou que era preciso envolver os países em desenvolvimento nas discussões e decisões sobre a economia global. A primeira reunião ocorreu em Berlim, na Alemanha, no mês de dezembro de 1999.

A partir de 2008, com uma nova crise financeira no horizonte, o G20 sente a necessidade que suas reuniões fossem feitas também com funcionários de alto nível.

Assim, os chefes de governo de ditos países passaram a se reunir anualmente a fim de discutir os rumos da economia mundial.

Leia mais:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.