América Platina


A América Platina é a denominação da região da América Latina formada por Argentina, Paraguai e Uruguai. Juntos, os três países correspondem a 18% do território sul-americano.

A denominação América Platina é uma alusão à Bacia do Rio Prata, que banha a região.

Os três países que formam a América Platina correspondiam ao vice-reino do Prata, que pertenceu à Espanha até o século 1830.

América Platina

Países

Argentina

América Platinabandeira da Argentina

  • Capital – Buenos Aires
  • Extensão territorial – 2,8 milhões de km2
  • Idioma – espanhol
  • População - 43,4 milhões de habitantes (Banco Mundial, 2015)
  • Moeda – peso
  • PIB – US$ 550 milhões (Banco Mundial, 2015)

A Argentina é a economia mais sólida da América Platina e uma das mais importantes da América do Sul. A produção argentina está baseada na agricultura, indústria alimentícia, vinicultura, pecuária e energias renováveis. Também é significativa a indústria automotiva e de tecnologia.

O tango está entre as principais manifestações culturais da Argentina, que também merece destaque pela culinária. O churrasco local é considerado um dos melhores do continente.

Paraguai

América Platinabandeira do Paraguai

  • Capital – Assunção
  • Extensão territorial – 406,7 mil km2
  • Idioma – espanhol e guarani
  • População - 6,3 milhões de habitantes (Banco Mundial, 2015)
  • Moeda – guarani
  • PIB – US$ 276,2 milhões (Banco Mundial, 2015)

O Paraguai é o país mais pobre da América Platina e, consequentemente, da América do Sul. Ao menos um terço da população vive com menos de US$ 4 por dia, segundo o Banco Mundial.

O país jamais se recuperou dos efeitos da Guerra do Paraguai (1864 - 1870). No conflito, 90% da população foi dizimada e 40% do território foi anexado ao Brasil e Argentina.

A economia paraguaia é centrada na exploração de recursos naturais, principalmente a hidrelétrica binacional Itaipu. A agricultura e pecuária não são suficientes para manter a economia, gerando a busca por atividades ilícitas, como o plantio de maconha e o tráfico de mercadorias falsificadas.

Para reduzir a situação, Estados Unidos e União Europeia injetam recursos por meio de programas para redução da pobreza e fixação da população no campo.

Uruguai

América Platinabandeira do Uruguai

  • Capital – Montevidéu
  • Extensão territorial – 176,2 mil de km2
  • Idioma – espanhol
  • População - 3,4 milhões de habitantes (Banco Mundial, 2015)
  • Moeda – peso uruguaio
  • PIB – US$ 534 milhões (Banco Mundial, 2015)

O Uruguai é considerado o país com o menor índice de desigualdades sociais da América Platina. É destaque entre os países da América Latina por ter desaparecido com a pobreza extrema entre 2006 e 2015. A classe média representa 60% da população.

Entre as três nações da América Platina, o Uruguai é o único a integrar três índices de bom desempenho econômico e social pelo Banco Mundial. São eles, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), Índice de Oportunidade Humana e Índice de Liberdade Econômica.

A base econômica uruguaia é a produção agropecuária exportadora. Para incentivar a elevação de bons índices de qualidade e atingir os mercados compradores da Europa e Ásia, o governo implantou sistemas de vigilância sanitária com apoio do Banco Mundial.

A partir de 2011, 100% do gado uruguaio passou a ter controle de rastreamento contra doenças. Essa é uma das principais exigências dos importadores de bovinos.

Você também pode ser interessar por: