Questões sobre os movimentos sociais

Pedro Menezes

Teste seus conhecimento com questões sobre os movimentos sociais com gabarito elaborado por nossos professores especialistas.

Questão 1

(Enem/2011) Na década de 1990, os movimentos sociais camponeses e as ONGs tiveram destaque, ao lado de outros sujeitos coletivos. Na sociedade brasileira, a ação dos movimentos sociais vem construindo lentamente um conjunto de práticas democráticas no interior das escolas, das comunidades, dos grupos organizados e na interface da sociedade civil com o Estado. O diálogo, o confronto e o conflito têm sido os motores no processo de construção democrática.
SOUZA, M.A. Movimentos sociais no Brasil contemporâneo: participação e possibilidades das práticas democráticas. Disponível em http:/www.ces uc. pt Acesso em: 30 abr. 2010 (adaptado).

Segundo o texto, os movimentos sociais contribuem para o processo de construção democrática, porque:

a) determinam o papel do Estado nas transformações socioeconômicas.
b) aumentam o clima de tensão social na sociedade
c) pressionam o Estado para o atendimento das demandas da sociedade.
d) privilegiam determinadas parcelas da sociedade em detrimento das demais.
e) propiciam a adoção de valores éticos pelos órgãos do Estado.

Alternativa correta: c) pressionam o Estado para o atendimento das demandas da sociedade.

Os movimentos sociais fazem a mediação entre os diferentes grupos sociais e o governo. Desse modo, pressionam o Estado e exigem que as reivindicações populares sejam atendidas.

Essa medida reforça o caráter democrático da política, pois dificulta que o governo aja de forma unilateral ou autoritária.

Veja também: Movimentos Sociais.

Questão 2

Na sociedade democrática, indivíduos e grupos organizam-se em associações, movimentos sociais e populares, classes se organizam em sindicatos e partidos, criando um contra-poder social que, direta ou indiretamente, limita o poder do Estado.
Marilena Chauí, Convite à Filosofia

Nesse sentido, a importância dos movimentos sociais para as reivindicações de grupos minoritários se dá porque:

a) aumentam da insegurança e o caos social.
b) tornam visíveis suas reivindicações e aumentam sua representatividade.
c) geram de empregos e das movimentações de capital financeiro.
d) enfraquecem das instituições do governo através de críticas e manifestações.

Alternativa correta: b) tornam visíveis suas reivindicações e aumentam sua representatividade.

Em geral, alguns grupos minoritários possuem pouca representatividade política. Assim, sem a atuação de movimentos organizados, muitas demandas correm o risco de serem invisibilizadas, colocando esses grupos à margem do processo democrático.

Saiba mais sobre Democracia.

Questão 3

Qual das organizações abaixo não se configura como um movimento social?

a) Greves trabalhistas
b) Coletivos feministas
c) Movimentos estudantis
d) Câmaras municipais.

Alternativa correta: d) Câmaras municipais.

As câmaras municipais são o local de atuação do poder legislativo na figura dos vereadores eleitos. Essa instituição representa o Estado, pode sofrer a ação dos movimentos sociais, mas não se configura como uma organização popular.

Questão 4

(Enem/2015) “Não nos resta a menor dúvida de que a principal contribuição dos diferentes tipos de movimentos sociais brasileiros nos últimos vinte anos foi no plano da reconstrução do processo de democratização do país. E não se trata apenas da reconstrução do regime político, da retomada da democracia e do fim do Regime Militar. Trata-se da reconstrução ou construção de novos rumos para a cultura do país, do preenchimento de vazios na condução da luta pela redemocratização, constituindo-se como agentes interlocutores que dialogam diretamente com a população e com o Estado.” (Adaptado de: GOHN, M. G. M. Os sem-terras, ONGs e cidadania. São Paulo: Cortez, 2003).

No processo da redemocratização brasileira, os novos movimentos sociais contribuíram para

a) diminuir a legitimidade dos novos partidos políticos então criados.
b) tornar a democracia um valor social que ultrapassa os momentos eleitorais.
c) difundir a democracia representativa como objetivo fundamental da luta política.
d) ampliar as disputas pela hegemonia das entidades de trabalhadores com os sindicatos.
e) fragmentar as lutas políticas dos diversos atores sociais frente ao Estado.

Alternativa correta: b) tornar a democracia um valor social que ultrapassa os momentos eleitorais.

O texto fala da importância dos movimentos sociais para a democratização do país. Nessa perspectiva o autor atenta para a importância dos grupos sociais serem ouvidos.

Os movimentos sociais diminuem a distância entre o povo e o Estado, pois fazem a intermediação entre a população e os políticos.

Assim, a participação política da população não fica restrita às eleições.

Entenda melhor a Redemocratização do Brasil.

Questão 5

O movimento “Diretas Já” foi uma mobilização popular iniciada em 1983. O movimento reivindicava a:

a)anistia aos presos políticos do regime militar
b)retomada das eleições diretas para a presidência da república
c)reeleição direta sem necessidade de pleito eleitoral
d)implementação de um regime comunista no Brasil

Alternativa correta: b)retomada das eleições diretas para a presidência da república

O movimento iniciado em maio de 1983, mobilizou milhões de pessoas que exigiram que o povo pudesse voltar a participar das eleições para a presidência da república, o que não ocorria desde 1960.

Saiba mais sobre o movimento das Diretas Já.

Questão 6

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), existente desde a década de 1970, é um movimento social que possui como uma das pautas centrais a:

a) reforma agrária e redistribuição de terras improdutivas
b) extinção da propriedade privada
c) reorganização e desenvolvimento sustentável dos centros urbanos
d) redistribuição dos lucros do setor agrário

Alternativa correta: a) reforma agrária e redistribuição de terras improdutivas

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) é o maior movimento social do país contando com cerca de 350 mil famílias, tendo como objetivo a redistribuição de terras improdutivas.

As críticas ao movimento estão relacionadas ao direito à propriedade privada, garantido pela Constituição Federal. Entretanto, o movimento atenta ao fado de que a Constituição prevê a reforma agrária de terras griladas e improdutivas.

Leia também: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Questão 7

O feminismo é um movimento social plural que engloba diversas correntes de pensamento e ideologias. Muitas autoras preferem a utilização do termo no plural, “os feminismos” para que fique evidente essa distinção. Algumas correntes do feminismo são: feminismo negro, feminismo emancipacionista, feminismo liberal, feminismo marxista, feminismo radical, feminismo interseccional, transfeminismo, etc.

São características comuns aos feminismos:

a) Coalizão das pautas de gênero, raça e classe social.
b) A inversão da estrutura social vigente e a subalternização do homem.
c) Superação do capitalismo através da extinção da acumulação primitiva sofrida pelas mulheres.
d) A luta contra a cultura patriarcal e pela igualdade de direitos.

Alternativa correta: d) A luta contra a cultura patriarcal e pela igualdade de direitos.

A característica comum às diversas correntes do feminismo é a denúncia e a reação a uma cultura patriarcal, centrada na figura do homem como chefe da família e consequentemente do Estado.

Essa perspectiva, relega às mulheres um papel de subalternidade. Segundo Simone de Beauvoir, a cultura patriarcal fez com que a mulher fosse compreendida como um "segundo sexo", tendo sua existência dependente e relativizada pela figura do homem como o ser universal.

Veja também: Feminismo.

Questão 8

"Os adultos ficam dizendo: 'devemos dar esperança aos jovens'. Mas eu não quero a sua esperança. Eu não quero que vocês estejam esperançosos. Eu quero que vocês estejam em pânico. Quero que vocês sintam o medo que eu sinto todos os dias. E eu quero que vocês ajam. Quero que ajam como agiriam em uma crise. Quero que vocês ajam como se a casa estivesse pegando fogo, porque está"
Greta Thunberg em um discurso em Davos, 2019

A jovem ativista sueca Greta Thunberg é uma referência nos movimentos sociais de que área?

a) Raciais
b) LGBTQI+
c) Feministas
d) Ambientais

Nos últimos anos, Greta Thunberg, ativista sueca, se mostrou como uma das grandes vozes sobre as questões ambientais em sua relação com o aquecimento global, sendo indicada em ao Prêmio Nobel da Paz, em 2019.

Leia mais sobre: Mudanças Climáticas.

Questão 9

Pode-se afirmar que são características estruturais dos novos movimentos sociais, exceto:

a) Decisão centralizada em uma figura de liderança.
b) Desenvolvimento de ações coletivas.
c) Desenvolvimento de ações locais, regionais e globais.
d) Utilização de ferramentas da internet para a divulgação de reivindicações.

Alternativa correta: a) Decisão centralizada em uma figura de liderança.

Os novos movimentos sociais possuem algumas características que os diferenciam dos tradicionais movimentos de classe.

Em geral, são movimentos descentralizados, organizados coletivamente sem que haja a figura de um líder do movimento.

O ciberativismo, por exemplo, é uma das ferramentas utilizadas pelos novos movimentos sociais que possui como características a organização espontânea e descentralizada capaz de uma forte mobilização e visibilidade para as reivindicações.

Questão 10

As manifestações de junho de 2013 no Brasil foi um movimento que levou as ruas milhares de manifestantes e contou com uma forte repressão policial em diversos estados do país. Qual pauta iniciou esse movimento?

a) Os altos índices de corrupção do setor político brasileiro.
b) a polarização gerada pelas ideologias presentes nos movimentos sociais.
c) A contrariedade ao aumento das passagens dos transportes públicos.
d) O fechamento do congresso e a implementação de um regime militar.

O movimento que deu origem às manifestações de junho de 2013, também chamado de Jornadas de Junho, iniciou-se a partir de uma campanha contra o aumento das passagens em diversas cidades do país.

As manifestações tornaram-se cada vez maiores e passaram a utilizar o lema "não é só pelos R$ 0,20" (em referência ao aumento das passagens).

Em pouco tempo, a mobilização levou milhões de cidadãos às ruas com uma grande variedade de pautas.

Outros textos para ajudar nos estudos:

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrando em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).