10 expressões em espanhol que você precisa conhecer

Carla Muniz

As expresiones idiomáticas (expressões idiomáticas) são recursos da linguagem onde usamos uma frase cujo significado vai muito além do seu sentido literal.

Por isso, a interpretação de uma expressão idiomática deve ser feita como um todo; não se pode tentar baseá-la na compreensão de cada palavra isoladamente.

O Toda Matéria preparou uma seleção com 10 das expressões em espanhol mais usadas, onde você vai encontrar, para além do significado, a origem de cada expressão.

1. Estar hecho un ají. (Estar com muita raiva.)

raiva

Ají significa pimenta, que é um fruto geralmente de cor vermelha.

No que diz respeito à simbologia das cores, o vermelho é aquela à qual se associam os sentimentos de fúria, raiva e irritação.

Isso pode ser notado até mesmo nas redes sociais, onde os emojis que indicam esse sentimento são, praticamente sempre, de cor vermelha.

Assim sendo, a expressão estar hecho un ají, indica que uma pessoa está muitíssimo irritada, furiosa, com raiva.

2. Estar a dos velas. (Estar duro.)

sem dinheiro

Estar a dos velas é uma expressão que, se traduzida literalmente, significa “estar entre duas velas”. No entanto, enquanto expressão idiomática, significa estar duro; estar liso; estar sem dinheiro.

Embora essa expressão da língua espanhola apresente diferentes versões para explicar a sua origem, uma das mais conhecidas está relacionada com as condições financeiras da família de uma pessoa falecida.

O velório do membro de uma família de posses, geralmente é muito pomposo, com uma decoração repleta de flores e velas para todos os lados.

No entanto, quando a família do falecido não possui muitos recursos, por vezes, o falecido é velado entre duas velas apenas.

3. En menos que canta un gallo. (Em um piscar de olhos.)

galo cantando

A expressão en menos que canta un gallo é utilizada para fazer referência a algo que acontece repentinamente; rapidamente; em um piscar de olhos.

Não se sabe, ao certo, quanto tempo dura esse cantar do galo, mas a ideia é de que, assim como costuma começar sem que ninguém esteja à espera, também termina repentinamente. Ou seja, é um cantar bastante rápido.

A frase idiomática indica que algo é feito de forma veloz, eventualmente em menos tempo do que aquele utilizado por um galo para cantar.

4. De tal palo, tal astilla. (Tal pai, tal filho.)

lascas madeira

Em espanhol, a palavra palo significa “pedaço de pau”. Já a palavra astilla, significa lasca (de madeira).

A ideia principal do uso da expressão é indicar que uma astilla sempre tem semelhanças com o pedaço de pau de onde saiu.

A expressão faz uma analogia com as semelhanças entre pais e filhos, sejam essas semelhanças físicas ou na maneira de ser e de agir.

Assim sendo, a expressão é utilizada para dizer que os filhos, de uma forma ou de outra, acabam por sempre se parecer com os pais.

5. Andarse por las ramas. (Dar voltas; enrolar.)

ramos árvore

Em espanhol, a palavra rama significa "ramo" (de árvore). Em muitas árvores, os ramos acabam crescendo tanto, que se distanciam do tronco principal.

O significado da expressão dá-se por analogia à essa situação e à forma de certas pessoas relatarem fatos e acontecimentos.

A expressão é usada para indicar uma situação onde, em vez de ir direto a determinado assunto, a pessoa fica de rodeios, dando voltas e enrolando para dizer o que realmente quer ou precisa dizer.

Ou seja, com os rodeios, acaba por se distanciar do assunto principal (assim como os ramos se distanciam do tronco).

6. Estar en la edad del pavo. (Estar na aborrecência.)

adolescência

Se traduzida de forma literal, a expressão significa “estar na idade do pavão”. No entanto, podemos dizer que estar en la edad del pavo, pode ser traduzida para o português como “estar na aborrecência.”

Na adolescência, os jovens passam por alterações de comportamento, sociais e nas formas de reagir, que podem ocorrer devido a alterações hormonais e ao amadurecimento, comuns nessa época da vida.

A analogia com o pavão dá-se pelo fato de se tratar-se de um animal muito suscetível a reações consoante alterações ocorridas no seu entorno. É um animal sensível, por exemplo, ao clima, a ruídos, à luz, etc., o que, às vezes, faz com que ele tenha reações inesperadas e surpreendentes.

Em outras palavras, o pavão apresenta reações àquilo que acontece com ele, da mesma forma que os adolescentes apresentam reações às mudanças hormonais e demais alterações pelas quais passam.

7. Ser pan comido. (Ser fácil.)

comer pão

Essa expressão é indicada para dizer que algo é muito fácil de ser feito; muito fácil de ser realizado.

A analogia, nesse caso, é feita tendo em conta ato de comer um pão.

Trata-se de uma tarefa tão simples que pode ser realizada até mesmo por uma criança; não é uma ação que requeira muito esforço.

Se compararmos, por exemplo, o ato de comer um pão ao ato de comer uma lagosta, a primeira ação é muito mais fácil de ser desempenhada.

8. Estar hecho polvo. (Estar muito cansado.)

cansado

A palavra polvo significa pó. Estar hecho polvo poderia ser traduzido literalmente como “estar reduzido a pó” ou "estar só o pó".

Diz-se que a origem da expressão está relacionada com a história de uma pessoa idosa que teve que voltar para casa a pé, pois o carro que iria levá-la se envolveu em um acidente. Ao chegar ao seu destino, ela pronunciou a expressão por estar exausta.

A expressão é utilizada para indicar que alguém está extremamente cansado, esgotado, nas últimas (no que diz respeito à disposição, energia). Provavelmente é feita uma analogia ao fato de “o pó”, em algumas situações, dar a ideia de algo que chegou ao fim.

A expressão também pode ser utilizada para fazer referência a alguém que esteja muito abatido ou deprimido por conta de uma doença ou algum outro problema.

9. No dar pie con bola. (Não dar uma dentro.)

chute

No dar pie con bola é das expressões populares em espanhol mais usadas.

Ela indica que uma pessoa tenta, inúmeras vezes, fazer algo e mesmo assim não acerta, ou seja, como dizemos em português, “não dá uma dentro”.

A origem da expressão é bastante complexa e existem várias versões que tentam explicá-la.

Atualmente, a expressão é tida como uma analogia a um lance de uma partida de futebol, onde um jogador tenta, por várias vezes, acertar a bola para fazer gol, mas não tem sucesso.

10. No tener abuela. (Não ser modesto.)

vó

A tradução literal da expressão seria "não ter avó", no entanto, ela é usada para indicar que uma pessoa não é modesta; que é um pouco arrogante.

As avós são famosas por mimarem seus netos ao extremo. Para elas, seus netos são os mais bonitos, os mais inteligentes, os mais educados e por aí vai.

Acredita-se que quem faz tais elogios a si próprio, o faça por não ter uma avó para fazê-los.

Ou seja, na ausência ou inexistência de uma avó, a própria pessoa trata de se enaltecer de forma nada modesta.

Ficou interessado em enriquecer os seus conhecimentos sobre a língua espanhola? Confira os conteúdos abaixo!

Carla Muniz
Carla Muniz
Professora, lexicógrafa, tradutora, produtora de conteúdos e revisora. Licenciada em Letras (Português, Inglês e Literaturas) pelas Faculdades Integradas Simonsen, em 2002.