Plutão


Plutão é um planeta anão que está localizado a 5,9 bilhões de quilômetros distante do Sol.

Vale ressaltar que Plutão não é mais considerado um planeta do sistema solar desde 2006. Nesse ano, a União Astronômica Internacional o classificou como um "planeta anão" por conta das novas classificações que definiam um corpo celeste como planeta.

Assim, o grupo, formado por 2,5 mil cientistas, estabeleceu que para ser considerado um planeta, o corpo celeste deve:

  • assumir a forma arredondada;
  • ter gravidade própria a partir de sua volumosa massa;
  • orbitar em torno de uma estrela;
  • ser dominante na órbita.
Planeta Plutão
Plutão foi rebaixado à categoria de Planeta Anão em 2006

Características de Plutão

Um dia plutoniano demora 153 horas terrestres (cerca de 6 dias) e acontece por meio do movimento de rotação. Já um ano plutoniano corresponde a 248 anos terrestres. Isso corresponde ao tempo que ele leva para completar uma volta em torno do Sol através do movimento de translação.

Vale notar que a rotação de Plutão é retrógrada, girando de leste a oeste, como ocorre com Urano e Vênus.

O planeta tem semelhanças a um cometa porque sua atmosfera, descoberta em 1988, é frágil e se expande quando está mais próximo ao Sol. Ao mesmo tempo, ele executa o movimento inverso quando está distante, contraindo-se.

Plutão é constituído por um núcleo rochoso sobre um manto de gelo e metano congelados. A temperatura estimada é de 220 ºC negativos e, por isso, é conhecido também como Anão Gelado.

Ele está localizado numa zona do espaço denominada Cinturão de Kuiper. O local é preenchido por milhares de corpos celestes congelados em miniatura e denominados de "objetos transnetunianos".

Ali, ele chega a cruzar com Netuno na órbita em torno do Sol. A sua órbita é bastante elíptica e chega a aproximar-se do Sol mais que Netuno. Quando está próximo ao Sol, a superfície gelada derrete temporariamente.

Embora cientistas acreditem na existência um oceano escondido sob a superfície de Plutão, a vida como a conhecemos não seria suportada no planeta.

As Luas de Plutão

A principal das cinco luas a orbitar Plutão é Caronte, descoberta em 1978. É quase tão grande quanto Plutão e demora seis dias terrestres para completar o movimento de rotação.

Somente em 2005, após observações do telescópio espacial Hubble, foram descobertas as luas Nix e Hidra. Já em 2013, os cientistas identificaram Kerberos (Cérbero) e Styx (Estige).

Pesquisas em Plutão

Em 2015, a Nasa (Agência Espacial Norte-americana) realizou pesquisas para detalhar as características de Plutão e suas luas por meio da sonda New Horizons.

A sonda apontou detalhes das órbitas das luas Nix e Hidra, cujos tamanhos ainda não foram determinados.

Curiosidades

  • Plutão foi descoberto em 1930 pelo astrônomo estadunidense Clyde Tombaugh (1906-1997).
  • Plutão foi considerado o nono planeta a orbitar o Sol até 2006, quando passou a ser classificado como planeta anão pela União Astronômica Internacional.
  • Plutão é o nome do deus romano do submundo.
  • Além de Plutão, outros planetas anões que merecem destaque são: Éris, Ceres, Haumea e Makemake.

Leia mais sobre o tema: